Guelra

1
Renato Torres · Belém, PA
23/2/2011 · 8 · 14
 

há na guelra
algo que se ergue -
como o corpo cansado
da cama que
o ama -

a aba sôfrega
abobadada
abdômen súdito do ar

lâmina do limiar
guerra que cessa
de súbito
respirar.

Sobre a obra

Poesia Brasileira
Poesia Paraense

compartilhe



informações

Autoria
Renato Torres
Downloads
278 downloads

comentários feed

+ comentar
Adroaldo Bauer
 

O fôlego perdido em frêmito, no leito estendida a vida.

Adroaldo Bauer · Porto Alegre, RS 23/2/2011 16:05
sua opinião: subir
Renato Torres
 

Adroaldo,

uma palavra, por vezes, pode ter a força suficiente pra provocar o poema. foi o que aconteceu aqui, com Guelra - que é uma palavra maravilhosa. que bom que provocou em ti também um pouco mais de poesia.

abraços,

r

Renato Torres · Belém, PA 23/2/2011 16:15
sua opinião: subir
Juliaura
 

Flutuei em fluidos gozosos, querido Renato.

Juliaura · Porto Alegre, RS 23/2/2011 20:30
sua opinião: subir
kfarias
 

Vida e morte em milésimos de segundos, isso é o viver maravilhoso e apaixonante nos dado pelo Criador...
Isso é poesia que comove e nos faz refletir na missão que nos foi outorgada.
Abraços, gostei.

kfarias · Águas de Lindóia, SP 24/2/2011 11:25
sua opinião: subir
Renato Torres
 

Juliaura,

teu gostar é uma honra pra mim, sinceramente... estou feliz por estar de volta!

beijo,

r

Renato Torres · Belém, PA 24/2/2011 11:27
sua opinião: subir
Renato Torres
 

Kfarias,

maravilhoso e tocante o teu comentário, obrigado! cada vez que o que escrevo consegue mover algo em alguém, fico feliz.

abraços,

r

Renato Torres · Belém, PA 24/2/2011 11:35
sua opinião: subir
Benny Franklin
 

Renato, como sempre bem poético: teu palmo é a fronteira dos poetas.
Boa!

Benny Franklin · Belém, PA 24/2/2011 21:40
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Poesia que emociona pela colocação exata de cada palavra na hora certa, exata...o cansaço à vida, num respirar sofrego...
Renato, parabens...

Cintia Thome · São Paulo, SP 24/2/2011 23:55
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Bem pensado Renato. Nessa guerra pela vida, não somos todos suditos do ar? bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 25/2/2011 21:28
sua opinião: subir
Renato Torres
 

Benny,

boa essa imagem do palmo: tenho escrito bastante pouco, e Guelra é um exemplo (raro) de síntese no todo dos meus escritos.

abraços,

r

Renato Torres · Belém, PA 26/2/2011 19:47
sua opinião: subir
Renato Torres
 

Cíntia,

as imagens de Guelra foram todas provocadas pela própria palavra-título. não pensei (dificilmente penso) sobre o que iria escrever. sei apenas que me vinha à memória o estilo de Gullar. feliz com tua visita e comentário!

beijo,

r

Renato Torres · Belém, PA 26/2/2011 19:49
sua opinião: subir
Renato Torres
 

Doroni,

pois é, como acabei de falar, nem foi tão bem pensado! mas gosto das imagens evocadas, e do que elas estão provocando a quem lê. viver é mesmo uma guerra.

beijo,

r

Renato Torres · Belém, PA 26/2/2011 19:50
sua opinião: subir
Andre Pessego
 

Há algum tempo não lia algo da imensidão abrangente do teu pensamento.
A vida profissional está me tirando minuto a minuto..........
Mas tenho tido contato com os cordelistas de sp....
abração
andre

Andre Pessego · São Paulo, SP 15/3/2011 22:33
sua opinião: subir
Renato Torres
 

André,

é bem verdade, o tempo tem sido como a areia que escorre entre os dedos, cada vez mais rarefeito... mas fico feliz que tenhas vindo aqui, comungar conosco. sempre um prazer ter seu comentário!

abraços,

r

Renato Torres · Belém, PA 11/4/2011 21:28
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 1 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter