Entre o pensar e o [im]pulso...

1
Raiblue · Salvador, BA
20/10/2009 · 34 · 39
 

Eco(s)_cardio [dio dio!]
Gramas de turbulência
Arteri_ais latejando
Entre o pensar e o [im] pulso
Com_punho passo [s]
Viver é estar por um fio
Farpado feito o amor
[H]a_ mar afogando-se no fogo
A maré afoga-afaga-afoga-afaga
Há facas afiadas sob as ondas
Viver é escapar de mim
Ou ir em direção a um D(eus) trai_çoeiro.s ?

[Nevoeiros de dúvidas]

Sou eu mesma meu navio negreiro
Ou sou a Praça Castro Alves em pleno fevereiro?

Parabólicas paranóicas
Na mente hiperbólica doses de Rimbaud
Na rumba da minha er_ótica ‘dança’ o medo
Sangra a dor e singra
Escancara na pele frestas
Sa.l_ídas_re_voltas!
Quero mudar de lugar
Morar em tua onda muscu_lar
Dar-te em meu musgo todo a_mar
Mesmo que cedo
Nos par _ta um inevitável tsunami
Ím_pares_feitos
Nesta terra em transe...

(Raiblue)

Sobre a obra

Quando no [im]pulso
Com_punho passos.s
ultra_passo_me...
"pensar é um ato
sentir é um fato"...


...madrugada de 20 de outubro de 2009

compartilhe



informações

Autoria
RaiBlue
Ficha técnica
Poema:Entre o pensar e o [im]pulso...
Imagem:Flickr.
Downloads
236 downloads

comentários feed

+ comentar
Raiblue
 

A Praça Castro Alves em fevereiro
tem o poeta abraçando beijos
e a liberdade de um instante pleno
e o carnaval se derramando na avenida
onde a fantasia veste
os buracos das calçadas
e despe o corpo
dar asas...

Raiblue · Salvador, BA 20/10/2009 13:21
sua opinião: subir
Raiblue
 

Retificando:

A Praça Castro Alves em fevereiro
tem o poeta abraçando beijos
e a liberdade de um instante pleno
e o carnaval se derramando na avenida
onde a fantasia veste
os buracos das calçadas
e despe o corpo
dá asas...

Raiblue · Salvador, BA 20/10/2009 13:22
sua opinião: subir
Marlene Bastos
 

RaiBlue,
Entre o pensar (ato) e o impulso (fato),
invertendo esta ordem,
só o fio da navalha!!!
lindo!

Depois de tanto tempo, voltar ao Over e encontrar um poema seu, assim tão intenso, é fantástico!
Bjs!

Marlene Bastos · Goiânia, GO 20/10/2009 14:10
sua opinião: subir
EdimoGinot
 

Oi Raiblue

Passando por aqui e lendo seu belo poema.
Interessante: Viver é escapar de mim. Mas às vezes é o encontro conosco mesmo. Caminhos (talvez) opostos que levam a um mesmo lugar.

beleza
Um abraço

EdimoGinot · Curitiba, PR 20/10/2009 14:50
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Um verdadeiro parabolicamará esse poema.
Um bj

Juscelino Mendes · Campinas, SP 20/10/2009 14:52
sua opinião: subir
Roberto A
 

bicho, curti!
pera começar não é longo,. o que torna possível ler todo o post.

"Viver é estar por um fio"
"Viver é escapar de mim "

dizer o que?
só uma coisa...

ótimo post!

adiante blue!
e que o proximo seja o ARCO ÍRIS BLUE, definitivamente...

Roberto A · Cuiabá, MT 20/10/2009 15:12
sua opinião: subir
alcanu
 

Precisa ter fôlego pra ler um poemaço desses, a gente se afoga, é foda !
ele afaga, a gente afunda, com afinco, enfim, afivelam-se em nossas mentes idéias prolixas, provavelmente prioridades de nossa prodigiosa imaginação...
Pirei !
e olha que eu nem sei nadar !
Um beijo !

alcanu · São Paulo, SP 20/10/2009 16:20
sua opinião: subir
Cezar Ubaldo
 

Estou sempre presente,minha rainha,assim como a sua arte de filosofar,poetando.Aos pulsos/impulsos na arte do pensar,numa mistura que só as madrugadas compõem.Ósculos para voce,amada.Saudades também.
Já viu o e-mail?tem mensagem.até.

Cezar Ubaldo · Feira de Santana, BA 20/10/2009 16:22
sua opinião: subir
Jairo de Salinas
 

"Há facas afiadas sob as ondas"
Quem sabe não são as quilhas dos barcos da oportunidade.
E então, o que quereis?

Jairo de Salinas · Salinas da Margarida, BA 20/10/2009 16:32
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Babyblue,

Lindíssima obra poética, tão rica em imagens ! Entre o pensar e o impulso o pulso ainda pulsa, nas artérias que sangram em meio ao arame farpado do coração, água e fogo, lenta combustão. Somos mais nossas dúvidas que as falsas certezas... Navio ou praça, estamos à deriva, em plena avenida. Só mesmo tomando doses de Rimbaud, para mudarmos de lugar, e morarmos na fibra muscular do peito que derrama-se em internos tsunamis, onde nos descobrimos ilhas, sós e soltas, no transe das longas horas, loucas...

Parabéns ! Belíssima a imagem, dá uma idéia de como tentamos nos agarrar, fracos, na fragilidade dos outros, para evitarmos nos afogar...

Bjs poéticos n´alma livre, que nunca pode ser afogada, pois é alada.

Gustavo Adonias · Salvador, BA 20/10/2009 17:14
sua opinião: subir
Luís, o último literário
 

Não tenho nem muito o que dizer, creio que você já é conhecedora de minha admiração, mas suas criações são belíssimas, o jogo com os sinais da língua para dar um segunda concepção aos signos que você apresenta, as rimas que percorrem todo o poema com algumas excessões, a magia das imagens que a junção das palavras apresenta, o jogo fonético em aliterações, tudo isso, e mais, demonstram sua grandeza poética, até a imagem que você escolhe ajuda. Mas o que me surpreende mais ainda em sua poesia é o segredo semântico que há por traz dela, é como se você quisesse dizer algo ( e consegue) com outras palavras, é como se você quissese dizer gato, usando as palavras que constituem o sintagma cachorro, é por essa e por outras que eu digo que você é um poetisa fantástica e sublíme, invejável, linda e alegre, blueabraçoes e beijos para você minha ninfa do Téjio. Votado com respeito e admiração.

Luís, o último literário · São Luís, MA 20/10/2009 17:23
sua opinião: subir
marilia carboni
 

As madrugadas são ótimas p se escrever né...lindona????
Amei...
Mil beijos !!!

marilia carboni · Londrina, PR 20/10/2009 17:40
sua opinião: subir
azuirfilho
 

Raiblue · Salvador (BA) ·

Entre o pensar e o [im]pulso...

Um mar de Poesia com seus tsunamis a nos sacudirem, impressionarem e despertarem com tão poderosas expressões.
Parabéns.
Abração Amigo.

azuirfilho · Campinas, SP 20/10/2009 18:13
sua opinião: subir
Alex Real
 

e o pulso ainda pulsa.....

beijos

Alex Real · Florianópolis, SC 20/10/2009 18:22
sua opinião: subir
Mirtes Carvalho
 

Bluzinha, haja navalhas neste mar da vida.
Vamos nos afogar sangrando pois não nos afastamos da maré, né?
Lindo querida. Você sempre me emociona com esta inspiração arretada. Você apanha as letras inspiradas nas estrelas que salpicam o infinito de nossas vidas. Beijos e beijos amiga. Mirtes Carvalho

Mirtes Carvalho · Rio de Janeiro, RJ 20/10/2009 19:38
sua opinião: subir
Raiblue
 

Que felicidade vê-los assim ...trans_bordando emoção!!Realmente este poema foi uma explosão...um turbilhão de sentimentos que invadiram-me e não me deixaram dormir,enquanto não fossem jorrados de alguma forma...daí uma coisa meio transloucada...rs....mas poesia é este transe mesmo....não tem explicação...

Mirtes,querida, as marés que nos afundam,nos salvam também, e ainda bem,né?rsrs....vc q sempre me emociona com sua sensibilidade,
queridona!mil bjks!

Raiblue · Salvador, BA 20/10/2009 21:19
sua opinião: subir
Raiblue
 

Alex...é isso aí...pensei nessa música também, enquanto os versos nasciam...só não coloquei o link para o postado não aumentar...
valeu,querido!bjks

Raiblue · Salvador, BA 20/10/2009 21:21
sua opinião: subir
Raiblue
 

Azuir e Mari...lindos!obriagada pelos comentários e presença valiosos!
beijokassss

Raiblue · Salvador, BA 21/10/2009 00:22
sua opinião: subir
Raiblue
 

Luís, eu que não sei o que dizer com a grandeza de tua leitura , meu querido! Fiquei radiante por ter percebido as brincadeirinhas semânticas...foi uma madrugada e tanta essa ,viu? mas acho que valeu a pena, extravasei tudo que estava me asfixiando...obrigada, de coração...seus comentários são muito estimulantes,meu querido!
mil beijokas azuis

Raiblue · Salvador, BA 21/10/2009 00:25
sua opinião: subir
Raiblue
 

Gusta, o que dizer, se suas palavras roubam as minhas?...você sempre me deixa extasiada com seus comentários que são outro poema, com sua sensibilidade aguçada, sempre penetra a alma das palavras!!
mil beijokas, meu querido e muito azul!

Raiblue · Salvador, BA 21/10/2009 00:28
sua opinião: subir
Raiblue
 

Jairo,meu lindo...ocê destacou um verso que, na hora em que ele nasceu, eu fiquei extasiada!!! É, não devemos perder os barcos da oportunidade, mas nem sempre estamos livres pra seguir viagem...E não como adentrar o mar sem ser pra mergulhar,né? Minha intensidade não deixa...hehe
obrigada, por sua leitura sempre preciosa,viu?
beijokas blueviajantes...

Raiblue · Salvador, BA 21/10/2009 00:33
sua opinião: subir
Raiblue
 

E não como adentrar o mar sem ser pra mergulhar,né? Minha intensidade não deixa...hehe

Raiblue · Salvador, BA 21/10/2009 00:34
sua opinião: subir
Raiblue
 

corrigindooo:rs
E não como adentrar o mar sem ser pra mergulhar,né? Minha intensidade não deixa...hehe

Raiblue · Salvador, BA 21/10/2009 00:37
sua opinião: subir
Luê Prado
 

funâmbulante
funâmbulância

pelos meios, pelas peles, ent[r]es:

Luê Prado · São Paulo, SP 21/10/2009 02:21
sua opinião: subir
Léia Alves Moreira Pierucci
 

Bluuuueee,
Viver é estar por um fio
Farpado feito o amor


tá votadíssimo queridaa!!

Léia Alves Moreira Pierucci · Diamantina, MG 21/10/2009 08:13
sua opinião: subir
azuirfilho
 

Raiblue · Salvador (BA)

Entre o pensar e o [im]pulso...

Já Passei para a Votação estou só voltando para dar outra louvação para a Amiga Autora.
Parabéns e Abração para todos.

azuirfilho · Campinas, SP 21/10/2009 11:25
sua opinião: subir
Claudia Almeida
 

Viver é escapar de mim
Ou ir em direção a um D(eus) trai_çoeiro.s ?

[Nevoeiros de dúvidas]

Um poema impressionista,votado,bjs.

Claudia Almeida · Niterói, RJ 21/10/2009 12:11
sua opinião: subir
Orisvaldo Tanniy
 

Parabólicas paranóicas...

Um verdadeiro show de poesia.Votado.Abração!!!

Orisvaldo Tanniy · Teresina, PI 21/10/2009 13:13
sua opinião: subir
graça grauna
 

Minha querida Raiblue: as vezes dá vontade de mudar de lugar, mas pelos amigos permaneço aqui. Parabens pelos versos. Paz em Ñanderu.

graça grauna · Recife, PE 21/10/2009 14:01
sua opinião: subir
Eduardo de Oliveira
 

Oi, Raiblue. Obrigado por ter-me presenteado com este belo trabalho. A madrugada é sempre inspiradora. E o resultado foi este maravilhoso poema. Senti-me afagado. Grande abraço.

Eduardo de Oliveira · Teresina, PI 21/10/2009 16:29
sua opinião: subir
O NOVO POETA.(W.Marques).
 

poema magnífico, parabéns querida poetisa.

O NOVO POETA.(W.Marques). · Franca, SP 21/10/2009 16:58
sua opinião: subir
touché
 

gostei bastante do jogo de palavras..como diria Leminski: dê-me quatro palavras e farei um jogo..assim fez você,querida amiga: brincou com idéias e palavras de um jeito muito profundo..Prabéns pelo talento..

touché · Guarulhos, SP 21/10/2009 20:22
sua opinião: subir
Clésio Tapety - Cultura da Paz
 

Essa poesia é um tsunami! Parabéns!

Clésio Tapety - Cultura da Paz · São Paulo, SP 22/10/2009 01:02
sua opinião: subir
Ilia Noronha
 

"pensar é um ato
sentir é um fato...
"

Só com essa pequena frase vc ja disse tudo.
Mas magnifica do que já é vc ja nao pode ser. Bela perfeição em palavras.
beijus poeticos.

Ilia Noronha · Manaus, AM 22/10/2009 01:55
sua opinião: subir
kfarias
 

Beleza,
kfarias,

kfarias · Águas de Lindóia, SP 22/10/2009 20:34
sua opinião: subir
Raiblue
 

Valeu,meus queridos, pelos comentários,que tanto me fazem aprimorar minha escrita!
Um beijo bluecarinhoso a todos!
Blue

Raiblue · Salvador, BA 23/10/2009 20:19
sua opinião: subir
joe_brazuca
 

...tem uma RUMBA tb , se quiser....rs

beijo

joe_brazuca · São Paulo, SP 24/10/2009 16:38
sua opinião: subir
Zezito de Oliveira
 

Muito bom!!!
O tema, o estilo.
Beijos,

Zezito de Oliveira · Aracaju, SE 27/10/2009 09:32
sua opinião: subir
Vinícius Motta
 

Belo trabalho.

Vinícius Motta · Rio de Janeiro, RJ 1/12/2009 19:49
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados