Encontro Adiado

1
Sebastião Firmiano · São Paulo, SP
9/1/2007 · 76 · 15
 


No meu encontro com a morte.
Quero chegar uma eternidade atrasado.
E que ela cansada de me esperar
Tenha ido procurar outra freguesia
Ou que o sono que ela vem me entregar
Se desfaça com um banho de água fria.
Também, que não falte água nesse dia.

No mundo de tantas negociatas.
E a vida deve ter bom preço.
Saiba dona morte, que ofereço.
Uma nota de cem pratas
Pra Sra. errar meu endereço

Se a sra. cobrar mais que isso
Da mais um tempo pra mim
Vai fazendo outro serviço
Enquanto ganho mais din-din.

Mas se, contudo, a Senhora tiver de vir.
Mande me avisar quando for a hora.
Quero trancar a porta, jogar a chave fora.
Se possível engolir, e me livrar da Sra.

Aliás, como não gosto de sacanagem.
E pra economizar o tempo seu.
Pra Sra. não perder longa viagem
Aviso: Este endereço que a sra tem.
Não é, e nunca foi o meu.
É de um vizinho, que á muito já morreu.

compartilhe



informações

Autoria
Sebastião Firmiano
Downloads
255 downloads

comentários feed

+ comentar
jjLeandro
 

Taí o Firmiano tentando se livrar da bichinha.
Muito humor no trato do que vem para todos. Mas claro, né, Firmiano não custa nada pedir mais um tempo.

É como eu digo:

HORA FATÍDICA


A nossa hora está à espera
de cada um
de nós.
Compete ao homem,
de viva voz,
tentar adiar sempre esse encontro.

jjLeandro

jjLeandro · Araguaína, TO 7/1/2007 09:33
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Sebastião Firmiano
 

Estamos tentando.....Estamos tentando.
Apesar da certeza de que: A cada instante a coisa tá mais perto.

Sebastião Firmiano · São Paulo, SP 7/1/2007 13:38
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
jjLeandro
 


Mas quanto mais tempo você ganha mais você se afasta dela apesar de ela ficar cada vez mais próxima. Durma com um rolo desses, hem?

jjLeandro · Araguaína, TO 7/1/2007 14:09
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Sebastião Firmiano
 

Ai, é dormir enrolado.

Sebastião Firmiano · São Paulo, SP 7/1/2007 14:51
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
José
 

Estou esperando a morte de braços abertos, com um sorriso no rosto...
Agradecido, José

José · Criciúma, SC 8/1/2007 09:45
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Sebastião Firmiano
 

Boa sorte José.

Sebastião Firmiano · São Paulo, SP 8/1/2007 12:50
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Letícia Lins
 

rs...é medo da morte?

Letícia Lins · São Bernardo do Campo, SP 9/1/2007 14:04
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Sebastião Firmiano
 

Não, Minha cara. Não é medo:
A morte é acolhedora, calma, aconchegante e necessária.
Além de que: A única verdade possivel.
Só que: Enquanto eu puder, vou fugir e zombar dela, mesmo porque, quando ela me pegar. Sei não.

Sebastião Firmiano · São Paulo, SP 9/1/2007 14:30
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Letícia Lins
 

tah certo!

Letícia Lins · São Bernardo do Campo, SP 9/1/2007 16:04
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Sebastião Firmiano
 

Gosto dos seus coment´rios.
faça-os, sempre que possivel.
Ah!!! E também qosto de suas fotos.
Obrigado Letícia.
Abs.

Sebastião Firmiano · São Paulo, SP 9/1/2007 16:55
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Carlos ETC
 

Quanta graça pra tratar desse tema, hein!

Como disse o grandioso Ariano Suassuna:

"O único mal irremediável,
aquilo que é a marca
do nosso estranho destino sobre a terra,
aquele fato sem explicação
que iguala tudo o que é vivo
num só rebanho de condenados,
porque tudo o que é vivo,
morre."

Carlos ETC · Salvador, BA 10/1/2007 16:46
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Sebastião Firmiano
 

Salve a Bahia,terra dos grandes poetas que ajudaram e ajudam
a escrever a historia deste país com maestria e beleza.
Salve Salvador e o Reconcavo.
Obrigado Carlos.
Abraços.

Sebastião Firmiano · São Paulo, SP 10/1/2007 18:40
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Ana Cullen
 

Muito bom! Que não falte água nesse dia é ótimo! Eu não quero adiar não... viver nesse mundo dá muito trabalho!!!
Abraços!

Ana Cullen · Brasília, DF 11/1/2007 13:33
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Sebastião Firmiano
 

E quem me garante Ana, que na morte ou após ela, não haverá
trabalho?
Mas, valeu o comentário.
Obrigado.

Sebastião Firmiano · São Paulo, SP 11/1/2007 19:15
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Rangel Castilho
 

Maravilhoso texto!!!!
Sebastião, escute só!!
aplausos!aplausos!aplausos!aplausos!aplausos!
(agora todos de pé)
APLAUSOS!APLAUSOS!APLAUSOS!APLAUSOS!APLAUSOS!
Parabéns!!!!

Rangel Castilho · Anastácio, MS 11/1/2007 23:24
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 21 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados