Giros no baile

Foto: allfreephoto.com
1
Graça Filadelfo · Salvador, BA
19/7/2009 · 3 · 2
 

Giros, giros, giros. Saltos e saltos. Ela, 70 anos e mais. Ele, 35 e pouco. Mulher e marido fascinam quem está na festa. Outros casais na pista dividem o mesmo espaço, mas observam. Quem está sentado não tira o olho. Todos contemplam a dupla de professores, a entrega plena na dança de salão.

Bolero, valsa, samba, forró, salsa, lambada, axé... Qualquer música convida o casal. Melhor se o ritmo induz movimento rápido. O gestual, a sincronia, tudo na hora e no lugar certo. Mãos entrelaçam, soltam e se reencontram. Sem desviar o olhar, sem perder a intimidade, a celebração na dança.

Entre um passo e outro, esbanja criatividade para fascínio de quem está ao redor. Rápido ela dá outro e impressionante giro, dessa vez, bem acima do solo. Ele a envolve num abraço, a dança continua e a diferença de idade desaparece.

Os dois tem igual disposição quando chegam ao bar com música ao vivo sem a luz negra das boates. São frequentadores, e não atrações contratadas pela casa. Esses professores de dança de salão se divertem na noite fazendo o que mais gostam. Bailando, se reinventando em cada passo, na troca de olhares, sedução, prazer, fusão.

Da platéia, foco minha atenção nos bailarinos. Vivo o êxtase. Meu olhar segue todo cantinho do salão por onde eles rodopiam. E me vejo adolescente. Contemplo casais dançando no principal clube da cidade. Bolero, valsa, tango. Também forró, baião.

A banda acelera o ritmo, internalizo a música, sinto cada nota invadindo a respiração, os poros, face, braços, pernas, pés, o corpo, a mente, a alma. A timidez vai embora. Deixo a mesa vazia e rodopio no salão.

Autora: Graça Filadelfo
Crônica publicada no blog http://boaescrita.blogspot.com/
(Foto: allfreephoto.com)


Sobre a obra

Crônica Giros no baile

compartilhe



informações

Autoria
Graça Filadelfo
Downloads
250 downloads

comentários feed

+ comentar
azuirfilho
 


Graça Filadelfo · Salvador (BA)
Giros no baile

Em todos os lugares estamos vivendo uma aula de vida, como que a nos despertar que a vida é uma passagem e temos de fazer dela um sentido para que valha a pena.
temos de ter atitudes e não sermausente nem ausente no tanto de amor que ela revela em meio ao mundo de desamor e desigualdades de toda a forma.
A viuda é pra gente fazer o nosso mundo melhor.

...A banda acelera o ritmo, internalizo a música, sinto cada nota invadindo a respiração, os poros, face, braços, pernas, pés, o corpo, a mente, a alma. A timidez vai embora. Deixo a mesa vazia e rodopio no salão...

Parabéns, um Trabalho muito bonito revelando amor e capacidade de decisão.
Abração Amigo.

azuirfilho · Campinas, SP 21/7/2009 09:56
sua opinião: subir
Vasqs
 

Ótimo, Graça, deu vontade de ver.
abraço, Vasqs

Vasqs · São Paulo, SP 23/7/2009 14:09
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados