Lendo as 'Memórias de Adriano' (extraído do Caderninho do Cluracão)

daniel duende, 2007
1
Daniel Duende · Brasília, DF
24/1/2007 · 91 · 25
 

Não posso ler as Memórias de Adriano sem ser o próprio Adriano em sua velhice e "quase sabedoria"; sem ser Marguerite, sem rosto e sem substância, e ainda tão repleta de si mesma, escrevendo por anos e anos as memórias de um homem e imperador; sem abrir mão de mim mesmo. Tudo ao mesmo tempo...

Para ler o resto, baixe o arquivo anexo.

Este texto foi extraído e adaptado a partir de minhas anotações de leitura em meu "Caderninho do Cluracão". Uma caderneta que tenho sempre comigo, e onde deito cada pensamento e impressão e desabafo da vida e da profissão de vivente e escrevinhador...

Para quem ainda não conhece o livro, é possível encontrá-lo nos melhores sebos (o meu foi comprado justamente no sebo Mar de Histórias, sobre o qual já escreví um post para o Guia Overmundo), ou, para quem preferir, em quase qualquer livraria. Para quem quiser os dados do livro, aqui vão eles:

Memorias De Adriano
Marguerite Yourcenar


ISBN: 8520917909
Editora: NOVA FRONTEIRA
Número de páginas: 330
Encadernação: Brochura
Edição: 2006


p.s. estes dados se referem à edição que está a venda no site da Livraria Siciliano. O exemplar que estou lendo é mais antigo, e foi comprado por 10 reais no "supra-referido" (palavra chique, né?) sebo.

compartilhe



informações

Autoria
Daniel Duende, 16.01.2007
Ficha técnica
anotações de leitura a respeito do livro Memórias de Adriano, de Marguerite Yourcenar (ISBN: 8520917909).
Downloads
556 downloads

comentários feed

+ comentar
Fábio Fernandes
 

Ô, rapaz! Até que enfim!
Tava demorando pra você nos revelar suas memórias de cluracão!
:-D

Fábio Fernandes · São Paulo, SP 21/1/2007 17:51
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Poisé...
Dizem que os duendes são chegados num mistério e num disfarce. :D

Daniel Duende · Brasília, DF 21/1/2007 17:57
sua opinião: subir
Waleska Barbosa
 

por q vc n coloca uma ficha técnica para o livro? eu q não conheço a obra fiquei querendo assim...esses detalhes.

Waleska Barbosa · Brasília, DF 22/1/2007 15:00
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Tem toda razão, Waleska! Vou colocar uma ou mais referência para o livro no post.

Mas já te adianto algumas coisas que achei numa pesquisa.

Aqui tem o verbete sobre o livro na Wikipedia (ainda pequeno, mas escrito, no mínimo, com paixão):
http://pt.wikipedia.org/wiki/Mem%C3%B3rias_de_Adriano

Nota sobre o livro na Biblioteca Folha:
http://biblioteca.folha.com.br/1/24/

O livro também é citado no site Recomeço, que coleta textos de pessoas presas na cadeia pública de Leopoldina - MG:
http://www.nossacasa.net/recomeco/default.asp?item=037

Vou ver se levanto os dados do livro agora, para adicionar no post.

Valeu pela sugestão, e continue com o "olho atento" na fila da edição. Você está se saindo uma colega "exemplar" :D

Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 22/1/2007 20:54
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Pronto, Waleska. O que achou das adições ao post? Ficou mais legal agora, né?
Valeu, mais uma vez, pelos toques.

Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 22/1/2007 21:24
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

o post ficou mais legal com a imagem, né? :D

Agora é hora de tratar as imagens do encontro...
(para o post dos relatos)

Abraços do Verde

Daniel Duende · Brasília, DF 22/1/2007 21:45
sua opinião: subir
Waleska Barbosa
 

Uau!!!! Agora ficou tudibão!!! Adorei a imagem - é do "caderninho"? Sobre caderninhos depois vou deixar um post por aqui também... e as referência ótimas - cê conseguiu dar o maior charme ao que seriam informações técnicas e "supra-referido" foi tudo hhahahaha]
beijo

Waleska Barbosa · Brasília, DF 22/1/2007 21:50
sua opinião: subir
Marcos Woortmann
 

Muito legal :)
Vou procurá-lo por aqui mano!

Marcos Woortmann · Brasília, DF 23/1/2007 00:22
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Opa! Valeu mesmo pelos elogios, Waleska! :D
Fico super feliz que o post tenha ficado a seu contento agora. Seu toque foi super importante para que ele ficasse assim (sem rasgação de seda. a fila de edição serve EXATAMENTE para isso, para que os outros colaboradores sugiram melhorias para os posts, e você o fez MUITO bem!).
"supra-referido" ficou bacana, né? Mas tudibão é gente como você, que vem chegando, participando, conversando e mostrando o carinho e a vontade com que veio participar da festa! Parabéns! :D

E você, meu caríssimo Marcos Alemão... Procure o livro sim. Você vai gostar um bocado dele, e acho interessante inclusive notar que uma das temáticas do livro -- a da velhice com sua sabedoria, memórias e esquecimentos -- foi muito bem lembrada por você em um dos seus posts recentes no Banco de Cultura. Acho que o livro vai ecoar bem no seu momento sensível e artístico.

Abraços do Verde para vocês! :D

Daniel Duende · Brasília, DF 23/1/2007 00:39
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Mais uma coisa.... a imagem é mesmo do meu "caderninho do cluracão", ao lado do livro em questão.

Para ver uma outra imagem do caderninho, basta dar uma olhada aqui: http://flickr.com/photos/olho_do_clurichaun/325852387/

Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 23/1/2007 00:40
sua opinião: subir
Vitória Maria
 

Olá Duende. Fiquei feliz pela referência a Marguerite. Ela não é comum. Li Memórias de Adriano, após ler Alexis-ou o tratado do vão combate. Me apaixonei por ela. Por Marguerite. é raro que eu releia uma obra, mas com ela não, sempre volto. Não me canso de penetrar em sua beleza.
E o seu texto, com a foto do caderninho (ah, eu tb n sei viver sem um dentro comigo, só que tenho vários!! e se por acaso não estiver com eles, escrevo em qualquer guardanapo, ou pedaço de papel) fizeram uma bela composição. Parabéns!
** aha Wal, eu tenho os livros ok??

Vitória Maria · Suíça , WW 23/1/2007 10:00
sua opinião: subir
Waleska Barbosa
 

Verdinhoooô (será que você vai dar a entonação correta? é bem desafinado, viu?),Vitória Maria é minha irmã e a gente tá assim meio silenciosa uma com a outra... pois não é que o seu post fez com que ela mandasse um recadinho pra mim???? hihihihi

Waleska Barbosa · Brasília, DF 23/1/2007 10:07
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Nossa, suas duas! Eu nem sei o que dizer. Obrigado pelos comentários, e, poxa... legal que não estejam mais tão silenciosas como dantes. Parecem-me ser duas irmãs muito legais, e que se merecem mais.... :D

Eu e meu caderninho ficamos mutio gratos com a apreciação.
E eu não vejo a hora de voltar ao livro, que foi emprestado à minha avó materna por considerar que seria mais urgente que ela lesse do que eu...

Abraços apertados do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 24/1/2007 21:13
sua opinião: subir
Marcos André Carvalho Lins
 

simplesmente espetacular!!
você é um escritor e tanto, daniel.( conseguiu em algumas linhas escrever um livro inteiro). parabéns!!
abs.

Marcos André Carvalho Lins · Recife, PE 24/1/2007 22:47
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Puxa, Marcos... eu nem sei como agradecer a estes elogios! :D

Muito obrigado mesmo! De coração!
Fiquei muito feliz com suas palavras.

Abraços apertados do Verde, e espero que sempre te agrades de meus escritos.

Daniel Duende · Brasília, DF 24/1/2007 22:53
sua opinião: subir
Waleska Barbosa
 

Você deixou de ser verde???

Waleska Barbosa · Brasília, DF 25/1/2007 11:27
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Não... nem um pouco. :D
Eu apenas adotei um outro tom de verde para a foto. :D

Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 25/1/2007 13:02
sua opinião: subir
Haragano
 

Nunca compartilhei a forte impressão que a obra me causou e nunca li nem ouvi alguém se referir a ela... tão bom saber que não impressionou só a mim... algo como 25 anciãos de braços estendidos me separam de adriano... "Animula vagula, blandula", atribuída a ele, bem que merecia uma tradução para órfãos do latinório, como eu. Releve alguma impropriedade, sou recém chegado, aquele abraço

Haragano · Brasília, DF 30/1/2007 23:32
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Haragano, conterrâneo e colega de leituras e de trançamento de palavras, é muito bom ler seu comentário. O livro também impressionou -- e muito -- a mim. Acredito que há de impressionar a muitos alémd e nós.

Deve haver, para os "órfãos do latinório", uma tradução de "Animula vagula, blandula" na pátria de todas as linguagens -- a internet. Há de se perguntar àquele serpentino oráculo que é o Google.

Seu comentário me faz pensar que, talvez, devêssemos ver mais "relatos de leitura" por aqui no Overmundo, você não acha? Que tal compartilhar alguns dos seus conosco?

Abraços de boas vindas,
do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 31/1/2007 12:31
sua opinião: subir
Haragano
 

Verde, boa demais a prosa, obrigado pelas boas vindas, estou engatilhado para compartilhar um textinho, querendo provocar curiosidade sobre um certo autor...

Haragano · Brasília, DF 31/1/2007 23:28
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Vai fundo, meu caro cara!

Dá um sinal quando publicar, que eu vou lá olhar.

Abraços do Verde.


p.s. por falar em publicar, ando publicando umas coisas da minha gaveta literária (contos que releguei ao esquecimento e de repente resolvi soltar). Tem um aqui, e outros virão. Publiquei um dos meus velhos prediletos também, aqui.

Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 31/1/2007 23:40
sua opinião: subir
Ana Cullen
 

Depois de umas duas ou três semanas de "férias" eis que acho um texto espetacular Dani! Ficou ótimo, pelo que você havia falado, eu achei que fosse algo mais crítica de jornal sabe? Mas que nada! Cheio de emoção! Cheio de você! Adorei...
Já ouvi falar muito bem desse livro, uma professora minha de História Cultural recomendou muito, agora então... está na lista, é um livro que vou ler durante minhas férias da faculdade!
Abraços!

ps: como está a leitura de Pubis Angelical? Vamos fazer um post juntos sobre o livro e o autor talvez, depois que você terminar de ler?

Ana Cullen · Brasília, DF 9/2/2007 12:48
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Hey dona Ana, seja bem vinda de volta das suas férias! Você viu a movimentação de nossos novos colegas overmanos de Brasília? Dá uma olhada. A Fran Amarante e a Tuka Villa-Lobos estão com todo o gás. :)

Agora, sobre este post... que ótimo que você gostou! São mesmo anotações bastante emocionadas, nada jornalísticas, sobre o livro. É mesmo um texto muito meu, e fico muito feliz -- muito mesmo -- que o apreciem! :D

Se puder, leia o livro. Vai te tocar um bocado.
E, nesta mesma linha, publiquei também algumas palavras sobre Clarice Lispector. Estão logo aqui.

Ainda não comecei o "Pubis Angelical", mas já tenho anotadas sobre ele as palavras do meu caríssimo livreiro Claudio, do sebo Mar de Histórias: "Esse cara chegou aqui, arranjou uma gata em Ipanema, e não quis mais ir embora. Aì, escreveu 'esse' Pubis Angelical pra contar do seu tesão...". Sei lá, mas o Claudio costuma saber do que fala, apesar da língua afiada... :D
Lerei, e faremos um post juntos sobre o livro. :D

Por falar no Claudio, tenho um post pro Overblog no forno que tem mais alguns extratos de minhas conversas com ele.

Abraços apertados do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 9/2/2007 14:00
sua opinião: subir
Zéduardo Calegari Paulino
 

Este é um dos meus livros prediletos. Também a Obra em Negro, ainda de Marguerite. Mas há outro que tenha igual apreço, e que sugiro a sua leitura: O menino persa, de Mary Renault. Difícil achar. Veja em: www.estantevirtual.com.br.

Zéduardo Calegari Paulino · Campo Grande, MS 19/2/2007 16:56
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Muito obrigado pela dica, meu caro. Vou procurar este livro em breve.

abraços do verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 19/2/2007 16:59
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados