Estranho ninho de gelo...

1
Raiblue · Salvador, BA
18/9/2009 · 45 · 37
 

O tempo tem pressa
Tropeça nas pedras [de gelo]
Trapaça e nega [avesso espelho]
Sangue que não estanca nas artérias

Nas cordas do tempo acorda um blues
Sou[ l ] cinza dúvida que liberta e algema
Enquanto há cinzas de azul no meu vestido
Que é mar ainda...

[ E suas mãos sobreviventes mergulham...]

Espremem o vermelho blue da carne
Exprimem sentidos quase afogados
Imprimem digitais que transpiram
Aspiram o sempre que some nas águas

O tempo ávido liquida a vida
A vida líquida dispersa e dis_para!
A ampulheta vaza seus castelos
Arrebenta o gelo sobre o tédio

[ E a ressaca não cabe nos olhos]

O tempo consome a vida
A vida some no tempo
Líquidos congelam o eterno
No frio instante pós-moderno

Patino amores secos
Estranho ninho de gelo
Cada vez menos sou[ l ]
Cada vez mais só...

[ E o blue só em suas digitais...]

Nos vestígios do sempre
Que ainda resistem ao implacável
Alguma coisa ainda (ex) pulsa
Ex_pele em ondas
Vesúvios underground
Dark Joana
Nas lavas que levam o sangue
De volta ao coração...

(Raiblue)

Em 18 de setembro de 2009.

Sobre a obra

O tempo líquido liquidando a vida, icebergs flutuando no nada que afunda tudo que poderia ser, se tivesse tempo...

(após a leitura de ' Vida líquida' , de Zygmunt Bauman...)

compartilhe



informações

Autoria
Raiblue
Ficha técnica
Poesia:Estranho ninho de gelo...
Imagem:Flickr.

Downloads
367 downloads

comentários feed

+ comentar
Roberto A
 

Pô. Animal Blue!! Curti deveras!
Permite-me musicar isso?

Muito, muito, muito, bom!
Blue abraços.

Roberto A · Cuiabá, MT 18/9/2009 16:00
sua opinião: subir
ayruman
 


Genial... Belo Poema. Inquietante e assustador. Aconselhavel não lê-lo à noite!
Interessante também como este tema tem muitas faces.

"Sagrado e Divino TEMPO,
que traz em sua imutabilidade,
a transmutação de todas as coisas".


Um grande Abraço. jbconrado

ayruman · Cuiabá, MT 18/9/2009 16:17
sua opinião: subir
Égab
 

Blue, você está cada vez melhor. Ótima escrita. Bauman realmente nos faz pensar a partir de suas obras contundentes (Modernidade Liquida, principalmente). Abraços, Égab.

Égab · Florianópolis, SC 18/9/2009 16:30
sua opinião: subir
Cezar Ubaldo
 

A vida líquida,com seus amores líquidos,com a modernidade líquida e o homem,afogando-se no líquido que lhe espreita a vida,esquecendo-se do azul que há em cada um de nós.Esquecendo-se...Beijos.Sim,a nossa sincronicidade...

Cezar Ubaldo · Feira de Santana, BA 18/9/2009 16:35
sua opinião: subir
Sander Machado
 

Mas então... Caetano dizia lá em algum lugar...Tempo, tempo ...é o senhor dos destinos. Já os Budista falam nessa coisa de que a tristeza está vinculada a ilusão do futuro. Eu aqui, Porto Alegre, de nascimento, mais para Quintanares do que para Borges, coração Olinda posição para uma vila, deixo a eternidade para outros tempos. O que será que está fazendo Dolores Duran? Sei que Carmélia Flores não ficou passada pelo tempo.
Com bejos,
Sander

Sander Machado · Porto Alegre, RS 18/9/2009 16:39
sua opinião: subir
Alex Real
 

putz, muito lindo, cabe música nisso hein....

abraços

Alex Real · Florianópolis, SC 18/9/2009 16:59
sua opinião: subir
marilia carboni
 

Amei tambem...e o tempo passa...corre...e não vamos p lugar algum!!!!!
Beijos minha linda...li tua parceira com o Adonias...lindo ... lindo...
Parabéns...mil beijos !!!!!

marilia carboni · Londrina, PR 18/9/2009 17:58
sua opinião: subir
Jéfte Sinistro
 

O tempo sempre pulsa com_pressa e nós tropeçamos em seus passos largos que nos tentam devorar (e que quase sempre nos devoram aos poucos)... Mares de gelo resfriam as palavras, mas no fundo do oceano ainda há o baú-vulcão que pulsa e ferve lavando os recantos do portodosempre. Mesmo sendo fria a pós-moderna idade e líquido o sentir, as gotas são azuis e dosadas em ondas...!
Belíssimo poema, minha querida Blue! Como sempre, magnífica! Todos os beijos a ti!

Jéfte Sinistro · Cabo de Santo Agostinho, PE 18/9/2009 18:23
sua opinião: subir
Laila Murad
 

Olá:
Muito bem construído o seu poema, além de belo e envolvente, nos enlaçando no seu compasso de blues. A natureza, o tempo e a vida se misturando e mandando o seu recado de maneira certeira e ímpar.
Parabéns!
Votado.

Laila Murad · Niterói, RJ 18/9/2009 19:30
sua opinião: subir
O NOVO POETA.(W.Marques).
 

coisa linda, parabéns querida amiga.

O NOVO POETA.(W.Marques). · Franca, SP 18/9/2009 19:40
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Babyblue,

Belíssima poesia ! Densidade, realismo e existencialismo à flor da pele... Tudo está congelado, ninho inóspito que não acolhe, desumaniza. São tempos de sangue, não-coagulado, manchando a vida fria. O tempo que nos mata aos poucos. Somos sobreviventes do tempo, do caos, da bala, da sala de espera de vídeo ilusões. A ampulheta derrama sua pressa em nossas cabeças. Pós-moderno trem em direção ao nada, ao dna sem coração... Somos a solidão estampada no rosto em uma pista de patinação imperfeita e vazia. Mas há alguma coisa pulsante, que nos faz ir adiante, e arrancar a pele que nos isola da alma. É isto que nos faz eternos...

Parabéns ! Bela imagem e o vídeo muito bom...

Grande beijo degelando a alma.

Gustavo Adonias · Salvador, BA 18/9/2009 20:11
sua opinião: subir
kfarias
 

Então.... Do líquido vim e para o líquido retornarei...
Mensagem bonitamente azul e para ser refletida, água é vida, água está em fase de extinção, precisamos reler seu escrito... debater..
Lindo.
Abraços
kfarias.

kfarias · Águas de Lindóia, SP 18/9/2009 20:13
sua opinião: subir
Jairo de Salinas
 

E eu, mergulhado nessa antártida Pompéia, vou cada vez mais, respeitando e temendo o senhor de todas as horas.
"Compositor de destinos, tambor de todos os ritmos"... (Caetano)
Há tempo pra tudo debaixo do gélido Sol poético que emana do seu fabuloso pensar . Valeeeeeeu, Rai.
Para não perder o costume: "dis_para"... essa é show de bola! KKK
Um final de semana massa p/ vc! Bjs!!!

Jairo de Salinas · Salinas da Margarida, BA 18/9/2009 21:17
sua opinião: subir
azuirfilho
 


Raiblue · Salvador (BA)
Estranho ninho de gelo...

Muito significativo e revelador diante da realidade desigual d fria em Humanidade.
Estão congelando tudo.
Temos de Liquifazer um mundo melhor para todos.

...Nas lavas que levam o sangue
De volta ao coração...

Parabéns por nos aquecer o coraçaõ criando uma perspectiva mais quente e amorosa e Humana.
Abração Amigo.

azuirfilho · Campinas, SP 18/9/2009 21:38
sua opinião: subir
graça grauna
 

Para onde estamos correndo tanto??? Acho que o homem em geral está correndo mais e mais da responsabilidade de perceber a dor do outro. Parabens por mais um texto poético, querida RaiBlue. Paz em Ñanderu, Grauninha

graça grauna · Recife, PE 18/9/2009 22:39
sua opinião: subir
Greyce Kelly Cruz
 

poema mui belo

Greyce Kelly Cruz · São Luís, MA 18/9/2009 23:16
sua opinião: subir
Greta Marcon
 

Belissimo poema! me faz pensar na Antártica da minha vida...
na minha solidão vigiada... meu coração diz_para, mas tenho que
seguir em frente...
Estranho ninho de gelo
Cada vez menos sou,
Cada vez mais só...
Beijosssss

Greta Marcon · Ponte Nova, MG 19/9/2009 00:03
sua opinião: subir
Cláudia Campello
 

...e no fundo só queremos gritar
eu amooooooooooo esse maldito amor, né não?!

adorei seu poema, Raiblue, mto mto mto.

bjsssssssss;

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 19/9/2009 02:28
sua opinião: subir
Aldy Carvalho
 

Aldy Carvalho · São Paulo, SP 19/9/2009 19:46
sua opinião: subir
Carlos Venttura
 

Parabéns!
Maravilhoso !

Carlos Venttura · Suíça , WW 19/9/2009 23:32
sua opinião: subir
assis pio
 

lindissimo, votado

assis pio · Aurora, CE 20/9/2009 05:51
sua opinião: subir
RUI LÔBO
 

Magic Blue: Belo, belíssimo: prá esquimó nenhum botar defeito. Me deixa, vá deixa, eu derreter essse ninho com o meu amor caliente! Axé!

RUI LÔBO · Brumado, BA 20/9/2009 14:45
sua opinião: subir
Patipetista
 

Muito belo e me adverte, me faz refletir sobre minha pressa, minha corrida diária... sempre fui assim Rai, vivo correndo literalmente e assim é...

Beijos muitos poetisa querida !

Patipetista · Taboão da Serra, SP 20/9/2009 17:05
sua opinião: subir
Samuel Luciano Assunção
 

“O tempo consome a vida
A vida some no tempo
Líquidos congelam o eterno
No frio instante pós-moderno”

raiblue...quanta inquietude...
sua poesia nos devassa e nos faz repensar.
o vídeo também é primoroso.

que bom te ler.

beijos rainha.

sam

Samuel Luciano Assunção · Angra dos Reis, RJ 20/9/2009 17:41
sua opinião: subir
Ilia Noronha
 

Ola anjo!!!
Posso ficar sem palavras, pois é assim que me senti depois de ler esse maravilhoso texto. Sem palavras...
Lindo! Beijussssssss

Ilia Noronha · Manaus, AM 20/9/2009 17:57
sua opinião: subir
Mirtes Carvalho
 

Raibluzinha, lindo poema.
Sua inspiração ultrapassa estações, passa pelas estrelas e vai ao infinito. Como já conheço um pouquinho você, sei de sua imensa capacidade poética e de abstrações incríveis.
Mas:
Patino amores secos
Estranho ninho de gelo
Cada vez menos sou[ l ]
Cada vez mais só...
Me indica uma avidez de paixão que explode como um vulcão e esparrama as lavras pelo chão...
Resta a languidez no tempo e a expectativa do amanhã. Outras explosões surgirão pois o fervilhão das larvas que incendeiam o âmago de seu interior jamais deixarão de existir. Será sempre assim maravilhosa! Beijos no seu coração desta amiga, Mirtes Carvalho

Mirtes Carvalho · Rio de Janeiro, RJ 20/9/2009 19:23
sua opinião: subir
Andre Pessego
 

Belo, sugestivo e instigante mesmo.
abraço
andré

Andre Pessego · São Paulo, SP 21/9/2009 07:59
sua opinião: subir
LAURO WINCK
 

Blue, belo, intrigante, instigante e muito bem construido.
Votadíssimo!
bjs

LAURO WINCK · Rio Pardo, RS 21/9/2009 09:34
sua opinião: subir
Luís, o último literário
 

Lindo e lirico. Sem palvras...

Luís, o último literário · São Luís, MA 21/9/2009 17:09
sua opinião: subir
Rose Rocha
 

...De volta ao coração...
Incontáveis são as vezes que o humano precisa voltar a ser humano.
A qualquer tempo, a tempo, sem perder a hora (visto que não os temos: nem o tempo, nem as horas) de apressar os sentidos, como os passos que damos pra fora... e DE volta ao coração.


Belas reflexões! Linda expressão poética da Vida...
Um abraço

Rose Rocha · Jundiaí, SP 22/9/2009 09:51
sua opinião: subir
menina_flor
 

Querida Blue,
Lindo poema! Você traça versos com maestria e sensibilidade. Você tece palavras e as transforma em versos e nos leva em lindas viagens.
Ah.. o tempo? Como ele tem pressa. E como nos temos pressa em alcançar o tempo e com ele 'lutar'.
Amei. Como sempre.

Bjos
Patty

menina_flor · Rio de Janeiro, RJ 22/9/2009 19:32
sua opinião: subir
Raiblue
 

Meus queridos,ando meio sem tempo,como gostaria de ter para responder a cada um...mas saibam que leio todos os comentário e fico imensamente feliz com a presença e as leituras tão expressivas de cada um...muito obrigada, de coraçãoooo...
mil beijokas azuis...Blue

Raiblue · Salvador, BA 22/9/2009 23:54
sua opinião: subir
Léia Alves Moreira Pierucci
 

Uauuu... menina q potência;..srsr bjs

Léia Alves Moreira Pierucci · Diamantina, MG 24/9/2009 14:53
sua opinião: subir
joe_brazuca
 

sou seguidor de sua sobrenatural, soprada, sensacional e solida sonoridade de seus sonetos...rs

um beijo, Rai ! (...to com saudade do acarajé no Pelourinho...rs)

joe_brazuca · São Paulo, SP 25/9/2009 12:12
sua opinião: subir
Vinícius Motta
 

As coisas nos tempos líquidos não costumam perdurar a fração de um segundo, mas pelo menos eles proporcionam inspirações que se eternizam em trabalhos como o seu.
Baumam é certeiro nas suas analises pós-modernas. E você foi bem na ferida.
Ficou demais.
parabéns.

Vinícius Motta · Rio de Janeiro, RJ 28/9/2009 15:35
sua opinião: subir
MaluFreitas
 

Não consigo parar de lê-la...!
Obras fantásticas.
Beijos

MaluFreitas · Salvador, BA 30/9/2009 21:44
sua opinião: subir
Edivan Moura
 

Beleza de poema! Gostei!
" A vida segue seu rumo com blue ou não, enfim... derretemos e voltamos ao início para mais uma jornada."
Abração!

Edivan Moura · Paragominas, PA 6/10/2009 16:23
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 3 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados