Lagrimas e Vinho Tinto

1
Andrew Diogo · Chapadão do Sul, MS
5/8/2008 · 45 · 2
 

A lagrima que cai do rosto, enche a taça em cima da mesa...
Meu coração ainda pulsa, porem minha mente nunca mais será a mesma.
O corpo começa a pedir coisas que a mente não entende.

Também o coração começa a vibrar mais nem sente.
A voz em meio tom expressa coisas que ninguém compreende.
Não sei o que fazer pra me encontrar, sinto-me um tanto dormente.
Todo o mundo inteiro girando e a esperança de até as pedras se encontrar.
Os sonhos se fazem de lembranças boas e a realidade começa a deixar de existir.

Voava em meus sonhos como um pássaro rasgando os céus em busca da liberdade.
Os momentos de lucidez me trazem esperanças outrora perdidas.
Como entender essas coisas que complicam desde a alma ao coração?
Eu não entendo, mas nunca desistirei de encontrar as respostas.

Quando o sol nasce aparenta me trazer a felicidade.
Urgentemente eu ponho-me de joelhos ao chão e rezo por luz.
Eu queria apenas enxergar a luz no fim do túnel.

Tento ser o melhor possível, se é errado não entender o amor...
Eu imploro que me ajudem a parar de errar, pois isso dói muito!

Dias vão dias vem, e não encontro respostas...
As lagrimas cortam o rosto como uma navalha.
Restando somente a alma vazia.
Intrigada com perguntas sem respostas.
Atordoada com as constantes açoitadas a esperança da luz se dissipa...

Meus dias se transformam em noites.
Insignificante eu me sinto perante a dor que rasga o meu peito.
Não aprendi a controlar, não é falta de tentar.
Hoje em dia até que dói menos, mais a dor é constante.
Algumas vezes a vontade é de não sentir mais nada.

Voaria até o ponto mais alto em que meus sonhos me levaram...
Ignoraria a razão e deixaria de voar, caindo e pensando...
Desceria de cabeça até o chão onde talvez minha dor se dissipasse.
A lagrima e a queda dói muito menos que o ADEUS e a ultima taça de vinho.

compartilhe



informações

Autoria
Andrew Diogo Rodrigues
Ficha técnica
Existe uma mensagem oculta nestes versos de amor...
Leia somente a primeira letra em maiúsculo de cada linha, leia de cima para baixo.
Downloads
261 downloads

comentários feed

+ comentar
O NOVO POETA.(W.Marques).
 

maravilhoso trabalho,votado.

O NOVO POETA.(W.Marques). · Franca, SP 5/8/2008 20:15
sua opinião: subir
Denise A Souza
 

Lindíssimo seu poema!
Eu não entendo, mas nunca desistirei de encontrar as respostas.
Bjs!

Denise A Souza · Guaratinguetá, SP 7/8/2008 08:22
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados