“ESPERANÇA”

1
kfarias · Águas de Lindóia, SP
4/11/2009 · 26 · 24
 




kfarias

A mata
Após queimada,
Agressão humana,
Aguarda a chuva
Para se vestir
De verde e flores.
Deus sorri
E a vida continua...

Sobre a obra

O desumano homem e ambicioso homem queima o que levou centenas, milhares, de anos... A mata, que morre, ao som do crepitar das chamas, Mas a Natureza mãe a tudo abençoa e a vida ressurge para se vestir de verde e flores...

compartilhe



informaes

Autoria
Carlos Alberto de Farias, kfarias, assina o poema “ESPERANÇA”.
Ficha tcnica
Natureza, mãe, mata, amor, verde esperança, vida....
Downloads
420 downloads

comentrios feed

+ comentar
kelly chiabotto
 

A ganância tomou proporções tais que, os que destroem a natureza, não estão preocupados nem consigo mesmos nem com seus descendentes.

temas como o amor, a natureza, Deus...tudo torna mágica em suas mãos

kelly chiabotto · Taubaté, SP 4/11/2009 20:40
sua opinio: subir
Cintia Thome
 

Vi muito isso desde os anos 80...viajava para Ribeirão Preto, ainda eu via muitos cafezais...muitos
e aí foi tomando...virando um tapete verde (lindo), mas só para os olhos pois essa terra não presta pra nada se for usada pra outro tipo de plantio....Uma loucura ver a região ...só canaviais...mudou tudo!

Ótima poesia, clamando Chega!


ab

Cintia Thome · São Paulo, SP 4/11/2009 21:46
sua opinio: subir
menina_flor
 

Amigo poeta Kfarias: mas às vezes 'a queimada' pode ser tão grande que a terra deixa de ser fertil...
Mas a esperança sempre nasce diante de águas cristalinas.
Sinto o poema como uma metafora profunda..

Abraços,
Patty

menina_flor · Rio de Janeiro, RJ 4/11/2009 22:01
sua opinio: subir
Greyce Kelly Cruz
 

e a gente continua tambem...

Greyce Kelly Cruz · São Luís, MA 4/11/2009 22:15
sua opinio: subir
Doroni Hilgenberg
 

Kfarias,
Legal seu poema
A natureza é sabia
mas nem sempre consegue repor o que foi perdido.
bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 4/11/2009 22:42
sua opinio: subir
azuirfilho
 

kfarias · Águas de Lindóia (SP) ·

“ESPERANÇA”

Muito bacana o Trabalho coim um alento com a Natureza qu e auto protege dos ataques sem fim dos humanos que colocam o lucro acima de tudo.
A monocultura é outra forma de desertificação que temos de aprender a enxergar e ver que é prejudicial pra vida.
Dá Lucro pra uns e prejuizos para muitos por isso, tem de todos projetos terem aprovação de todos, para que as perdas da natureza diminuam em nome de um mundo melhor .
poarabéns.
Abração Amigo.

azuirfilho · Campinas, SP 4/11/2009 23:10
sua opinio: subir
graça grauna
 

..apesar do crepitar das chamas, a natureza se renova e vamos seguindo, sonhando um mundo possivel. Gostei do seu poema. Bjos

graça grauna · Recife, PE 4/11/2009 23:25
sua opinio: subir
Hev
 

Muito bom poema,

A natureza nos prova diariamente que estamos nela, viemos dela e nela morremos e não importa o quanto a machuquemos, pois todos nós morreremos e ela ficará, renovando-se, recriando-se e provando que somos nada sem ela.

Hev · Volta Redonda, RJ 4/11/2009 23:53
sua opinio: subir
Juscelino Mendes
 

Belo poema...

Juscelino Mendes · Campinas, SP 4/11/2009 23:57
sua opinio: subir
Alex Real
 

infelizmente é como dizer que devemos sentar e esperar que algo de bom aconteça, quando na verdade deveriamos nos mobilizar para que a mata só precisasse da chuva pra crescer e frutificar, e não para apagar a queimada... votado

abraços

Alex Real · Florianópolis, SC 5/11/2009 08:43
sua opinio: subir
Orisvaldo Tanniy
 

Lindo, se todos nós cuidessemos um pouco do é nosso talvez o mundo seria diferente.Votado.Abração!!!

Orisvaldo Tanniy · Teresina, PI 5/11/2009 08:48
sua opinio: subir
raphaelreys
 

O eterno ciclo da vida!

raphaelreys · Montes Claros, MG 5/11/2009 09:13
sua opinio: subir
Roberto A
 

tolerância eterna de deus. coisa de pai mesmo.

adiante!

Roberto A · Cuiabá, MT 5/11/2009 09:49
sua opinio: subir
Claudia Almeida
 

Claudia Almeida · Niterói, RJ 5/11/2009 12:55
sua opinio: subir
ayruman
 

Natureza generosa. Divina benevolência de Deus!... Muito bom!
Abraço fraterno. jbconrado.

ayruman · Cuiabá, MT 5/11/2009 15:08
sua opinio: subir
Vasqs
 

Assim seja, tomara.
Abraço

Vasqs · São Paulo, SP 5/11/2009 17:54
sua opinio: subir
O NOVO POETA.(W.Marques).
 

um bom trabalho amigo, é sempre bom ler seus escritos, abraçosssss

O NOVO POETA.(W.Marques). · Franca, SP 5/11/2009 19:45
sua opinio: subir
Paola Rhoden
 

Todos deveriam gritar para a salvação destas matas. Apreciei os versos.

Paola Rhoden · Brasília, DF 5/11/2009 22:24
sua opinio: subir
Cláudia Campello
 

...e assim sao nossas emoçoes tbm!
gostei.

bjssss;

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 6/11/2009 12:39
sua opinio: subir
Ivan Cezar
 

As malditas queimadas
se repetem
e a natureza, generosa
repete-se
Até quando ??

Ivan Cezar · São Sepé, RS 6/11/2009 20:17
sua opinio: subir
Carlos Venttura
 

Simplesmente Belo!

Carlos Venttura · Suíça , WW 7/11/2009 00:26
sua opinio: subir
Juscelino Mendes
 

Já votei em seu belo poema... abs

Juscelino Mendes · Campinas, SP 7/11/2009 00:28
sua opinio: subir
Greta Marcon
 

A natureza nem sempre repõe o que foi perdido; as queimadas se sucedem, dando lugar aos canaviais, pastos ou plantações de Eucaliptos. O bicho homem não deixa a mãe natureza agir... E os pobres animais silvestres, sem ter quase o que comer, procuram
cada vez mais os nossos quintais... Não sei se Deus sorri, acho que ele chora...
Votado
Beijos

Greta Marcon · Ponte Nova, MG 7/11/2009 02:10
sua opinio: subir
Rodrigo Siqueira O.
 

Quanta chama.... rs By Ser Universitário

Rodrigo Siqueira O. · São Paulo, SP 9/5/2011 14:31
sua opinio: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faa primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 1 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Voc conhece a Revista Overmundo? Baixe j no seu iPad ou em formato PDF -- grtis!

+conhea agora

overmixter

feed

No Overmixter voc encontra samples, vocais e remixes em licenas livres. Confira os mais votados, ou envie seu prprio remix!

+conhea o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados