MÃE

Arquivo Pessoal
1
Liliane Pelegrini · Belo Horizonte, MG
13/5/2008 · 47 · 3
 

De onde vim é a resposta para onde estou, para onde vou. Não tem como escapar. E você, mãe, é de onde eu vim. A origem de tudo e a resposta para tudo. Você vai estar sempre dentro de mim e, confesso, houve um tempo em que isso era uma espécie de problema. Claro: eu precisava descobrir quem em sou e tudo que eu enxergava e ouvia e imaginava e me cobrava me levava crer que eu deveria ser você. A mesma força, a mesma honestidade, a mesma garra, o mesmo caminho bem trilhado. Era difícil ser você, eu achava. E aí o conflito. Até que eu descobri que eu não precisava ser você. Eu podia ter a minha cabeça, a minha individualidade, a minha sentença. E, mesmo com tudo diferente, havia desde sempre aquilo aqui dentro que eu não sei o que é que é justamente o que você tem aí dentro de você. Um gene, será? Não é mais um conflito; virou um orgulho ser a Laurinha, mesmo sem, ah, esses olhos verdes escandalosos com os quais você vem tomando conta de mim desde sempre. É um orgulho porque tudo que eu queria era ter em mim era isso que você tem em você. E eu tenho. E, olha só, foi você que me deu essa coisa. Me diz, então, que presente eu poderia te dar hoje pra retribuir esse ímpar que você me deu, me dá, me dará?

compartilhe



informações

Downloads
595 downloads

comentários feed

+ comentar
Aepan
 

Linda foto e texto.
Airton
Estrela-RS

Aepan · Estrela, RS 14/5/2008 19:03
sua opinião: subir
ayruman
 

Mãe. Votado...
Aquele que não tem nada de bom, nada de virtuoso no coração, é incapaz de ensinar aos seus semelhantes a bondade e a virtude, porque é contrário à natureza das coisas... Condição básica para o educador nato. (Confúcio)
jbconrado, www.ayruman.com.br

ayruman · Cuiabá, MT 14/5/2008 23:15
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
peninha
 

...e como é dificil ser a gente, existir sozinho. A sombra de meu pai existe em mim. Ele já se foi e hoje eu me vejo em meus filhos, com 22 e 24 anos, procurando "ser". E me pego em atuando em papeis que me fizeram ter amor e ódio ao mesmo tempo por meu pai. E me policio. Tento. Fico pensando, as vezes, como meu pai faria nesta ou naquela situação e acabo tentando do meu modo. O importante é que hoje ele encontra-se completamente absolvido de tudo que um dia pensei que estivesse fazendo " contra mim". Só hoje entendo. E peço que meus filhos, um dia me absolvam também...

peninha · Butão , WW 15/5/2008 08:20
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados