Independente

1
Renato Torres · Belém, PA
20/12/2007 · 238 · 47
 

a itamar assumpção

sou independente, um índio pendente
a negro, um pedinte, não nego
devo quando puder, eu pago sapo
eu pago o pato, é patológico.
sou ideologicamente indigente
sou uma indecente serpentina
não jogo confete, não aceito purpurina
sou pura urina de poste de rua
sou dado à arruaça, sou caça de
carne dura, mordedura dos caninos
em teu calcanhar de aquiles.
sou aquilo, e isso posto, só desgosto
do que custa a dizer o que é. sou
aquele um, o desdito, benedito santo
do pau oco, sou rouco de tanto que
canto, por isso que minto que invento
o que, na verdade, é de fato.

compartilhe



informações

Autoria
Renato Torres
Ficha técnica
Poesia Paraense
Poesia Brasileira
Downloads
244 downloads

comentários feed

+ comentar
Carlos ETC
 

Bravo, Renato!
Muito bom
Abraço
http://interludios.blogspot.com

Carlos ETC · Salvador, BA 17/12/2007 17:14
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Saramar
 

Admirável!
O Pará é um ninho de aves canoras, já percebi e seus versos encantam como o canto dos pássaros.

beijos

Saramar · Goiânia, GO 17/12/2007 21:15
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Olá Renato!
sou
aquele um, o desdito, benedito santo
do pau oco, sou rouco de tanto que
canto, por isso que minto que invento
o que, na verdade, é de fato.

Então, é tudo: é de fato quem deves ser de fato.
Ps. Concordo com a Saramar. O Pará está com tudo!
beijos

Branca Pires · Aracaju, SE 17/12/2007 22:56
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
azuirfilho
 

Renato Torres · Belém (PA) ·
Um Texto bel trabalhado.
Cheio de significativos e firmeza.
Uma poesia agradável.
Opiniáo poderosa.
Parabéns e Abração.

azuirfilho · Campinas, SP 18/12/2007 15:53
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Benny Franklin
 

Mano Renato,

É de fato um canto que invade o silêncio,
assassina a mesmice,
ajuda construir
a palavra.

Valeu, irmão!

Abçs.

Benny Franklin

Benny Franklin · Belém, PA 19/12/2007 13:35
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cida Almeida
 

Bom mesmo é o fato consumado da sua poesia, beleza acariciando os sentidos, expandindo-os.

Beijo grande!

Cida Almeida · Goiânia, GO 19/12/2007 13:50
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Voltei para os votos Reanato!
abçs

Branca Pires · Aracaju, SE 19/12/2007 17:43
sua opinião: subir
Nydia Bonetti
 

por isso que minto que invento
o que, na verdade, é de fato.
.
Então, és mesmo um poeta...
Lindo!
abçs.

Nydia Bonetti · Piracaia, SP 19/12/2007 23:09
sua opinião: subir
Bruno Lessa
 

Muito bom, parabéns!

Bruno Lessa · Porto Alegre, RS 20/12/2007 10:00
sua opinião: subir
brigitte
 

Renato, um primor, como sempre!
Disse tudo!
Abração.

brigitte · Goiânia, GO 20/12/2007 23:14
sua opinião: subir
Renato Torres
 

carlos,

fico feliz em ter tua presença, mesmo sem aviso... obrigado!

abraços,

r

Renato Torres · Belém, PA 12/1/2008 12:31
sua opinião: subir
Renato Torres
 

saramar,

o pará tem mesmo de um tudo de riqueza cultural e artística, como de resto o brasil inteiro... é preciso atentar para esta singularidade que temos. e hoje a minha cidade faz 392 anos! viva belém!!! sempre feliz com tua visita e palavras carinhosas...

beijos,

r

Renato Torres · Belém, PA 12/1/2008 12:33
sua opinião: subir
Renato Torres
 

oi branca,

sim, sou quem devo ser: é o que busco. que tal nos fazer uma visita um dia?

beijos, e obrigado por ler e comentar...

r

Renato Torres · Belém, PA 12/1/2008 12:34
sua opinião: subir
Renato Torres
 

olá azuir1

seja bem vindo a estes versos sinceros: agradeço de coração a tua positiva leitura, o teu carinho sem convite, a tua predisposição ao diálogo...

abraços do norte!

r

Renato Torres · Belém, PA 12/1/2008 12:36
sua opinião: subir
Renato Torres
 

benny, mano,

isso tudo o que dizes é o que me inspirou no homenageado: essa sanha assassina de caretices, essa sina sincera de serelepes invenções. o itamar é mestre - quem não ouviu, que ouça...

abraços!

r

Renato Torres · Belém, PA 12/1/2008 12:39
sua opinião: subir
Renato Torres
 

querida cida,

se minha poesia é fato consumado, não sei. mas sei que é de fato o que nela digo, que o que invento é o que vivo, e vice-versa. e a conversa aqui extende e amplia estes mesmos preceitos, por isso esse direito dado de graça a quem passa por aqui: o de ser ingênuo e puro o suficiente para a dádiva do poema, a franqueza de seu tributo. és sempre bem vinda!

beijos,

r

Renato Torres · Belém, PA 12/1/2008 12:42
sua opinião: subir
Renato Torres
 

nydia,

a beleza e a poesia são buscas contantes para quem recebe sua demanda. pode estar no mar ou nas mãos, mas também no meio do lixo, das coisas mijadas de abandono, como já disse manoel de barros. há que ser sincero com essa busca, e o mais se dará.

beijos, obrigado por vir!

r

Renato Torres · Belém, PA 12/1/2008 12:44
sua opinião: subir
Renato Torres
 

bruno,

agradeço teu gostar, e tua visita... valeu!

abraços,

r

Renato Torres · Belém, PA 12/1/2008 13:19
sua opinião: subir
Renato Torres
 

olá brigitte!

dizer tudo é sempre uma quimera, né?
quisera poder dizer tudo, pra não ter que dizer mais nada...!

beijos,

r

Renato Torres · Belém, PA 12/1/2008 13:21
sua opinião: subir
Carvalho de sé
 

Meu amigo!
muito bem dito! V o t a do !

Passem por lá!
http://www.overmundo.com.br/banco/a-lua-do-pequeno

Carvalho de sé · Rio de Janeiro, RJ 17/1/2008 08:33
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Renato,
Devo me desculpar , pois não comentei quando vim por aqui...época de festas

Mas registro aqui que estive e já havia votado

Na poesia mentimos, colocamos sonhos, entramos neles, mas a essência é a verdade do que estamos ou queremos estar...Impecável.

Cintia Thome · São Paulo, SP 17/1/2008 08:52
sua opinião: subir
anamineira
 

Parabéns, Renato.
Texto magnífico!
Votado.
Um abraço mineiro.

anamineira · Alvinópolis, MG 17/1/2008 10:11
sua opinião: subir
Sérgio Franck
 

Pô, Renato, massa demais, viu!

abço.

Sérgio Franck · Belo Horizonte, MG 17/1/2008 16:38
sua opinião: subir
Robert Portoquá
 

"Vulgo Nego Dito, Nego Dito Beleleu..."
Salve o eterno incompreendido Itamar (Saudades...)
Valeu a Homenagem.
Parabéns!

Robert Portoquá · Adamantina, SP 17/1/2008 21:26
sua opinião: subir
carlos magno
 

Uma bela homenagem, amigo Renato, numa linguagem poética fora de série. Gostei demais da forma, do jogo de palavras, e do rítmo também. Afinal é um trabalho impecavel e além do mais retrata muito bem o grande artista da música popular brasileira que foi, Itamar Assunção. Meus sinceros aplausos e um enorme abraço meu grande
poeta Renato Torres.
Carlos Magno.

carlos magno · Rio de Janeiro, RJ 17/1/2008 23:07
sua opinião: subir
crispinga
 

Bendito seja agora, Itamar!

crispinga · Nova Friburgo, RJ 18/1/2008 09:58
sua opinião: subir
Andre Pessego
 

Renato,
Fiquei, estou duas vezes chateado. Na Capital de SP se fica,
ainda 72 horas com defeito numa linha telefonica, por problemas
fisico na linha (cabo( assim demorei para ler o teu poema.
Ler renato torres, é tomar, receber uma injeção de pensar,
de expressar;se. Mas muito prazer em reencontraa;lo
um abraço andre.

Andre Pessego · São Paulo, SP 20/1/2008 11:44
sua opinião: subir
Marcos Paulo Carlito
 

Muito doido mas bem real para mim.

Marcos Paulo Carlito · , MS 20/1/2008 22:42
sua opinião: subir
Renato Torres
 

olá carvalho,

esse teu comentário sucinto me traz esse curioso paradoxo: o de ter sido itamar um artista cunhado "maldito" (o que ele rejeitava, com razão) sendo, ao mesmo tempo, alguém que sabia bem dizer tudo. obrigado por teu gostar.

abraços,

r

Renato Torres · Belém, PA 21/1/2008 12:30
sua opinião: subir
Renato Torres
 

cíntia, querida,

não careces te desculpar por nada: bem sei de teu carinho e leitura dedicada. e agradeço sempre...

beijos,

r

Renato Torres · Belém, PA 21/1/2008 12:40
sua opinião: subir
Renato Torres
 

olá ana,

obrigado por vir, ler e comentar...!

beijo,

r

Renato Torres · Belém, PA 21/1/2008 12:51
sua opinião: subir
Renato Torres
 

oi sérgio,

que bom que gostaste... leia outras coisas que já publiquei cá no overmundo.

abraços,

r

Renato Torres · Belém, PA 21/1/2008 12:53
sua opinião: subir
Renato Torres
 

olá robert,

gosto de pensar em artistas como o itamar como pérolas raras: dá um trabalho "encontrá-las", sabe? ("encontrar" aqui poderia até ser traduzido nesse "compreender" de que falas...). mas há um indisfarçável sabor de maldição nisso de ser "eternamente incompreendido"! tadinho do itamar... ele não merece isso não! ;)

abraços, mano,

r

Renato Torres · Belém, PA 21/1/2008 13:04
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Renato Torres
 

carlos, magno,

estabelecer um jogo de palavras arrojado, rítmico, com um certo senso de humor foram escolhas imprescindíveis ao escrever este texto-homenagem. o itamar, que era um exímio poeta, não mereceria menos que este esforço cá exposto!

abraços, mano!

r

Renato Torres · Belém, PA 21/1/2008 13:08
sua opinião: subir
Renato Torres
 

cris,

isso mesmo! bendito seja agora e sempre! e que o mundo o ouça/leia mais e mais!

beijo,

r

Renato Torres · Belém, PA 21/1/2008 13:11
sua opinião: subir
Marluce Freire Nascasbez
 

Renato,

Excelente texto!
Parabéns!

Um aBRAÇO, Marluce

Marluce Freire Nascasbez · Carnaíba, PE 22/1/2008 15:16
sua opinião: subir
 

Bem merece um... "ÉGUA" (expressão que detesto mas, que depois de 25 anos por acá me pego dizendo) ! Mas lembra mais Chico Buarque e seu "DIA DA CAÇA" do que próriamente Itamar, cujo CLARA CROCODILO eu achava/acho até hoje o máximo, algo meio Alice Cooper mixadocom David Bowie. Onde andará... Itamar?

RENATO (xará de meu irmão gêmeo) teu trabalho é sempre uma bela e redonda surpresa. Me convide sempre, por favor... eu demoro mas venho!

"NATO" AZEVEDO · Ananindeua, PA 25/1/2008 21:54
sua opinião: subir
azuirfilho
 

Renato Torres · Belém (PA) ·

Independente é um Trabalho Primoroso.

Rebate tudo que vem. Tem resposta para tudo.

Muita inspiração e fez um encaixe perfeito de temas e palavras.

Muito bonito e muito habil no criar.
Parabéns, estou aqui votando com orgulho do seu trabalho.
Abração Fraterno.

azuirfilho · Campinas, SP 13/3/2008 16:00
sua opinião: subir
Valério Fiel da Costa
 

A gente cola os ouvidos na página branca e percebe que nunca está em branco. Estamos diante sempre de um ato de esgrima, de um grito. Ouço nos teus poemas aquilo que já não consigo mais ouvir em música. Compor assim: um projeto.

Saudades, rapáz!

Valério Fiel da Costa · São Paulo, SP 15/3/2008 11:32
sua opinião: subir
Renato Torres
 

andré,

não importa o quanto demoremos pra encontrar a poesia; será bom. esse encontro que temos aqui me é sempre prazeroso. lamento por vezes ficar ausente... a vida sempre tem de seguir seu curso.

abraços,

r

Renato Torres · Belém, PA 16/3/2008 23:59
sua opinião: subir
Renato Torres
 

marcos,

a doidice da realidade é o que mais parecia aprazer o homenageado, sabes? e me apraz, porquanto.

abraços,

r

Renato Torres · Belém, PA 10/7/2008 13:27
sua opinião: subir
Renato Torres
 

marluce,

seja sempre bem vinda às minhas investidas poéticas!

beijo,

r

Renato Torres · Belém, PA 10/7/2008 13:32
sua opinião: subir
Renato Torres
 

mano nato,

as incursões temáticas e poéticas de chico muitas vezes são um primor de marginalidade, ainda que ele seja, desde sempre, um medalhão da MPB. a comparação é curiosa, e bem vinda, claro! adoro os dois. mas itamar sidera em um território que me é bastante familiar, porquanto a homenagem. e ele, meu caro, anda mesmo agora nas itamarés celestiais...

abraços,

r

Renato Torres · Belém, PA 10/7/2008 13:41
sua opinião: subir
Vincius Becker
 

viva itamar.

Vincius Becker · São Paulo, SP 15/7/2008 13:23
sua opinião: subir
Renato Torres
 

azuir,

ter resposta pra tudo seria uma pretensão descabida de minha parte... mas creio que escrever este texto me deu chance de dar
algumas respostas, e isto faz uma enorme diferença. não que alguém tenha me pedido estas respostas... o mundo nunca pede desculpas. mas, como o próprio itamar, sinto mesmo uma profunda vontade de dizer.

obrigado pelo teu carinho com meu trabalho!

abraços,

r

Renato Torres · Belém, PA 15/7/2008 17:29
sua opinião: subir
Renato Torres
 

menino valério,

valerá muito mais o que assaz se cumpre na fala de um artista como tu: a promessa de transcendência. e mesmo que eu tenha demorado a te responder, haveremos sempre enquanto parceiros e cúmplices de uma visão artística que se quer experimental, em busca, inquieta, em contínua expansão.

saudades também... que venham os novos concertos!

abraços,

r

Renato Torres · Belém, PA 15/7/2008 17:39
sua opinião: subir
Renato Torres
 

vinícius,

...sempre!

abraços,

r

Renato Torres · Belém, PA 15/7/2008 17:44
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 20 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados