Janela do tempo

1
Roberta Tum · Palmas, TO
29/11/2007 · 226 · 12
 


Olhei a tarde pela janela
cheia de água
suspensa em densas nuvens

Olhei a vida pela janela do tempo
cheia de lágrimas
que derramei por ela

Olhei o tempo à minha volta
e o tempo do coração
querendo apenas
chá quente com bolachas
como nas tardes
chuvosas de antigamente

Por que é que a gente
quando se cansa,
e se estressa com o mundo real
Só quer abrir uma janela
para a infância?
aquela cercada de menos mal

Olhei o tempo pela janela
E a vida já ia tarde...
a passar por ela

compartilhe



informações

Autoria
Roberta Tum
Ficha técnica
Reflexões diante de um céu nublado
Downloads
304 downloads

comentários feed

+ comentar
Branca Pires
 

Felizes são essas sempre reflexões dos tempos idos...
São as nossas janelas, frestas por onde vemos o tempo passado ou futuro...
Abrços

Branca Pires · Aracaju, SE 28/11/2007 11:42
sua opinião: subir
Nydia Bonetti
 

Olhei o tempo pela janela
E a vida já ia tarde...
a passar por ela

Lindo, Roberta. Vivo também em janelas... olhando a vida, olhando o tempo que passou, olhando a chuva...
abçs.

Nydia Bonetti · Piracaia, SP 28/11/2007 20:02
sua opinião: subir
Felipe Henrique
 

Olhei a tarde pela janela
cheia de água
suspensa em densas nuvens
Olhei a vida pela janela do tempo
que derramei por ela
Olhei o tempo pela janela
E a vida já ia tarde...
a passar por ela...

Muito lindo flor, parabéns!!!
__Beijos n'alma.


Felipe Henrique · Mesquita, RJ 28/11/2007 22:48
sua opinião: subir
j.alves
 


Olhei o tempo pela janela
E a vida já ia tarde...
a passar por ela
Muito bom

j.alves · São Paulo, SP 29/11/2007 08:10
sua opinião: subir
Branca Pires
 

Roberta, meus votos.
bjs

Branca Pires · Aracaju, SE 29/11/2007 08:56
sua opinião: subir
Sérgio Franck
 

Roberta, é um poema muito bonito.

bjo.

Sérgio Franck · Belo Horizonte, MG 29/11/2007 09:35
sua opinião: subir
victorvapf
 

Porque a emocoes vividas pela infancia gravam pela janela de nossa retina, sendo tudo novidade...sao os primeiros "passos" do vivenciamento e das descobertas! O retorno a infancia e para buscar "reforço" para aguentar a vida da realidade!Parabens, que bom que seu poema faz com que nos identifiquemos com ele e ate diria que e uma poesia aberta, simples e bela... da uma folga nas inspiracoes obtusas e somente voltadas para dentro de si!

victorvapf · Belo Horizonte, MG 29/11/2007 10:38
sua opinião: subir
azuirfilho
 

Roberta Tum · Palmas (TO) ·
Extraordinária a sua poesia, pelo Tema sobre a vida e o tempo.
Muito bacana o seu olhar, esse seu vigiar, porque é dele que vão
sair as impressões para a formação da consciência.
Seu Trabalho luminoso nos coloca pedagogicamente diante deste dilema do sentido da vida.
Me faz lembrar a Oração do S. Francisco de Assis e Principalmente o Pai Nosso de Jesus.
...é perdoando que se é perdoado e
é morrendo que se vive...
Avida é uma passagem rápida e podemos fazercoisas bacanas para valera pena. Podemos exercitar a Justiça o Direito e o Amor.
Seu Trabalho é muito inspirador para o bem no sentido de libertar da mediocridade e do medo.
Nos Desperta para a imensidáo.
Maior alegria esta podendo ler sua obra e poder votar o merecimento que ela tem.
Uma Honra votar neste trabalho que instrui e fortalece o ser humano.
Parabéns e abração.

azuirfilho · Campinas, SP 29/11/2007 16:35
sua opinião: subir
Noelio Mello
 

Roberta, querida.
Lindo poema. Abrimos, amiga, a janela para o tempo da infãncia porque lá encontramos a fantasia da vida, que hoje quase a perdemos nesse nosso incessante correr.
beijos
Noélio

Noelio Mello · Belém, PA 29/11/2007 18:38
sua opinião: subir
Frazao my brother
 

O mundo passa pelas nossas janelas, mas haverá sempre uma janela especial por onde repassa o mundo dos poetas.
Bela construção, Roberta.
bjs

Frazao my brother · Anastácio, MS 29/11/2007 22:28
sua opinião: subir
Erode Lino Leite
 

Estamos sempre querendo nos encontrar.. pois vezes nos perdemos.. Maravilha, belo texto! Abraços.

Erode Lino Leite · Campo Grande, MS 30/11/2007 12:07
sua opinião: subir
marcio rufino
 

Mais uma vez me identifiquei com você, minha grande amiga, pois também sinto muita necessidade de abrir uma janela para infância que foi o momento da vida em que, confesso, fui mais feliz.

Bjs e muito obrigado. Sempre!!!

marcio rufino · Belford Roxo, RJ 30/11/2007 18:28
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 19 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados