MATA VIRGEM

NET
1
Doroni Hilgenberg · Manaus, AM
5/9/2008 · 254 · 52
 

MATA VIRGEM


Ouça por entre os vastos arvoredos
No silêncio da mata verdejante
Uma brisa tão suave entre os galhos
E o mais belo cantar da passarada.

Ouça a magia da mata virgem
Ao entardecer ou mesmo à noitezinha
Os gênios se encarregam de uma festa
E os pirilampos são estrelas ambulantes.

Ouça.. já ouviste esta bela melodia
Entre os galhos das palmeiras e dos pinheiros
Ouça, como fazem uma orquestra em sintonia
Com os gênios e os duendes da floresta.

Ouça, este rugido tão distante
Vibrando na solidão da mata virgem
Será leão, será um tigre ou elefante?
Será um gênio que se passa por gigante?!

Ouça o eterno rio que murmurante
Segue seu caminho entre curvas e depressões
Despejando imensas águas cristalinas
Na cascata como mágicas canções.

Sobre a obra

MATA VIRGEM- in Estrelas no Meu Caminho– Medalha de Ouro – Revista Brasília de Comunicação- Menção honrosa- Instituto da Poesia Internacional e outras Menções Especiais.

compartilhe



informações

Autoria
DORONI HILGENBERG
Ficha técnica
POESIA MODERNA
Downloads
331 downloads

comentários feed

+ comentar
Gustavo Adonias
 

Doroni,

Belíssimo cântico à natureza. A orquestra afinada dos pássaros, o luzir animado dos pirilampos, os seres da floresta em festa, comemorando o lindo renascer diário. A floresta como um gigante que desperta, os rios são as veias e artérias do seu enorme coração. Ele também vem para a festa, apesar do ser humano tentar acabar com tudo...

Parabéns ! Vo(l)tarei.

Bjs poéticos

Gustavo Adonias · Salvador, BA 3/9/2008 10:06
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Doroni,
Meus parabéns pelo poema verdejante e inspirador...Muito alegre e deu uma brisa no ar...pirilampos como estrelas ambulantes, lírico.
beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 3/9/2008 10:53
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

Doroni,
No silêncio da mata, gênios se encarregam de uma festa. É água. É verde. É duende e pirililampo. É seu coração , Doroni, cantando na mata.
É solene e lindo este poema, querida!
Um beijo
CD

Compulsão Diária · São Paulo, SP 3/9/2008 11:08
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Lindo poema, quase uma oração à mata virgem!
Como é belo o som que vem das matas...
beijos

Branca Pires · Aracaju, SE 3/9/2008 13:27
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Angélica T. Almstadter
 

Nada mais belo que ouvir a natureza! Uma beleza Doroni, mesmo! Beijos

Angélica T. Almstadter · Campinas, SP 3/9/2008 14:19
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Carlos Mota
 

estou como a ouvir
os sons da mata
virgem! que bonito!
Doroni! Doroni!
beijo,

Carlos Mota · Goiânia, GO 3/9/2008 17:31
sua opinião: subir
nina araújo
 

Lindo de se ouvir essas paragens brasileiras recheadas de sons e cores mil! Parabéns! Beijos, Nina.

nina araújo · Rio de Janeiro, RJ 3/9/2008 17:44
sua opinião: subir
Sônia Brandão
 

Doroni, belo o seu canto à exuberância da mata.
bjs

Sônia Brandão · Bauru, SP 4/9/2008 01:23
sua opinião: subir
EdimoGinot
 

Solene, como disseram, o seu poema
Mas
cada dia menos mata,
cada dia menos virgem

um abraço

EdimoGinot · Curitiba, PR 4/9/2008 09:45
sua opinião: subir
Iva Tai
 

A Mata Virgem que nos inspira...linda poesia...parabéns!!

Iva Tai · Manaus, AM 4/9/2008 12:10
sua opinião: subir
clara longhi
 

Belo poema mesmo, e um tema altamente elogiável. Muito bom. Parabéns, bj

clara longhi · Campo Grande, MS 4/9/2008 20:50
sua opinião: subir
Pedro Rivero
 

Ouvi os sons da mata, e de teu amor por ela. Os sons dos espíritos da floresta, imensa e bela. Este teu poema é tão lindo e inspirador.
Querida Doroni, que bela sintonia!
Beijos poéticos, adorei.

Pedro Rivero · Bélgica , WW 5/9/2008 06:52
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Amigos, Bom dia!
Agradeço a todos o carinho, a presença que juntamente com os comentarios gratificantes, me deixaram extremamente feliz!

bjss a todos e minha amizade, sempre!

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 5/9/2008 10:14
sua opinião: subir
EdimoGinot
 

EdimoGinot · Curitiba, PR 5/9/2008 10:29
sua opinião: subir
zilka jacques
 

Lindo! quase uma prece. Parabens!
Beijos

zilka jacques · Porto Alegre, RS 5/9/2008 10:30
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ailuj
 

Querida,mais um maravilhoso texto seu
Um beijo grande

Ailuj · Niterói, RJ 5/9/2008 11:39
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Cristiano Melo · Brasília, DF 5/9/2008 11:51
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
delen
 

Ao ler seu texto , imaginei estar nessa mata , suave canto , parabéns, deixo aqui meu voto e admiração. Bjs...

delen · Cotia, SP 5/9/2008 11:57
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Poeta Devany
 

Quem tiver ouvidos para ouvir, ouça. Vale a pena.
Parabéns pela sensibilidade, Doroni.

Poeta Devany · São Paulo, SP 5/9/2008 12:00
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Doroni,

Vo(l)tando !

Bjs poéticos

Gustavo Adonias · Salvador, BA 5/9/2008 12:02
sua opinião: subir
clara arruda
 

Um lindo cãntico minha amiga.
Deixo aqui meu voto e carinho.

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 5/9/2008 12:03
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
raphaelreys
 

U

raphaelreys · Montes Claros, MG 5/9/2008 13:33
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

volatando e votando.
bjs

Branca Pires · Aracaju, SE 5/9/2008 13:59
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Sigrid Spolzino
 

Conseguiste ouvir além, essas verdes matas amazônicas...
Fizeste jus ao Méritos e medalha!
Baci

Sigrid Spolzino · Brasília, DF 5/9/2008 16:20
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
nina araújo
 

Ouço o eterno rio...beijosssssssssss

nina araújo · Rio de Janeiro, RJ 5/9/2008 17:37
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Wellington Coelho
 

Doroni,
Que mágico!!!!!!!!!!!!
Parabéns

Wellington Coelho · Belo Horizonte, MG 5/9/2008 19:55
sua opinião: subir
Agenor
 

Doroni,
Belíssima exaltação à natureza,
A vida agitada das cidades tornou-nos surdos às mágicas canções dos ventos; das cascatas; das matas; da chuva que cai...
Precisamos urgentemente resgatar a nossa sensibilidade a todas estas poesias da natureza.
beijos..

Agenor · Aquidauana, MS 5/9/2008 22:07
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
azuirfilho
 


Doroni Hilgenberg · Manaus (AM)
MATA VIRGEM

Maior orgulho para todos nós, valorizacáo para o Overmundo e vocé viva em nossos coracóes.

...Ouça o eterno rio que murmurante
Segue seu caminho entre curvas e depressões
Despejando imensas águas cristalinas
Na cascata como mágicas canções...

Parabéns Abracáo Amigo.

azuirfilho · Campinas, SP 5/9/2008 22:22
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
MonyBlu
 

QUE LINDO!!!!

votado e copiado no meu computador para ler e reler sempre!

MonyBlu · São Paulo, SP 5/9/2008 22:44
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Vinícius Motta
 

Doroni,

Pelo menos na poesia a Amazônia pode revelar toda a sua magnitude, até como forma de alertar os homens do que estamos prestes a perder por falta de cuidado e visão de futuro.
Muito bom seu poema. Com a sensibilidade que só alguém que tem a floresta tão perto poderia ter.
Parabéns!
Votado, com toda certeza.

Vinícius Motta · Rio de Janeiro, RJ 6/9/2008 01:00
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Sônia Brandão
 

Sônia Brandão · Bauru, SP 6/9/2008 02:31
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Falcão S.R
 

Doroni,

Como é bom assistir o despertar de um novo dia, lendo tão linda poesia.

Beijos

Falcão S.R · Rio de Janeiro, RJ 6/9/2008 05:21
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Circus do Suannes
 

Vai meu aplauso engrossando os merecidos já recebidos.

Circus do Suannes · São Paulo, SP 6/9/2008 11:18
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Sérgio Franck
 

Eu queria estar neste lugar. Respirar nele como se os pulmões fossem balões esfominhados do mais puro ar...

Sérgio Franck · Belo Horizonte, MG 6/9/2008 11:42
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
phe
 

Lindo!

Ouça o eterno rio que murmurante
Segue seu caminho entre curvas e depressões
Despejando imensas águas cristalinas
Na cascata como mágicas canções.


Escutar a natureza... faz tempo...
Belíssimo poema!
bj

phe · São Gonçalo, RJ 6/9/2008 14:37
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
victorvapf
 

Quase da pra escutar o canto dos passaros, parabens pela bela poesia. bjs

victorvapf · Belo Horizonte, MG 6/9/2008 16:44
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Lindo poema. Linda imagem. Competência poética.
Parabéns, Doroni.
Bj

Juscelino Mendes · Campinas, SP 6/9/2008 18:36
sua opinião: subir
lita
 

Doroni
Ouça.......
Leio, fecho os olhos e.........a sinfonia vem até a mim.
"Ouça, como fazem uma orquestra em sintonia
Com os gênios e os duendes da floresta."

"Ouça o eterno rio que murmurante
Segue seu caminho entre curvas e depressões
Despejando imensas águas cristalinas
Na cascata como mágicas canções."

Lindo poema

Amiga, li e reli pensando no IC....sem palavras.
Bjsssssssssssss parabéns

lita · Niterói, RJ 6/9/2008 20:21
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Lita querida
você viu o que é ter o dom?
bjsss e grata pela leitura e carinho

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 6/9/2008 20:36
sua opinião: subir
Omar Costa de Umbro
 

Lindo lindo.. a ponto de ser medalha de ouro.. e Menção honrosa ... que mais falar? .. Parabens pela inspiração.

Omar Costa de Umbro · São Paulo, SP 6/9/2008 20:44
sua opinião: subir
Alice Poltronieri
 

Oi Doroni...
Muito lindo seu canto ao verde das matas e ao colorido e encantado da natureza.
Parabéns!
Um abraço.

Alice Poltronieri · Porto Velho, RO 6/9/2008 22:17
sua opinião: subir
walnizia santos
 

Doroni, o texto é muito rico
e belo e nos traz imagens
gratificantes. A sensação
de estarmos dentro dela.
Parabéns.

walnizia santos · Brasília, DF 7/9/2008 09:21
sua opinião: subir
Marcos Pontes
 

Não é um poema amazônida, mas deixa o cheiro e os sons do bucolismo das matas. Cheirinho bom e sons suaves.

Marcos Pontes · Eunápolis, BA 7/9/2008 12:08
sua opinião: subir
Pedro Monteiro
 

Passo as pressas por aqui,
Não sem antes deixar-te meu apreço,
E por isso mesmo te ofereço,
Um sorriso cheio de pecado,
Um pensamento às vezes, no profano,
Mas também, no divino e no sagrado...
Beijos

Pedro Monteiro · São Paulo, SP 7/9/2008 12:35
sua opinião: subir
tarokid
 

Eu fico imaginando um filme onde um bando de salteadores invade a nossa floresta com seus arcabuzes, facões e, em cada mente, o louco desejo pelo ouro, pelo sangue, pela conquista... Subitamente, do alto de uma colina, um velho pajé começa a recitar algumas palavras, quase que balbuceando-as. Inesperadamente um uirapuru começa a cantar para que a mata se cale. De repente, um trovão tupã corre toda a mata assustando os bandidos. Nesse exato momento, a floresta e a natureza unem suas forças para expulsá-los enviando seus filhos: o caapora, o curupira, o boi ta-ta, o saci, o mapinguari, a M'boi...O inferno verde a se vingar.
Após os covardes terem fugido o velho pajé começa a espalhar pequenos pedaços de palavras contra o vento. Esses pedaços que serão unidos novamente, se transformarão no seu belo poema Doroni. Parabéns! natureza te ama.

tarokid · Machado, MG 7/9/2008 17:41
sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

Compulsão Diária · São Paulo, SP 7/9/2008 21:21
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Beleza Kid,
Acho que todos esses entes da floresta e o que resta dos pajés, já estão se unindo mesmo, para salvar o que resta de nossas florestas.
Isto não é ficção e nem salteadores. Consta que, um tanto de floresta de Roraima, já foram vendidas para estrangeiros.
não sei o quanto é verdade, mas onde há fumaça há fogo.
Obrigada pela parte que me cabe.
bjssssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 7/9/2008 22:03
sua opinião: subir
Karla Gohr
 

Doroni, consigo ver e ouvir perfeitamente o que descreveu... Impressionante. Votado com louvor! Beijo.

Karla Gohr · Curitiba, PR 7/9/2008 23:19
sua opinião: subir
Fatima Paraguassu/Santa Cruz de Goiás
 

Pena que a natureza agora chora sua degradação. No poema ela canta, na vida real é lamento.

Fatima Paraguassu/Santa Cruz de Goiás · Santa Cruz de Goiás, GO 8/9/2008 09:46
sua opinião: subir
O poeta oculto
 

Nossa esse texto ficou muito bom!!!
o titulo me lembrou "Raul Seixas" que tem uma música com e mesmo titulo.
"Mata Virgem
Raul Seixas
Composição: Raul Seixas/ Tânia Menna Barreto

Você é um pé de planta
Que só dá no interior
No interior da mata
Coração do meu amor
Você é roubar manga
Com os moleques no quintal
É manga rosa, espada
Guardiã no matagal
Qual flor de uma estação
Botão fechado eu sou
Se amadurecendo
Pra se abrir pro meu amor
Qual flor de uma estação
Botão fechado eu sou
Se amadurecendo
Pra se abrir pro meu amor
Úmida de orvalho
Que o sol não enxugou
Você é mata virgem
Pela qual ninguém passou
É capinzal noturno
Escuro e denso protetor
De um lago leve e morno
Teu oásis seu amor
Qual flor de uma estação
Botão fechado eu sou
Se amadurecendo
Pra se abrir pro meu amor
qual flor de uma estação
Botão fechado eu sou
Se amadurecendo
Pra se abrir pro meu amor
Úmida de orvalho
Que o sol não enxugou
Você é mata virgem
Pela qual ninguém passou
É capinzal noturno
Escuro e denso protetor
De um lago leve e morno
Teu oásis seu amor.
"

O poeta oculto · Teresina, PI 8/9/2008 15:13
sua opinião: subir
roquemedeiros
 

Já sou teu fã Doroni Hilgenberg.
Que bom que você gostou de minha cidade,
aproveite e olhe esta ALBUM
http://picasaweb.google.com.br/fotosdenazare/Monumentos#

roquemedeiros · Nazaré, BA 8/9/2008 19:44
sua opinião: subir
Saavedra Valentim
 

Querida amiga
Sou um grande fã seu. Você, além da competência, da inspiração ímpar, você tem muita consideração e demonstração de amizade, que pouco se vê hoje em dia.
Essa homenagem à natureza exuberante da amazônia. Muito lirismo, versos lindos e esse poder de ouvir todos esses sons, que são emitidos pela floresta, inclusive essa magia dos gênios e duendes em uma orquestra imagináriaé de uma beleza incomparável.
Obra maravilhosa. Parabens!
Beijos

Saavedra Valentim · Vitória, ES 8/9/2008 21:46
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados