embriagados

1
Larissa Marques · Brasília, DF
10/11/2007 · 91 · 11
 

embriagados
dejetos corpóreos somos
distribuídos em todo cenário
deuses e demônios
depois da bebida
imolados
banidos de consciência sã
brindamos a ignorância
dentro da filosofia das coisas
entregando-nos à orgia
intelectual

enquanto os livros
fazem sexo na prateleira
e se traem em nossas indagações
a ressaca arde nas mãos
e badala nos cérebros torpes.

compartilhe



informações

Autoria
Larissa Marques
Ficha técnica
Larissa Pinto Marques Braga, escritora, artista plástica, autodidata, nasceu em 1974, na cidade de Itumbiara, interior de Goiás, residente em Sobradinho, Distrito Federal.
Traz em sua escrita o tom existencialista que a acompanha desde muito jovem. A consternação, o confrontamento, o inconformismo, fazem parte de sua personalidade. Sua voz feminina, de descontentamento, é a marca registrada de seus trabalhos.
Downloads
252 downloads

comentários feed

+ comentar
Pepê Mattos
 

O poeta se embriaga com sua verve, misturada a proibitivas substâncias... Muito da produção literária carrega em si doses excessivas de toda sorte desses complementos, não necessariamente, essenciais... Não há pesar no que comento... Muito do que do dentro de mim jorrou nas páginas em branco, traz reminiscências líquido-catárticas... Nestes tempos de comedimento, lanço meu olhar contemplativo sobre o que um dia resultou de minhas mãos nervosas... Tudo o que sei é que na mesma viagem sem volta em que me encontrava, algum arremedo de ser segurava a caneta que dançava por sobre o papel sua dança de impressões garatujadas... Visões da janela do trem-bala lá estão, como a perenizar minhas inquietações... Belo texto, poeta, belo texto... Abraços.

Pepê Mattos · Macapá, AP 7/11/2007 09:44
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Larissa Marques
 

Obrigada por seu gentil comentário, Pepê. Beijo!

Larissa Marques · Brasília, DF 7/11/2007 10:14
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
leoquintela
 

Larissa embriagada... Bem escrito. É a sobriedade de uma ressaca.

Gostei, dos meus preferidos.

leoquintela · Nova Iguaçu, RJ 7/11/2007 10:49
sua opinião: subir
Pepê Mattos
 

Não há de quê, Larissa... Você foi certeira... e de uma profundidade cortante... Já marquei para votação... Quando der, aparece em http://www.overmundo.com.br/banco/vago-lume...
Beijos...

Pepê Mattos · Macapá, AP 7/11/2007 13:42
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Pagua
 

útil...

Pagua · São Paulo, SP 7/11/2007 14:13
sua opinião: subir
B.Cardoso
 

Gostei do poema, Larissa.

B.Cardoso · Curitiba, PR 9/11/2007 10:07
sua opinião: subir
Muryel De Zoppa
 

um poema dotado de poesia.

Muryel De Zoppa · Uberlândia, MG 9/11/2007 10:28
sua opinião: subir
Maria Julia Pontes
 

A força nos poemas de larissa Marques me atraem, a forma como usa as metáforas pra descrever sentimentos simplesmente atraem o leitor que se embriaga com suas palavras.
Esse poema está fantástico Larissa, vejo o sangue da Poetisa jorrando em forma de palavras.
Abraços.

Maria Julia Pontes · São Paulo, SP 9/11/2007 12:00
sua opinião: subir
j.alves
 

Muito legal

j.alves · São Paulo, SP 9/11/2007 18:41
sua opinião: subir
PIERROFXZ
 

Ola pssoa!!
Spero poder ler +, d sua forma d expressar...
Se puder dar confers na minh forma d expressão...

http://www.overmundo.com.br/banco/dita-1

Muit obrigado
At +, 1 abraço.

PIERROFXZ · Lages, SC 10/11/2007 14:03
sua opinião: subir
Flávio Cardoso Reis
 

Boa noite! excelente trabalho, beijos.

Flávio Cardoso Reis · Luziânia, GO 7/4/2008 20:52
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 62 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados