Machadiana (poema anthigo)

1
Fábio Fernandes · São Paulo, SP
28/11/2006 · 81 · 17
 


Após a prosa
Atrás da porta
Inês é morta

A toque de caixa
A golpe de foice
A talho de faca

Rasgando o tecido
Ferindo a pele
Fendendo a carne

Até que não sobre
Retalho de coisa
Resquício de nada.

compartilhe



informações

Autoria
Fábio Fernandes
Ficha técnica
poema antigo, escrito na década de 1990.
Downloads
361 downloads

comentários feed

+ comentar
Marcos André Carvalho Lins
 

excelente!!!muito bom mesmo!!!
abs.

Marcos André Carvalho Lins · Recife, PE 26/11/2006 20:40
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
MANOEL ELIELSON
 

Sinceramente gostei... Se tu é nordestino não sei mas a essência das tuas palavras é. Forte, direta, objetiva e com mensagem...
Valeu cabra de pêa...

Elielson

MANOEL ELIELSON · Nossa Senhora do Socorro, SE 26/11/2006 20:41
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Fábio Fernandes
 

Valeu, Marcos!

Fábio Fernandes · São Paulo, SP 26/11/2006 20:44
sua opinião: subir
Fábio Fernandes
 

Sou nordestino não, Manoel, sou carioca mesmo - mas tenho um tremendo orgulho (e uma certa inveja) dos meus irmãos do Nordeste!

Fábio Fernandes · São Paulo, SP 26/11/2006 20:45
sua opinião: subir
Rangel Castilho
 

Realmente, me surpreendo com a variedade de estilos que voce usa...
Isso é muito interessante!!
Parabéns, Fábio!

Rangel Castilho · Anastácio, MS 27/11/2006 17:24
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Fábio Fernandes
 

Obrigado mais uma vez, Rangel.
Assim você me envaidece.
Eu faço o que posso - às vezes tento o que não posso também, mas é como dizia Raul Seixas: eu sou um fraco abusado...

Fábio Fernandes · São Paulo, SP 28/11/2006 10:35
sua opinião: subir
Sebastião Firmiano
 

É duro, ter que repetir sempre que gostei.

Sebastião Firmiano · São Paulo, SP 28/11/2006 13:53
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Fábio Fernandes
 

Eu me identifico com você, Sebastião.
É duro ter de agradecer sempre e dizer que não sou tão bom assim.
;-)

Fábio Fernandes · São Paulo, SP 28/11/2006 15:14
sua opinião: subir
Ana Cullen
 

Tou meio paralisada... fiquei uns 10 minutos aqui pensadno no que escrever, não sei se falo que me identifiquei e que esse sentimento me preenche às vezes, ou se falo da marcação do poema, que tá parecendo uma marcha e passa bem a sensação de surto, destruir até não sobrar nada, compulsivamente...
Surpresa com esses seus poemas, viu Fábio?
Abraços!

Ana Cullen · Brasília, DF 29/11/2006 14:39
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
cris gonzalez
 

Bravo, Fábio! Tem ritmo, a gente recita mentalmente e se pega "sendo" caixa, foice e faca. Sonetão!!!

cris gonzalez · Rio de Janeiro, RJ 29/11/2006 14:58
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Fábio Fernandes
 

Putz, Ana, assim você me encabula. Obrigado pelas palavras tão fortes. Li este seu comentário pouco depois que você postou mas só consegui sair da minha paralisia pra te responder agora. Valeu mesmo.

Fábio Fernandes · São Paulo, SP 29/11/2006 17:26
sua opinião: subir
Fábio Fernandes
 

É isso, Cris:
nós somos as coisas
e elas nos são.

Fábio Fernandes · São Paulo, SP 29/11/2006 17:27
sua opinião: subir
Claudiocareca
 

Perfeito. Soa como uma luta de espadas, uma capoeira danada, um maculelê...
parabéns, as palavras ainda ecoam na cabeça.

Claudiocareca · Cuiabá, MT 29/11/2006 17:52
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Daniela Medina
 

Vi poesia! E isto basta.

Daniela Medina · Crato, CE 30/11/2006 17:43
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Fábio Fernandes
 

Claudio, as imagens de luta que você evocou para mim são totalmente inesperadas. Que coisa interessante é a interpretação!
Obrigado!

Fábio Fernandes · São Paulo, SP 2/12/2006 19:44
sua opinião: subir
Fábio Fernandes
 

Eu li
um elo
gio:
cáspita!

grazie mille, Daniela!

Fábio Fernandes · São Paulo, SP 2/12/2006 19:45
sua opinião: subir
carol de trancinhas
 

Nossa!!!! Bárbaro....adorei.

carol de trancinhas · Brasília, DF 12/7/2007 18:49
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 19 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados