Maré

1
Raiblue · Salvador, BA
13/1/2011 · 1 · 3
 

O feeling do mar nos olhos
O sal dos corpos-navegantes
[procissão dos nossos recomeços]

O sol ainda escondido
Na última noite
Que paralisou o relógio
[a parede cedeu à arrebentação de azuis vertiginosos]

O tempo contado
Pelos múltiplos orgasmos
De barcos náufragos
[penínsulas emergindo dos lençóis de sal]

Cortejo de línguas
perfumando o silêncio da pele
E o arrepio é um gemido
nativo da carne!

Como sair desse quarto [crescente]
Se tudo lá fora é frio que fere?
E eu faro em febre
Só quero que teu cheiro
Meu sexo queime...

Em néon a lua acende o infinito
Sem margem em teu corpo vazo e encho...


(RaiBlue)

Sobre a obra

...há coisas que nunca dormem...e de repente emergem, fazendo marulho e provocando ondas...

compartilhe



informações

Autoria
RaiBlue
Ficha técnica
Poema: Maré
Downloads
241 downloads

comentários feed

+ comentar
CHARLES   SCHUAB
 

SEM MARGEM.....

CHARLES SCHUAB · Linhares, ES 22/2/2011 19:09
sua opinião: subir
Pedro Rivero
 

Em neon a lua acende o infinito ...

Pedro Rivero · Bélgica , WW 27/4/2011 14:09
sua opinião: subir
Dom Will
 

Como um fotógrafo, mas ao invés de câmera, poema!

Dom Will · Florianópolis, SC 18/6/2011 16:44
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados