EXTREMA AGONIA

1
Benny Franklin · Belém, PA
21/12/2007 · 123 · 7
 

Foto: Flickr/Creative Commons

I

Extrema gramática!
Minutos de subseqüente agonia.

Prima rasgação de linho – o lume;
A última cravada tcheca, perfaz.
Ironizar seios, declamar poesias...
A ignorância de o pulsar carrasco
Agoniza até congeminar-se à décima vela do escarro faminto.
Um anjo plana medíocre, descamba sem vida,
Bóia crucificada, beato descascado,
Que nem trigo aferventado
Roendo palavras

- Volátil libidinagem carnificando-se – o fim;
Tal o ovo cozido de véspera, contrasta!
Por certo impõe o fisgar de nádegas indefinidas,
Alimenta-se de si próprio qual romântica fome
Que se afasta do sim – ávida languidez
Que mama o não!
.....................

II

Urros aferem gemidos.
Procissão de vozes amenas,
Sob o recôncavo do caroço heterossexual da tamarindeira,
Tal a envergadura transvaginal
O fluxo calibra a cãibra, azeita a cópula,
Contesta o beijo, porque lassa já é,
Que nem grandeza labial

- Conquanto – oh! Seiva de aço - só vós sois o alicate,
O pudor, a pressão!

- O que é reexistir se não o medo da vida?
- Como é construir a noite
Quando tudo é secura,
E quando morta já é já a idade peniana
Do homem?

III

Nós, astronautas que pitamos cigarros marginais,
Resistiremos ao peso da baforação do poema
- Soluços passíveis de punição;
- Idéia de cada ilusão que ver empacada a poesia
Com o firme propósito de impor à nuca,
O extremo tiro de pistola 45!
.....................

IV

Sei. A flor pode até perverter a fala,
Assim como pode (até) decepar os dedos,
Confins de mim...
Mas isso, sobretudo é masturbável
Quando a incursão da palavra,
Mantém-se drogada sob o véu do palavreado:
- Malquerença que confunde o resistir do papel,
Com o tanto de gente ejaculado.
.....................

V

Creia-a! Creia-me.
A silhueta da fome agasalha o sepulcro,
Repagina o sexo das prostitutas penetrafixáveis...
Daí a sementeira das pragas
E das verminosas se fodem,
Soa-me que nem podridão papável
Com seus restos mortais cimentáveis:
- Conjeturas de todas as formas
De orgasmo – são!

Benny Franklin

compartilhe



informações

Autoria
Benny Franklin
Downloads
224 downloads

comentários feed

+ comentar
Cintia Thome
 

Extrema gramática!
Bela ilustração de Magritte.

Com o firme propósito de impor à nuca,
O extremo tiro de pistola 45!



bjus. OS HF

Cintia Thome · São Paulo, SP 20/12/2007 08:35
sua opinião: subir
manu andrade
 

este o tipo da escrita que usa abusa do rebucamento sem ser pedente.
isso foi visceral.
adoro.

manu andrade · Recife, PE 20/12/2007 15:28
sua opinião: subir
frilazine
 

Fascinante, Benny!
Caramba! Que fôlego literário, meu velho! Pode crer!
Boa Sorte e Força, irmão!

frilazine · São Luís, MA 20/12/2007 18:43
sua opinião: subir
j.alves
 

Um abraço poeta .sempre um prazer ti visitar

j.alves · São Paulo, SP 20/12/2007 19:01
sua opinião: subir
Andre Pessego
 

Benny,
Vou entrar num terreno, do qual ou eu não tenho elementos para enveredar, ou os poderes de estado tosam a todos.
Mas: Que tal um Papa de de 35 anos?
Por que todos os presidentes novos do Brasil foram depostos?
Por que a maioria dos Presidentes dos EUA, até à II
Grande Guerra foram homens novos?
Por que Hiroito continuou Imperador já velho?
- Uma das respostas é que a desgraça tem de ser gerida por velho
Assim eles se fazem "reexistir com medo da vida" "Reconstruindo a noite". Extamente
quando tudo na vida deles é secura.
E dizemos, entre camarás, em conversa de botequins.
"Já que eles não fodem de verdade, fodem a vida dos outros".
um abraço, andre.

Mas vai rezar no meu Natal
www.overmundo.com.br/banco/o-natal-no-sertão href="http://aqui">

Andre Pessego · São Paulo, SP 21/12/2007 08:25
sua opinião: subir
Andre Pessego
 

Benny, botei o til no likn deu errado, vai certo.
www.overmundo.com.br/banco/o-natal-no-sertao href="http://aqui">

Andre Pessego · São Paulo, SP 21/12/2007 08:27
sua opinião: subir
Kais Ismail
 

Parabéns!!

Kais Ismail · Porto Alegre, RS 21/12/2007 11:37
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 23 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados