LUA VERMELHA ( NATAL )

MELGONÇALVESLUAVERMELHA
1
Cintia Thome · São Paulo, SP
30/11/2007 · 215 · 23
 

LUA VERMELHA


Lua vermelha
Vejo escada transparente
Escalada ao céu negro
Lua vermelha,
Bola purpurina, tão menina...
Bola de fogo, chutada dos meus campos verdes...
Agora tão longe de mim...

Lua vermelha
Balão em labaredas, pipa vermelha;
Sem linha, cordão jaz imaginário...
Rezo rosários para ti
Venha até a mim...

Lua vermelha
Abra teus braços
Incendeia meus pecados
Queima meus atos insensatos
Ouço guizos longínquos
Diante do final juízo de mim
E Natal? É Natal?

Lua vermelha
Na árvore cortada natalina
Bola girando ao vento da morte e sorte
Quebrada em cacos cintilantes diante da vida
Viram estrelas no firmamento
Partículas no chão, erosões no peito...
Fios de dor sem a prata do amor
Revoltada carne vermelha sangrenta
Sou lunática alma diamante
Pedaço de mim

Lua vermelha
Estenda teu tapete carmim
Rosas rubras, brasas ondas...
Desejo pisar e arder eternamente
Ter a lua redonda branca
Deixar a terra em ira
Ir ao encontro onde tudo doura
Na manjedoura
Com ouro, incensos e mirra...

Lua vermelha
Flambe meu corpo
Empresta-me a luz do sol
Para que eu veja agora o menino
Ter a ressurreição da mãe senhora
Que só chora caída ao berço
E conta as contas do terço
Feridas partículas

Lua vermelha
Bronzeia a mãe, lâmpada apagada...
Quero o direito ao filho
Filho brilhante sem anel
Cadente aqui;
Estelar com suas pontas
Para que eu sinta
Minha pele afagada
E assim perto da luz, da paz e do tesouro...
Com ouro, incensos e mirra...


Lua vermelha
Ai de mim... Ai de mim...
Há de vir o menino
Há de vir o brilhante
Ai de mim... Ai de mim...
É Natal?
É Natal.




Cíntia Thomé


....Natal, 2000
.

compartilhe



informações

Autoria
.....Cíntia Thomé
Ficha técnica
.............Natal de 2000...montando uma árvore e nela colocando
..... bolas vermelhas e os anjinhos...
.....Momento este apenas de um simples lamento...

.
Downloads
365 downloads

comentários feed

+ comentar
Cintia Thome
 

.
.

Seja bem vindo todos os comentários que edifiquem o Site Overmundo. Sejam eles apenas uma palavra amiga e que dignifique e tenha respeito com o ser humano. Agradeço.

.
.

Cintia Thome · São Paulo, SP 28/11/2007 10:45
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Saramar
 

Cíntia, eu nunca consigo deixar de me emocionar com este constante lamento e a forma intensa e bela dos seus tristes versos.
Belíssimo, tristíssimo!

beijos

Saramar · Goiânia, GO 28/11/2007 11:59
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Benny Franklin
 

Flor!
Nada te separará do amor que tens pela poesia... Nada!
Um primor!
Abçs.

Benny Franklin · Belém, PA 28/11/2007 20:43
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Linda lua vermalha, que de agora em diante vão inundar nossos olhares.
Enfim é Natal, tempo de paz e de muita luz. Estamos precisando destas "luas vermelhas" para colorir os nossos dias.
Lindo poema.
abraços

Branca Pires · Aracaju, SE 29/11/2007 11:28
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Lioviola
 

olá poetisa, como sempre maravilhosa.
como é bom sentir seus poemas...


grande beijo.

Lioviola · Carnaíba, PE 30/11/2007 10:10
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Voltei para os votos.
bjão

Branca Pires · Aracaju, SE 30/11/2007 10:17
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
brigitte
 

Cíntia,
que o Natal se realize nos corações overmundanos.
Lua vermelha a inundar as almas peregrinas e famintas de amor.
o MÁXIMO!!
Abração

brigitte · Goiânia, GO 30/11/2007 14:15
sua opinião: subir
Paulo Esdras
 

Muito bom! Votado!

Paulo Esdras · Brumado, BA 30/11/2007 14:35
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Joana Eleutério
 

Lua vermalha ou azul? Não importa> Em seus versos, a poesia de qualidade para nosso o degustar diário e fundamental. Bjs.

Joana Eleutério · Brasília, DF 30/11/2007 14:43
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Lais Espanca
 

" Deixar a terra em ira "

Costumo sentir isso no natal... rs
Não gosto muito dessa época, me irrito até com os enfeites da av. Paulista. Pareço uma velha rabugenta.

Adorei seus versos cara poetisa.

beijos

Lais Espanca · São Paulo, SP 30/11/2007 17:01
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Nydia Bonetti
 

Lua vermelha... onde estão os Natais, onde estavas inteira?
Nos Natais de agora, sempre falta um pedaço... da lua vermelha...
beijos

Nydia Bonetti · Piracaia, SP 30/11/2007 17:13
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
azuirfilho
 

Mestra CYntia Amiga.
Sua Poesia é maravilhosa.
Veio para a gente fazer reflexão sobre o Natal.
Poetisa da LUA VERMELHA ( NATAL ).
O Natal é Vermelho, como é vermelha a Bandeira do Divino.
A Bandeira do Menino Rei que vai acabar com as angústias que todos sentem por causa das injustiças e das desigualdades que existem no mundo.
Temos de fortalecer a fé e a convição para sermos libertados, assim como temos de nos arrepender para sermos perdoados.
O Natal tem a sua Boa nova do Nascimento do Salvador é para dar esperança.
Temos de construir a Esperança no coração da gente.
ë hora de entrarmos mais cedo no ritmo do Natal e nunca mais sairmos.
Feliz Natal Cintia Amiga e Irmã.
Feliz Natal Amigos do Overmundo.
Feliz natal Mundo mais Amigo.

azuirfilho · Campinas, SP 30/11/2007 19:43
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
ILZE SOARES
 

Cintia,

Parabéns pelo poema. Bola vermelha... refletes sobre o filho...
Bom tema para reflexão, pena é que o mundo só lembra dele duas vezes no ano, no NATAL e na SEMANA SANTA e em todas as duas vezes lembram com direcionamento totalmente diferente do que se deveria sentir e pensar.

Parabéns por escrever mais um despertar.

Bjos

ILZE SOARES · Salvador, BA 30/11/2007 20:01
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Lili_Beth*
 

Querida e Romântica Cintia:

Que lindo teu poema natalino... Seja quando for... É eterno... É Natal!

Lua vermelha
Abra teus braços
Incendeia meus pecados
Queima meus atos insensatos
Ouço guizos longínquos
Diante do final juízo de mim
E Natal? É Natal?


Beijos_Meus*
*

Lili_Beth* · Rio de Janeiro, RJ 30/11/2007 20:10
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
crispinga
 

Mais um Natal...Sinto uma certa angústia , desde sempre, nessa data...
Relembro Natais passados, relembro meus tempos de menina, meus primeiros natais como mãe...
E assim os Natais vão passando, trazendo sempre uma esperança de que Ano Novo vai ser melhor...
O coração continua apertado, cabe naquela bolinha vermelha pendurada na árvore..
Beijos, querida!

crispinga · Nova Friburgo, RJ 30/11/2007 20:25
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Agradeço Cris...

Natal é muito bonito com a familia toda...presentes e bolas vermelhas...festa para as crianças...
mas agora só esperar a época dos netinhos, rs, talvez tenha um colorido melhor....vermelho...mas sempre é de paz...renovações...bj

Cintia Thome · São Paulo, SP 30/11/2007 22:01
sua opinião: subir
Matheus Muzy
 

Cíntia,
É difícil não se emocionar com suas palavras.
Abraços!!!

Matheus Muzy · Cordeiro, RJ 30/11/2007 23:28
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Oi
Matheus...Obrigado. Obrigado a todos...Beijos e um Natal feliz e cpm espírito de paz, muita paz...abç

Cintia Thome · São Paulo, SP 1/12/2007 18:13
sua opinião: subir
Sérgio Franck
 

Show!

bjo.

Sérgio Franck · Belo Horizonte, MG 1/12/2007 20:08
sua opinião: subir
Noelio Mello
 

Cíntia, querida amiga.
Estava ausente. Perdoa a demora.
Poema lindo e triste. Triste e belíssimo... como a vida.
Beijos
Noélio

Noelio Mello · Belém, PA 2/12/2007 00:09
sua opinião: subir
victorvapf
 

Êstava fora, quase perco esta beleza de poema, com minhas desculpas, voto! bjs

victorvapf · Belo Horizonte, MG 2/12/2007 07:39
sua opinião: subir
Francinne Amarante
 

vez em quando não entro no espírito natalino...mas isso é triste. poço ser melhor que isso, penso. mas, prefiro respeitar meu instito humano.
vez em quando, estou eufórica com o tal renascimento que deveria ser todos os dias, mas há um simbolismo, e quando entro em sintonia, eu brilho. espero que esse ano seja um deles. Um Natal reluzente pra todos que acreditarem no amor.
Que bonito, Cintia!
beijo,poetisa.
Fran

Francinne Amarante · Brasília, DF 4/12/2007 06:43
sua opinião: subir
Francinne Amarante
 

vez em quando não entro no espírito natalino... mas isso é triste. posso ser melhor que isso, penso. mas, prefiro respeitar meu instito humano.
vez em quando, estou eufórica com o tal renascimento que deveria ser todos os dias, mas há um simbolismo, e quando entro em sintonia, eu brilho. espero que esse ano seja um deles. natais reluzentes pra todos que acreditarem no amor.
que bonito, Cintia!
beijo,poetisa.
Fran

Francinne Amarante · Brasília, DF 4/12/2007 06:46
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 28 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados