DROGAS EM UM CONTO INFANTIL

Zégadis
1
Antonio Brás Constante (Escritor maluco) · Canoas, RS
21/11/2011 · 2 · 2
 

DROGAS EM UM CONTO INFANTIL
(Autor: Antonio Brás Constante)

O menino de oito anos procura seu pai e lhe diz:

- Paiê, eu posso te fazer uma pergunta?

- Claro que sim meu toquinho de amarrar carrapato de bode (o Pai lhe chamava assim em tom de brincadeira, pois dizia que o menino era tão miudinho que a expressão “toquinho de amarrar bode” não fazia jus ao seu pequeno tamanho).

- É que eu estava na escola, e ouvi uns meninos falando sobre algo... Fiquei curioso e resolvi perguntar ao Senhor... É que eles estavam falando sobre drogas. Eram os guris do último ano. Falavam em festas e drogas. Como a professora e o senhor sempre dizem que as drogas são ruins, e eles estavam falando como se fosse algo bom, fiquei com algumas dúvidas...

- Filho. Vamos fazer uma brincadeira que talvez lhe ajude a entender este assunto, ok? Vamos brincar de se esconder. Você gosta dessa brincadeira não gosta?

- Adoro Pai. Mas... Depois o senhor me explica mais sobre as drogas?

- Pode deixar. Agora você fecha seus olhos e conta até dez.

A criança foi contando toda sorridente, pois aquela brincadeira era uma de suas preferidas. Ao terminar de contar, o menino abre os olhos todo feliz e para sua surpresa, percebe que a sala está totalmente escura. Era noite, e com a luz desligada não se podia enxergar nada. Como ele tinha medo do escuro, começou a se apavorar.

- Pai, cadê o senhor? Estou com medo, Pai! (o menino começou a soluçar um choro triste).

Neste momento seu pai pega-o em seus braços e lhe diz:

- Filho, as drogas são assim, elas se parecem uma brincadeira divertida, com a promessa de nos deixar felizes. Mas, com o passar do tempo nos percebemos na mais completa escuridão. Sozinhos. Perdidos. Com medo e infelizes. No inicio as drogas parecem uma coisa boa, é geralmente assim que se convence alguém a entrar neste mundo, muitas vezes sem saída. Um mundo que só nos traz sofrimento. Espero que tenha conseguido fazer você entender o que as drogas fazem, e porque muitos se iludem achando que elas são boas.

- Acho que sim Pai. (o menino dizia isto ainda meio choroso, abraçado ao Pai, com os olhos molhados de lágrimas).

A luz é novamente acessa, e um pai dedicado espera que, apesar do susto, sua explicação tenha clareado as dúvidas de seu filho, para que no futuro ele não se perca como tantos outros, na escuridão do vício das drogas.

FILMES NO YOUTUBE: Produzi dois filmes e postei no Youtube, se quiser assisti-los e quem sabe dar boas risadas, basta acessar o Youtube e procurar por: “3D – Hoje é seu aniversário” ou “Livro Maldito”, ou através dos links:

http://www.youtube.com/watch?v=IEHnTRFR0Dg

http://www.youtube.com/watch?vArquivos=lv0DJRp94NM&feature=feedwll&list=WL

Se gostar dos filmes e tiver conta no Youtube, peço que clique em “gostei” me ajudando assim a divulgá-los.

LIVRO E LISTA DE LEITORES: Estou distribuindo gratuitamente cópias em PDF do meu livro: “Hoje é seu aniversário – PREPARE-SE”. Se você quiser o livro em PDF ou fazer parte de minha lista de leitores, basta enviar um e-mail para: abrasc@terra.com.br. Caso queira adquirir o livro impresso, faça seu pedido pela editora AGE: www.editoraage.com.br

Site: abrasc.blogspot.com

ULTIMA DICA: Divulgue este texto aos seus amigos (vale tudo, o blog da titia, o Orkut do cunhado, o MSN do vizinho, o importante é espalhar cada texto como sementes ao vento). Mas, caso não goste, tenha o prazer de divulgá-lo aos seus inimigos (entenda-se como inimigo, todo e qualquer desafeto ou chato que por ventura faça parte de um pedaço de sua vida ou tente fazer sua vida em pedaços).

Sobre a obra

Falando com simplicidade sobre a complexidade do mundo das drogas

compartilhe



informações

Autoria
Antonio Brás Constante
Ficha técnica
Se envolveu com santinhos de politicos, mergulhando no mundo das drogas...
Downloads
268 downloads

comentários feed

+ comentar
forlife
 

DEPENDENCIA E REABILITAÇÃO




“Nos últimos três meses eu morei na rua. Eu não tinha o
Que comer, eu roubava direto. Eu roubava e usava drogas e
Dormia em qualquer lugar, na porta de boteco. Um dia, eu
estava muito mal foi pedir comida na minha mãe e a minha
Mulher veio lá e falou“se eu queria ajuda”.
“Eu não tive escolha, ou eu buscava ajuda, ou eu morria.
Foi um beco sem saída. Eu só busquei ajuda depois que eu
não tinha mais dinheiro e eu não tinha mais alternativa, se eu
tivesse alternativa, eu continuaria usando a droga”.
E ali comecei a entender muita coisa, entendi que não era somente pena que as duas tinham de mim, era também amor carinho pela minha pessoa, e pela primeira vez em muito tempo senti que não estava só, que alguém sentia algum sentimento por mim,e comecei a me tratar.

“Nas reuniões, aqui, eu vi o brilho das pessoas nos olhos,
como é bom tá de ‘cara’, que a vida pode ser boa de ‘cara’ (...).
Eu vi pessoas aqui que eu nunca esperava que iriam se recuperar,
eu vi um amigo meu, que era uma pessoa usuária terrível,
e eu vi ele ali, fazia dois anos que ele estava sem usar drogas.
–‘Pô, se este maluco pode, porque eu não posso?’.”



Alguns conselhos terapêuticos
Há quatro coisas que não voltam para trás:
a pedra atirada
a palavra dita
a ocasião perdida
o tempo passado."
Ame-se,seja o seu melhor amigo
Corra, quando estiver agitado
Grite, quando for de torcida
Chore, se for de alegria
Ame! Vá de encontro a vida!
identifique a suas forças
"É impossível avaliar a força que possuímos sem medir o tamanho do obstáculo que ela pode vencer, nem o valor de uma ação sem sabermos o sacrifício que ela comporta."
Você pode até não compreender ainda. Mas é certo que temos o poder de alterar a rota cega dos acontecimentos que ocorrem em nossa vida, através de uma criteriosa mudança em nosso modo de pensar e agir. Já existe, em você, um poder capaz de acionar as forças cósmicas criadoras para a execução e realização de tudo aquilo a que você se propuser. Basta que ocorra, de sua parte, uma reformulação interior. Tal mudança é possível através de uma nova postura mental embasada na adoção de atitudes positivas diante da vida
criar um sistema de valores recionais
"O rio atinge seus objetivos, porque aprendeu a contornar obstáculos."
Quando somos dotados de uma boa dose de auto-estima, somos mais ousados, corajosos, empreendedores. Conhecemos também melhor os nossos limites e sabemos respeitá-los
Quando fale de si mesmo referir-se com nomes positivos
Amizade, palavra que designa vários sentimentos, que não pode ser trocada por meras coisas materiais. Deve ser guardada e conservada no coração
Geralmente não temos idéia do poder e do efeito que as palavras têm em nossa mente e no corpo físico. Desconhecemos o que acontece aos outros quando as pronunciamos. Quando uma pessoa diz a outra: você é formidável, inteligente, forte, etc., a receptora sente alegria e até uma certa exalta cão
Decida qual e seu valor
"A felicidade não está no fim da jornada, e sim em cada curva do caminho que percorremos para encontrá-la."
Manter-se em forma física (gostar da imagem refletida no espelho)
Identificar as qualidades e não só os defeitos
Aprender com a experiência passada
Tratar-se com amor e carinho
Ouvir a intuição (o que aumenta a autoconfiança)
Manter diálogo interno
Acreditar que merece ser amado(a) e é especial
Fazer todos os dias algo que o deixe feliz (dançar, ler, descansar, ouvir música, caminhar

Respeitar seu corpo com alimentos nutritivos
""Deve-se temer a velhice, porque ela nunca vem só. Bengalas são provas de idade e não de prudência."
Cada um deve aprender a respeitar seu corpo. É importante ter hábitos alimentares saudáveis, por isso, descarte o excesso de gorduras, açúcares e alimentos industrialmente processados. Diga não a vícios, como alcoolismo e tabagismo. E movimente-se. Trinta minutos diários de exercícios são fundamentais para uma vida com mais qualidade", alerta.
MEDITAR ORAR E REFLETIR
[DEUS]
"Passei tanto tempo te procurando, não sabia onde estavas. Olhava o infinito, não te via e pensava comigo mesmo: "Será que Tu existes?" Não me encontrava na busca e prosseguia. Tentava te encontrar nas religiões e nos templos. E Tu não estavas. Te busquei através de sacerdotes e pastores e não Te encontrei. Senti-me só e desesperado. Te descri. Na descrença Te ofendi. Na ofensa, tropecei e caí. Na queda, senti-me fraco. Na fraqueza, pedi socorro. No socorro, encontrei amigos. Nos amigos encontrei carinho. No carinho, vi nascer o amor. Com o amor vi um mundo novo. No mundo novo, resolvi doar. Doando, recebi. Recebendo, me senti feliz. Feliz, encontrei a paz. E com paz, foi que te enxerguei, pois dentro de mim Tu estavas. E sem Te procurar... foi que Te encontrei."

texto carlospetak

forlife · Porto Alegre, RS 30/11/2011 18:09
sua opinião: subir
gilbert daniel
 

tá na seção certa, a de autoajuda

gilbert daniel · Internacional , WW 21/1/2014 20:23
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados