FLORADA NOS BÁLCÃS

VIRGILIO
1
Virgilio de Andrade · Brasília, DF
3/5/2011 · 0 · 1
 

É primavera nos Bálcãs
A dor da infelicidade floriu na gente
É tempo de curar o coração cravejado
E regar a terra com lágrimas e sangue.

É primavera nos Bálcãs
A cova rasa acolhe embrutecidas ou tenras sementes
O jardim das almas exala aroma árido e pútrido
Lápides em flor tingem as colinas com pálidas pétalas cruciformes.

É primavera nos Bálcãs
O ódio do ódio favorece uma nova semeadura.
Crianças correm, brincam de ser feliz.
Um sorriso de esperança é ungüento para as chagas da
atrocidade.

compartilhe



informações

Autoria
Antonio Virgilio Andrade
Downloads
301 downloads

comentários feed

+ comentar
Hênio dos Santos - poeta da vida
 

Construções exigentes...
Linguagem aveludada,
mas simplicidade poética necessária!

Parabéns pelo poema!

Ricas metáforas.

No é-terno,

Hênio dos Santos - poeta da vida · Formiga, MG 3/5/2011 23:52
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados