GRITO FECUNDO

Imagem obtida da internet - Google Imagens - Créditos desconhecidos
1
Francisca Miriam · Teresina, PI
27/12/2010 · 8 · 0
 

Senhor, sonho porque vivo,
porque sou gente,
porque amo,
porque quero,
porque sinto,
porque me perco, porque me encontro,
porque paro,
porque corro,
e, sobretudo,
por esta ânsia tamanha
que ferve no meu sangue,
na minha carne, nos meus músculos,
nas minhas células,
na minha pele!

Senhor, infinitamente, Senhor,
aliviai-me na vossa imensidão de amor,
de ternura,
de sabedoria,
de compreensão,
de acolhimento!

Deixai, pois, Senhor,
que eu mergulhe nos mistérios da minha mente.
Que eu vá ao encontro das maravilhas dos meus sonhos,
dos rostos inúmeros que surgem,
dos sorrisos largos que experimento,
das mímicas entrelaçadas de mensagens
as mais variadas,
as mais ternas,
as mais quentes,
as mais sentidas!

Deixai-me, Senhor,
que mergulhe, com profundidade,
neste turbilhão de coisas que me sacodem,
que me embalam,
que me suavizam,
que me fazem relax
e que me enlaçam numa atmosfera de:
cantos,
poesias,
murmúrios,
palavras,
beijos,
afagos!

Deixai, Senhor,
que me envolva
no toque dos dedos,
das mãos,
dos braços,
dos lábios,
da língua,
e do corpo inteiro!

Atendei-me, Senhor e me deixai
mergulhar, com intensidade,
no perfume natural da pele,
do aquecimento humano,
do hálito quente e perfumado,
do cheiro do corpo, por inteiro,
do homem-homem!


Teresina, 15 de dezembro de 1971.



(Do livro "Caminhos", Teresina, 1986, páginas 21-22)


© Direitos reservados.

Sobre a obra

Senhor, sonho porque vivo,
porque sou gente,
porque amo,
porque quero,
porque sinto,
porque me perco, porque me encontro,
porque paro,
porque corro,
e, sobretudo,
por esta ânsia tamanha
que ferve no meu sangue,
na minha carne, nos meus músculos,
nas minhas células,
na minha pele!

Senhor, infinitamente, Senhor,
aliviai-me na vossa imensidão de amor,
de ternura,
de sabedoria,
de compreensão,
de acolhimento!

Deixai, pois, Senhor,
que eu mergulhe nos mistérios da minha mente.
Que eu vá ao encontro das maravilhas dos meus sonhos,
dos rostos inúmeros que surgem,
dos sorrisos largos que experimento,
das mímicas entrelaçadas de mensagens
as mais variadas,
as mais ternas,
as mais quentes,
as mais sentidas!

Deixai-me, Senhor,
que mergulhe, com profundidade,
neste turbilhão de coisas que me sacodem,
que me embalam,
que me suavizam,
que me fazem relax
e que me enlaçam numa

compartilhe



informações

Autoria
Francisca Miriam Aires Fernandes
Downloads
200 downloads

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 3 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados