linha vermelha

1
Daniel Duende · Brasília, DF
21/1/2007 · 92 · 14
 

O Rio de Janeiro
está atravessando
todo dia todo dia
a linha vermelha.
Carros vão e vem,
vidas, tiros, estilhaços
de vidas, vindas, idas...

Será que tem
volta?
será que tem
tiroteio?
será que Ele
volta
a ser o Rio do Passeio?

Ahh, meu Rio de Janeiro.
Te vejo todo
de dentro do avião,
mas não me atrevo
a pousar no Galeão.
Essa Linha Vermelha
eu não atravesso mais não...



Poesia pensada, sentida, repetida por mim mesmo
para mim mesmo, no avião sobre o Rio de Janeiro.
Depois dela, pousei no Santos Dummont.
No Galeão, eu não pouso mais não...

compartilhe



informações

Autoria
Daniel Duende
Ficha técnica
É um poema. É uma idéia, um sentimento, um momento.
O que mais vou dizer? Já está dito.
Downloads
379 downloads

comentários feed

+ comentar
asinha
 

O seu poema é um desabafo.
Por ora o Rio só pode ser apreciado do alto mas com certeza vamos ter dias melhores...É uma esperança.

asinha · Salvador, BA 18/1/2007 09:54
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

É... eu vejo como um desabafo e um lamento, tentando manter o bom humor ao modo tão brasileiro dos cariocas (que ainda me fascina)...

Dias melhores virão, dizem.
Eu gosto de acreditar.


Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 18/1/2007 14:10
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Helder Dutra
 

"Amanha vai ser outro dia..." o Rio pra mim é uma eterna espera do outro dia...amanha vai ser outro dia...agora mesmo estou no tranbalho e um PM acaba de ser morto a alguns metros daqui... ah e os Urubus da Globo ja estao de butuca...amanha o secretario dá uma explicação e depois de amanha tudo melhora a espera do outro amanha...

Helder Dutra · Rio de Janeiro, RJ 19/1/2007 19:30
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Será que há algo errado em se tocar a vida em frente e esperar, ou, melhor ainda, buscar dias melhores?
Pior seria se cada desgraça se acumulasse numa enorme contagem de dores. Não existe a perfeição, mas a gente sempre pode acreditar em dias melhores...

Daniel Duende · Brasília, DF 20/1/2007 04:20
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Helder Dutra
 

Ok,Ok você tem razão...mas pode a ação existir sem a esperança?A esperança é o primeiro passo...você acredita que o amanhã pode ser melhor e luta por isso...

Helder Dutra · Rio de Janeiro, RJ 20/1/2007 10:54
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Sim. Tem-se cultivar a esperança, mesmo quando esta é flor rara num jardim que seca. Sem esperança, não vemos por quê lutar.

Daniel Duende · Brasília, DF 20/1/2007 12:03
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Helder Dutra
 

I.A...Verde-esperança...louva deus...grilo...o vestido de minha vó...vomito de bebe...a parede maior de meu quarto...a floresta da tijuca aqui no rio...é,verde-esperança...

Helder Dutra · Rio de Janeiro, RJ 20/1/2007 14:45
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

É. Viva as coisas verdes, então. :D

Chega de tanto vermelho. :D

Daniel Duende · Brasília, DF 20/1/2007 14:46
sua opinião: subir
Osvaldo
 

Duende, é realmente uma situação de calamidade. Tem muitos pontos ruins nessa situação. Tudo que ocorre no Rio é repetida em outras cidades. Vêem como uma onda propagada pela tv. A onda da violência.
Não há soluções fácies. Só há um caminho que é longo. A educação. Só a educação pode mudar essa situação. Se uma geração não se sacrificar pelas outras, nada vai mudar. A bandeira que levanto é mais escolas, mais escolas, mais escolas. E tem que ser ESCOLAS mesmo e não esses depósitos de gente que o governo empurra garganta adentro do povo. Não há outra prioridade nesse país mais urgente que a educação. A população tem que abnegar de tudo a favor dela. E se não houver renuncia o Brasil por completo, até em Brasília, será o Rio.

Abraços, Daniel!!!

Osvaldo · Olinda, PE 21/1/2007 22:59
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Concordo plenamente da importância de uma educação de qualidade na busca da solução do problema da violência urbana, mas temo que outras questões sociais e humanas ainda mais complexas se interponham no caminho da solução.

É necessária muita (re)educação para modificar a mentalidade oligárquica e individualista na qual vivemos. Mas não apenas àqueles que não tem escolas que precisamos educar, mas também a nós mesmos...

Não me arrisco a teorizar (e nem sequer a divagar demais) sobre o problema da violência urbana e rural no Brasil. Choco-me, mas confesso minha ignorância sobre os meios de solução da coisa. É por isso que escrevo sobre meu sentimento. É o único poder que me resta em minha impotência frente à loucura em que se transformou nossa sociedade contemporânea...

Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 21/1/2007 23:12
sua opinião: subir
Waleska Barbosa
 

Entrei no seu blog...Vc está aí, no Rio, né? O Rio é lindo, lindo, lindo, continua assim, apesar de tudo. O poeminha está lindo também. abraços da preta hihihi

Waleska Barbosa · Brasília, DF 22/1/2007 15:04
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Hey... fico feliz com sua visita ao meu blog. :D
Sim, estou no Rio. A cidade é mesmo cheia de encantos e maravilhas. Ando na rua boquiaberto, assumindo sem a menor vergonha minha "caipirice" de menino do interior. Encanto-me com cada árvore, com as pedras das calçadas, com a simpatia do povo e com a atmosfera cheia de história e vida do lugar!

Obrigado pelos elogios ao poema. :D

Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 22/1/2007 21:10
sua opinião: subir
Waleska Barbosa
 

Ano passado revi o Centro do Rio...aí q tanta emoção... parece que a gente tá vendo filmes, lendo livros, revendo a história do Brasil, enfim. Queríamos encontrar o CCBB e depois de mil perguntas e idas e vindas ganhamos uma carona no carro dos Correios - que cê acha? Também fui, pela primeira vez, à Colombo...ixi...coisa boa....

Waleska Barbosa · Brasília, DF 22/1/2007 21:53
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Ahhhh... os encantos dessa cidade que estou ainda apenas descobrindo... :D

O Rio é mesmo tudibom, e aqui acontecem mesmo coisas inacreditáveis. Algumas delas maravilhosas, outras assustadoras... mas todas elas impressionantes.


Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 23/1/2007 02:22
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 9 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados