Hoje Quintaneei

1
Rose Felliciano · Londrina, PR
13/8/2008 · 92 · 16
 


"Hoje Quintaneei...
Na simples simplicidade de escrever ...
Da vontade de viver dia a dia
De não dar nomes aos rios
de amar baixinho... deixando em paz os passarinhos...

Sem alardear em vozes expostas
Não me importanto mais com as respostas
E sim, com as perguntas certas...corretas
Aparando as arestas
Sabendo que esses que atravessam meu caminho
passarão.... e eu....
eu sobrevoarei a isso...sorrindo....

Vestindo a nudez da vida
Apenas com meus desejos...
Tendo do beijo, o principal gosto.
Cerrando desgostos.

Pois poemas com rimas de martírio
São como trens em descarrilhos...
Lembrados pela morte ou pela sorte
dos felizes sobreviventes
e nunca pela beleza da paisagem
do trem, da viagem.... contentes...

Hoje Quintaneei
e do Amor me lembrei...
Fechei então meus olhos e minha boca
e nas horas poucas
bebi minhas lágrimas
e não falei sequer uma palavra ...

Te dediquei esse momento
sorrindo, falei ao tempo:
O amor mora aqui dentro... dentro de mim...
Em meu peito...

assim, num riso de criança,
"E sem nenhuma lembrança
Das outras vezes perdidas,
Atiro a rosa do sonho
Nas tuas mãos distraídas…"

Bem devagarinho meu amor...devagarinho....
Deguste junto a mim o sabor do carinho.
Se morrer, só de amor...
E pelo amor, VIVER... eternamente!" (Rose Felliciano)


=======

Sobre a obra

Ano do Centenário de Mário Quintana, não poderia deixar de prestar minha homenagem a esse que foi, na minha opinião, o melhor poeta de todos os tempos...
Esse poema foi todo inspirado em outros poemas do Quintana e inclusive, cito entre aspas, uma parte do poema: "Canção do dia de sempre".
Boa leitura e as bençãos de Deus sobre a vida de todo aquele que por aqui passar... esse é o meu desejo!



compartilhe



informações

Autoria
Rose Felliciano
Downloads
243 downloads

comentários feed

+ comentar
EdimoGinot
 

Rose,

Obrigado pela informação sobre Quintana.
e pela oportunidade de ler este teu poem Quintaneado.
Parabéns
Um abraço

EdimoGinot · Curitiba, PR 11/8/2008 10:01
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Sônia Brandão
 

Rose, obrigada pela oportunidade de quintanear contigo.
Belo.
Beijo.

Sônia Brandão · Bauru, SP 11/8/2008 13:44
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
José Carlos Brandão
 

E não é que gostas dos quintanares?
E vais pelos ares
nas asas de Quintana
como num sonho de criança
(que vontade de falar na gruta camoniana!,
mas Drummond já falou)
não bebe o mel da poesia,
dona Maria.
Desculpe a brincadeira, falhou.
O que eu precisava dizer é que gostei do seu poema.
Eu também fiz um poema dialogando com os versos de Quintana, está aqui no Overmundo, dê uma olhada.
Beijos.

José Carlos Brandão · Bauru, SP 12/8/2008 00:40
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Rose,

" assim, num riso e criança,
e sem nenhuma lembrança
das outras vezes perdidas
atiro a rosa do sonho
nas tuas mãos distraídas..."
que belo lembrar de Quintana.
É meu poeta preferido.

bjsss e meu carinho

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 12/8/2008 13:14
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Vives
 

ROSE, NÃO PODERIA DEIXAR DE VIR. QUINTANA , NOSSA GENTE, NOSSA TERRA . PARABÉNS! TB FIZ UMA HOMENAGEM A ESSE GRANDE MENINO POETA GAÚCHO.
E TE ESPERO NA FILA DE VOTAÇÃO:

http://www.overmundo.com.br/banco/descobertas

CONTO CONTIGO. OBRIGADA.
POEBEIJOS E VOLTAREI .

Vives · Porto Alegre, RS 12/8/2008 21:30
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Sônia Brandão
 

Abrindo sua votação.
bjs

Sônia Brandão · Bauru, SP 13/8/2008 00:45
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
EdimoGinot
 

EdimoGinot · Curitiba, PR 13/8/2008 08:50
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daltro Júnior
 

Valeu Rose,beijos e abraços do overmano!!!!

Daltro Júnior · Corumbá, MS 13/8/2008 11:54
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Angélica T. Almstadter
 

Votei!

Angélica T. Almstadter · Campinas, SP 13/8/2008 13:22
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Zezito de Oliveira
 

Rose,
Quintana faz um bem danado a tanta gente! e você conseguiu fazer a homenagem de uma maneira bem prazeirosa, igual ao que sinto quando leio os poemas do Mestre. Por sinal, através desse gesto, você nos motivou para ler mais Quintana.
Diga-se de passagem esse é uma das contribuições que o Overmundo está proporcionando. Ampliar o acesso a poesia. (de quem produz e/ou aprecia)
Posso citá-lo como um grande sarau digital.
Abrs,

Zezito de Oliveira · Aracaju, SE 13/8/2008 15:45
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
zupo
 

Quase AVE...
mas voa...
pelos quintais
a vida de verdade
nú e eterno
Valeram os versos!
tá votado!
bjooon

zupo · Porto Alegre, RS 13/8/2008 18:44
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
zilka jacques
 

Beleza de homenagem ao Quintana. Também já fiz o mesmo em um livro de poemas que publiquei.
Votos e beijos

zilka jacques · Porto Alegre, RS 13/8/2008 19:56
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
O NOVO POETA.(W.Marques).
 

publicado.belíssimo poema.

O NOVO POETA.(W.Marques). · Franca, SP 13/8/2008 20:37
sua opinião: subir
brigitte
 

Quantas saudades de Mario Quintana!!
Justissima homenagem!
Parabens, realmente um belo trabalho!

brigitte · Goiânia, GO 13/8/2008 22:11
sua opinião: subir
Marcos Pontes
 

Uma homenagem inteligentemente bem traçada. Uma verdadeira viagem por quase toda a viagem do bom Mário. Muito bom!

Marcos Pontes · Eunápolis, BA 14/8/2008 14:10
sua opinião: subir
Adroaldo Bauer
 

Se voas, é que passarão.
Há Quintana no desvão.
É só dar chance ao coração.
Ouvir trinar os pássaros.

Adroaldo Bauer · Porto Alegre, RS 14/8/2008 21:26
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados