Ingratidão

Blogagora
1
Frazao my brother · Anastácio, MS
26/1/2008 · 207 · 23
 

Andando calmo pela rua incauta,
Achei um incauto verso pelo chão;
Não tinha dono, pai, amigo, irmão,
Era só um pobre verso ali sem pauta.

Compadecido, enchi o verso triste...
De carinho, amor, sentido e oração;
Limpei as palavras do seu coração
E dei-lhe o melhor verbo que existe.

Depois de tudo, o verso deprimido,
Que alimentei de rima, amor e emoção,
Virou-se contra mim e, sem educação,
Fugiu, deixando-me só, ali, perdido.

Frazão my brother

compartilhe



informações

Autoria
José Pedro Frazão
Ficha técnica
Para traduzir um fato que me ocorreu hoje
Downloads
241 downloads

comentários feed

+ comentar
Osvaldo
 

Frazão, beleza de poesia.
Parabéns!!!

Osvaldo · Olinda, PE 23/1/2008 21:03
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Benny Franklin
 

Palavras de Mestre!
Bravo!

Benny Franklin · Belém, PA 23/1/2008 21:28
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Saramar
 

Frazão, que lindeza!
Creio que todos os versos são assim ingratos e voam de nós assim que cuidamos e quanto mais cuidamos com "melhor verbo que existe" (maravilha) mais ele se solta, belo e emocionante como estes que li.
Adorável!

beijos

Saramar · Goiânia, GO 24/1/2008 01:50
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Frazao my brother
 

Osvaldo, obrigado pelo click dado ao poeminha. Ele precisava de uma foto assim.
Benny, "menos, menos", mas obrigado pela leitura.
Sara, você sempre encontrando o núcleo da questão. Às vezes, tropeçamos em versos pelo caminho e não lhes damos a devida atenção. Há muitos versos maltrados e abandonados pelos seus donos... mendigando, pedindo um pedacinho de verbo. Acho que falta, da parte do governo, não um albergue para versos assim, mas uma política pública de inclussão socioverbal...Não é mesmo?
bjs

Frazao my brother · Anastácio, MS 25/1/2008 11:11
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Saramar
 

Querido poeta, voltei.
Além do voto, devo lhe dizer que sua idéia é genial: cuidar dos versos, aninhá-los, limpálos e, ao final, soltá-los para a vida.
beijos

Saramar · Goiânia, GO 25/1/2008 20:27
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Jotaoliveiraa
 

Muito bom mesmo. Parabéns! Abç do J.

Jotaoliveiraa · Brasília, DF 25/1/2008 20:36
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Oh, que dó! Que versos ingratos, rs!
Que bonitinho, amarradinho esse verso.
bela tradução do teu acontecimento do dia. Poeta é poeta!
abrçs

Branca Pires · Aracaju, SE 26/1/2008 01:10
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
victorvapf
 

A vida e' assim meu Brother, quando voce faz tudo por uma pessoa, ela vira sua enimiga! Belo verso, faz a gente refletir!

victorvapf · Belo Horizonte, MG 26/1/2008 13:36
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Vanessa David
 

Que graça! Parabéns!!!!!!!!

Vanessa David · Rio de Janeiro, RJ 26/1/2008 13:42
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Marcos Paulo Carlito
 

Os versos também nos traem...

Marcos Paulo Carlito · , MS 26/1/2008 13:57
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
anamineira
 

Lindos versos.
Ingratidão gera mágoa, gera angústia, deixa pra lá! Assim já dizia meu pai.
Votado. Um abraço.

anamineira · Alvinópolis, MG 26/1/2008 14:40
sua opinião: subir
Ize
 

Querido Frazão,
o poema é lindo, mas venho aqui defender o verso da interpretação de mal-educado que o poeta lhe impingiu.
Pleno do melhor verbo que existe, que mais lhe cabia senão criar asas e voar?
Não fique triste. Vc cumpriu a missão mais nobre que lhe cabia, como poeta que é: encorpar o verso de verbo e dar a ele a liberdade de ecoar com liberdade pelo mundo afora.
Beleza pura.
Beijos

Ize · Rio de Janeiro, RJ 26/1/2008 16:24
sua opinião: subir
Sinvaline
 

Bravo! Belo, simples e diz tudo...
Votado
Sinva

Sinvaline · Uruaçu, GO 26/1/2008 19:15
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Nydia Bonetti
 

Que beleza, Frazão!
Lindo demais, menino!
Abrçs.

Nydia Bonetti · Piracaia, SP 26/1/2008 20:40
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Jairo Oliveira Ramos
 

Voto, Frazão. O poema casou perfeitamente com a ilustração.

Jairo Oliveira Ramos · Aracaju, SE 26/1/2008 21:36
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Andre Pessego
 

Professor, não sei se fico com a Ize ou se lhe digo.
Todo sentimento é inocente,
É que nunca sabe o pretendente
O assumido pelo coração da desejada
e ela foge, para não ser mal educada.
um braço, grandes versos,
andre.

Andre Pessego · São Paulo, SP 26/1/2008 21:44
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
azuirfilho
 

Frazao my brother · Anastácio (MS) .

Traduziu muito bem a ingratidão.
Assim como sabes expressar alegria.
Quem como vocé com dom da criação.
É capaz de milagre e ou magia.
Como condenação ou sina.
É séria a Missão de poetizar.
Porque O que ele vaticina.
A verdade faz de perto se aproximar.

Escrevi isso confiando em vocé.
Para poder lhe dizer.
Que seu trabalho é imensidáo.

Parabéns e abração

azuirfilho · Campinas, SP 26/1/2008 21:45
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Dalena GVL
 

Querido Frazão,
Aqui em Portugal, os versos também me traem e surge a solidão!
Lindo demais este seu poema.
Beijocas meu irmão.
Já votado é claro.

Dalena GVL · Portugal , WW 27/1/2008 07:23
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Bia Marques
 

esses versos rebeldes que insistem em ganhar mundo mesmo com casa comida e roupa lavada rsrsrssrs!

Bia Marques · Campo Grande, MS 27/1/2008 10:56
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
ebarros
 

pode apostar, votei.

ebarros · Recife, PE 28/1/2008 00:29
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Dalena GVL
 

Querido Frazão, coloquei no meu blog este seu poema exactamente como aqui está. Desculpe-me não o ter pedido para tal, mas como acho que o que é belo é para chegar a todos.
Beijinhos com carinho,sempre.

Dalena GVL · Portugal , WW 28/1/2008 07:47
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Frazao my brother
 

Jota, obrigado pela gentil visita.
Branca, a vida é assim mesmo, como diz o overmanos Victorvapf
Vanessa, a sua graça é bem-vinda. Valeu.
Marcos, os versos traem e as rimas subtraem...
Ana, é isso mesmo (prá lá, bem pra lá). Abraços.
Ize, sua intervenção foi providencial e pedagógica, que me redimi e já troquei “sem educação” por “sem explicação”. Obrigado. Esse danadinho fujão arranjou boa advogada. Eu sabia...
Sinvaline, obrigado. Viva Uruaçu!
Nydia, a beleza vem de Campinas. Obrigado.
Jairo, obrigado pela visita, amigo.
André, você a Ize têm razão. Obrigado.
Azuir, pode confiar; seu comentário engrandece.
Bia, já não controlamos nem os próprios versos, quanto mais os adotivos...
Dalena, amiga, não precisa pedir. Deixe-o seguir blogando pelos mares da vida em busca da ilha desconhecida. Obrigado.
bjs a todos.

Frazao my brother · Anastácio, MS 28/1/2008 19:31
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Joana Eleutério
 

Votado! Belo gesto poético com o verso abandonado na rua. "Verso de rua" ingrato, heim? Bjs

Joana Eleutério · Brasília, DF 29/1/2008 08:11
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 23 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados