LUMES SODOMIZADOS

Fotografia gentilmente cedida pela autora. By Ana Morkazel.
1
Benny Franklin · Belém, PA
29/11/2008 · 130 · 10
 

Amostra do texto

(O homem é uma cor-cínica primária e um cru-amarelo transparente movido pela indiferença e ganância...)


Para essas noites grisalhas
com cara de Kalashnikov afeminada
ponho minha língua de fora
e permito-me a rebeldia...

A esses dias de hesitante vigor
com ânimo de mornas cenas de sexo oral
lanço meu bumerangue de palavrões
e permito-me a autofagia...

Oh! Inútil cobiça!
A ti e a tua sucessão
lançar-vos-ei dardos seminus
municiados com venenos e com aquela coisa roxa;
e, em ato continuo,
pôr-vos-ei num estendal de lumes sodomizados
para que suceda de não endurecer-me
ou permitir-vos escolher
a livre combustão...

Ai! Pudera eu ter na saliva
o levante da flecha!
Pudera eu transformar-me em luas descomunais
e não sentir a alma segredar-me feroz
ou isolar-me na compulsão do instante...

Pudera eu avivar na libido
o fruto que lhe convém!
Pudera eu esconder-me no debrum
da vergonha
e planar no ar-além...

Pudera eu varrer o esmolar de cada esquina!
Pudera agora,
em todos os olhares, não jazer
uma mão pedinte...

Lá fora, o arqueiro no cio
abandona
o silêncio
na retranca...

- Abusa e usa da fuga!

Aqui, silêncios e bocas
umedecem retropensamentos: malogram
mui-abortos de antes-vidas...

- Fodem-se à toa!
Recusam-se a mudar de asco.

© Benny Franklin

Sobre a obra

Para essas noites grisalhas
com cara de Kalashnikov afeminada
ponho minha língua de fora
e permito-me a rebeldia...

compartilhe



informações

Autoria
Benny franklin
Ficha técnica
Poesia Bennyana.

Fotografia (Movimentos de Fé) gentilmente cedida por Ana Morkazel.




Downloads
319 downloads

comentários feed

+ comentar
Noelio Mello
 

Benny, querido amigo e grande poeta.
Grande e sempre oportuna essa tua rebeldia contra as verdades nuas...das ruas, que muitos insistem em não olhar. Não varreremos das ruas as mãos indigentes...mas, pelo penos limpamos nossas almas...mesmo que sejam em vão nossos alaridos.
Belo, como sempre
Abraços
Noélio

Noelio Mello · Belém, PA 28/11/2008 13:20
sua opinião: subir
Benny Franklin
 

Meu Brother, Noelio!

Tenho plena consciência das duras palavras que tomam conta desses meus parcos poemas. pode crer!

Nos meus vôos por sobre a palavra encho-me de coragem e desafio à luta esses tempos de pavor, que teimam assentar-se sobre o ser humano.

Saiba, querido amigo, que sou seu admirador,
e sempre estarei a seu lado quando a injustiça ousar prevalecer.

Forte abraço!

Benny Franklin · Belém, PA 28/11/2008 13:35
sua opinião: subir
j.alves
 

sempre intenso meu caro, muito bom. abraço

j.alves · São Paulo, SP 28/11/2008 19:35
sua opinião: subir
Ivan Cezar
 

Começa com um fuzil russo gay
Passa por dados seminús
e termina com um arqueiro
... no cio !
Beleza - notável !

Ivan Cezar · São Sepé, RS 28/11/2008 22:12
sua opinião: subir
celina vasques
 

celina vasques · Manaus, AM 29/11/2008 01:26
sua opinião: subir
Ailuj
 

Seus textos são sempre muito bons,mas esse é MUITO bom
Beijos e bom fim de semana

Ailuj · Niterói, RJ 29/11/2008 03:49
sua opinião: subir
Homenino Poeta
 

Abraços e publicado!

Homenino Poeta · Porto Alegre, RS 29/11/2008 04:18
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Pudera eu avivar na libido
o fruto que lhe convém!
Pudera eu esconder-me no debrum
da vergonha
e planar no ar-além...

Verdade dos labirintos..labirintos...

oshf

Cintia Thome · São Paulo, SP 29/11/2008 19:14
sua opinião: subir
Pepê Mattos
 

Outro mergulho cego na verve bennyanna que sodomiza almas puras e as transforma em cinzas liquidificadas nas lâminas vorazes da inquietação... Eis o beat-hino atemporal e além-humano... No que tem de belo, tem de impactante... Onde se instaura a cegueira do homem-nada ali a incandescência do poeta-tudo surge - como um grito lancinante típico das almas inquietas - e ilumina todo e qualquer escaninho onde possa se encalacrar a hipocrisia, a sordidez, o não-amor, o desapego... Poeta, às mentiras ventiladas como verdades incontestáveis, traz a tua lírica-espada e ceifa as incongruências dos que teimam em se omitir da luta silenciosa que exila da vida os sem-tudo... E que se faça a luz!... Meu voto e meu grande abraço... Antes que as distâncias nos consumam, uma leitura...

Pepê Mattos · Macapá, AP 1/12/2008 10:48
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
wiliam barros
 

Abro com teus dois últimos versos...
Ampliando perspectivas: Por que a tragédia?
Nossa intenção é ampliar a perspectiva de reflexão da tragédia de Santa Catarina, oferecendo aos leitores mais subsídios críticos, além dos meros enfoques das mídias, mais preocupadas em explorar o emocional, o sentimental e dor, e a reação nacional a isto com solidariedade, agora quase uma competição para vermos quem doa, auxilia com mais toneladas de mantimentos e outros produtos de primeira necessidades.
O estado flagelado é o 4º na economia brasileira. Seu porto é estratégico para o extremo sul (RS, PR, MS e até SP ou MG) na escoação de CARNES congeladas(aves, suínas e bovinas).
As maiores empresas de exploração deste mercado, como o suíno, tem sede lá.
Leiam com atenção a matéria abaixo, como exemplo, porém terá muitas outras fontes de informações e estatísitcas desta produção nacional.

http://www.aenoticias.pr.gov.br/modules/news/article.php?storyid=33728
O Paraná é o maior produtor de carne de frango do país, responsável por 19,6% da produção nacional, que foi de 161,014 milhões de unidades, segundo dados da pesquisa Produção da Pecuária Municipal 2006, divulgada nesta terça-feira (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
O Brasil é o terceiro produtor mundial de carne de frango, atrás apenas dos Estados Unidos e da China. Em 2006, existiam no país 821,5 milhões de unidades de frango, o que representou um aumento de 1,1% em relação a 2005. A região Sul é a maior produtora, com 49,9%, seguida pelo Sudeste, com 27,9%.
Segundo o técnico, o fato de o Paraná ser grande produtor de grãos, como milho e soja, também beneficia a produção de frango, pois eles são insumos. “Quando há comida perto, fica mais barato. A alimentação é o maior peso no custo-produção”, explicou ao comparar a região Sul com o Nordeste, onde a produção de frangos é baixa justamente pela falta de insumos.
“Esses fatores contribuem para o aumento da produção e dão competitividade ao Estado”, que é o segundo maior exportador de frangos, atrás de Santa Catarina”, contou Andrade. Segundo ele, em 2006, o Paraná exportou 27,69% e Santa Catarina 27,94%. “Estamos muito próximo deles e a tendência é chegar ao primeiro lugar. Em termos de abate, por exemplo, em 2006, fizemos 23% do total nacional, e Santa Catarina, 16%” contou.
O Sul apresentou o segundo maior crescimento no rebanho (1,7%), com maior aumento de efetivo no Paraná (5,9%). O Sudeste, com 2,4%, obteve o maior crescimento do país, sendo que a maior taxa (4,6%) foi registrada em São Paulo.
PRODUTOS – Todos os produtos de origem animal pesquisados pelo IBGE registraram aumento em 2006.
Em termos nacionais, a produção de leite de vaca atingiu o volume de 25,4 bilhões de litros em 2006, 3,2% superior a 2005. Foram ordenhadas 20,9 milhões de vacas, o que aponta para um aumento de produtividade por vaca/ano de 1.193 litros (2005) para 1.213 litros (2006). A produção brasileira ocupa a sexta posição mundial, atrás dos EUA, Índia, China, Rússia e Alemanha.
Após este aperitivo indagamos:
1-Quais as contribuições destas empresas agropecuárias (e seus respectivos governos municipais, estaduais e federais, além dos agentes públicos fiscalizadores...) com suas crescentes quebras de recordes de exploração, produção, exportação e seus impactos ambientais tanto no solo, na atmosfera e nas bacias hidrográficas e mananciais?
2-Há realmente,de fato, relação entre os efeitos das chuvas, da drenagem do solo, da topografia e hidrografia da região com as atividades econômicas agropecuária e industrial da região nas últimas duas décadas? Ou o fenômeno têm variáveis globais e não apenas locais, regionais, isto, também outros efeitos semelhantes porém cumulativos?
3-Quando a lama secar, a normalidade retornar, os culpados serão efetivamente investigados,intimados a depor, provar que não tiveram nenhuma relação com a tragédia? Ou só a natureza, as chuvas serão os únicos culpados? Teremos como população brasileira, que ficar pagando a conta, o débito e prejuízos da exploração globalizada e seus efeitos, desviando o foco o centro real do problema, como a mídia e governos fazem, até quando?
Leitor, sugiro assistirem aos arquivos de vídeo, mas cuidado!! Sua perspectiva não será a mesma, como na cena das pílulas de |Matrix... “A carne é fraca”, de 2004 (é...háa 4 anos atrás já denunciou isto!! http://video.google.com/videoplay?docid=845406110683094593&hl=pt-BR
ONG Nina Rosa, de S.Paulo, principalmente os argumentos do jornalista Washington Novaes, Dagomir Marquezi e Flávia Lippi, contextualizando isto há cerca de 4 anos....Pois, até você pode ser responsável pela tragédia, se indiretamente for/foi um consumidor fiel deste mercado acima. Sempre quem pagará a conta é você cidadão consumidor...
Referências: www.institutoninarosa.org.br/, http://www.macondolugar.com.br/noticias.php?acao=ver&id=62
Ver:http://video.google.com/videoplay?docid=-6718434770864499282
http://www.youtube.com/watc

wiliam barros · São Paulo, SP 3/12/2008 16:58
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados