Metamorfose

http://farm4.static.flickr.com/3230/2785073229_c2911313cf.jpg
1
Juscelino Mendes · Campinas, SP
5/12/2008 · 183 · 50
 

Esgar de ordem definitiva.
Queda para a escuridão de
lago sem lua e sem estrelas.
Água infamante salobra,
de amargor eterno.
Para o caminhar no brilho de estrela fugaz da manhã¹,
que caíra com a chave em suas mãos
manchadas de sangue
no poço do abismo.
Absinto.

Cedro disforme:
ramos secos,
ramagem rala,
sem aves nem sombras.

Descoberta.

Transformação kafkiana² :
desconfiança, desonra, medo, inveja,
suor de lágrimas de não-ser.

Monstruosidade rastejante
no alimento do dia seguinte,
deixado que fora no deserto.

Ser ou não ser – Hamlet?³

Animal que se comove com a
Metamorfose da criação e
Se depara com a clausura da vida.

As folhas caem no jardim de Deus.

Necessário o fiat lux 4 .
Conserto para um Concerto?
Concerto para um Conserto...
Sinfonia 42 de Mozart?! 5

Cordeiro imaculado.
Imolado.
Triunfante.
Resplandecente
Estrela da manhã 6.
Lume da razão.
Definitiva neve na alma.
Para o caminhar em ruas de ouro,
em meio aos cantos celestiais.
Para sempre.

Alfa e Ômega.

_________________________________________
Notas:

1.Alusão a Satanás, inimigo de Deus e dos seres humanos (Isaías 14:12,13).
2.Alusão ao romance de Franz Kafka, “Metamorfose”.
3.Alusão à famosa frase do personagem de Shakespeare.
4.Faça-se luz, ou haja luz.
5.Sinfonia N.42 em fá maior K.75
6.Alusão a Jesus Cristo, o cordeiro de Deus (Apocalipse 22:16).

Sobre a obra

A partir da Metamorfose de Kafka, o poema tenta revelar a situação do ser humano, demasiadamente humano, ainda que no caminho inverso ao delineado por Nietzsche. Seríamos todos Gregor Samsa? Nabokov, magistralmente, descreveu-nos a propósito de "Metamorfose". A Bíblia, perfeitamente.

compartilhe



informações

Autoria
Juscelino V. Mendes
Ficha técnica
Publicado no livro "Balé do Espírito", pela Editora Komedi, Campinas: 1999
Downloads
348 downloads

comentários feed

+ comentar
O NOVO POETA.(W.Marques).
 

Animal que se comove com a
Metamorfose da criação e
Se depara com a clausura da vida.



querido amigo gostei de tu que li, parabéns mais um vez.
você é ótimo.

O NOVO POETA.(W.Marques). · Franca, SP 3/12/2008 18:12
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Juscelino,

Bela obra que leva-nos à reflexão. Trazemos em nós o gérmen da metamorfose, temos anjos e monstros em nosso interior. Somos ave no céu, mas também inseto rastejante. Somos e não somos. Somos um nada diante das grandezas universais, e ao mesmo tempo, estamos sempre querendo convencer-nos que somos seres iluminados. Estamos a todo momento tentando fugir do nosso próprio abismo, buscando a nossa estrela brilhante...

Parabéns !

Um abraço

Gustavo Adonias · Salvador, BA 3/12/2008 19:17
sua opinião: subir
Marcos Pontes
 

Teus poemas são sempre instigantes a novas leituras e ouviduras, instigam e intrigam, fazem refletir concordando-se ou não. São aulas.

Marcos Pontes · Eunápolis, BA 3/12/2008 22:10
sua opinião: subir
JACINTA MORAIS
 

JUSCELINO,
Demasiadamente profundo!
Somos astros e trevas...
Ternuras e violências!
Retas e curvas,
Lucidez e loucura,
Separados por uma linha,
De um poema em desalinho...
Tudo indefinível;
Onde termina o céu,
E começa o inferno?!
"Ramos secos,
na ramagem rala
sem aves,nem sombras"
Terrenos rudes,
açoite dos ventos
Sem flores,nem perfumes...
Quem souber,levar aos lábios
as palavras do PAI,
tocará com sua alma;
A ANFÔRA DOS LICORES,
SAGRADOS...
Profê (com direitos de filosofar)
Nas aulas siderais...
Parabéns!
Abraços.

JACINTA MORAIS · Cascavel, PR 4/12/2008 03:42
sua opinião: subir
raphaelreys
 

Um passeio quase metafísico meu caro poeta!

raphaelreys · Montes Claros, MG 4/12/2008 07:59
sua opinião: subir
Orisvaldo Tanniy
 

Juscelino,
Adorei o que lí.Uma reflexão belíssima.Parabéns!Abraços...

Orisvaldo Tanniy · Teresina, PI 4/12/2008 09:45
sua opinião: subir
Raiblue
 

Grande Jusc...lindo!

Como bem disse Raphinha, um passeio metafísico!
Somos todos seres metamorfósicos...de pássaros à insetos ou de insetos à passaros, evoluindo,involuindo,procurando a luz,se jogando no abismo,bendito e maldito,homem e menino,fim e príncipio,inferno e paraíso!
Longos processos a ser estudados,julgados,condenados ou absolvidos...Uma rede trançada pelos fios do destino,que nós, muitas vezes, não compreendemos...
Maravilhoso, poema,uma reflexão profunda e necessária ao nosso processo evolutivo! Os links adicionados são muito bons,complementaram a reflexão!

Parabéns,meu lindo,J!!

Bluebeijocas..
Blue_Chips...

Raiblue · Salvador, BA 4/12/2008 16:27
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Marques, você sempre gentil. Gustavo, analisou profunda e eficazmente. Marcos, meu objetivo é sempre este mesmo: promover a reflexão em cada um. Ja, bela reflexão filosófica. Rafhael, o caminho que sugere a busca fundamental é mesmo metafísica. Orisvaldo, fico feliz que tenha atingido o seu coração. Blue-Chips, fios muitas vezes não compreendidos, daí a necessidade de fé e esperança. Obrigado a todos pela delicadeza em ler os meus textos.
Abraços.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 4/12/2008 20:01
sua opinião: subir
Marcos Pontes
 

Marcos Pontes · Eunápolis, BA 5/12/2008 16:27
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Juscelino,

Vo(l)tando !

Um abraço

Gustavo Adonias · Salvador, BA 5/12/2008 16:31
sua opinião: subir
Ivan Cezar
 

Juscelino:
Por coincidência estou na metade de METAMORFOSE , ( George Samsa sob o canapé )
O estilo de Kafka é algo sensacional !
Seu trabalho, como outros , de nível diferenciado
Parabéns

Ivan Cezar · São Sepé, RS 5/12/2008 19:21
sua opinião: subir
joe_brazuca
 

Perfeito, Poeta !
um abraço !

joe_brazuca · São Paulo, SP 5/12/2008 19:27
sua opinião: subir
JACINTA MORAIS
 

VOTADO.
Qrdo JUS_CELINO!
Abraços
BOM FINAL DE SEMANA,
Na paz do SALVAOR...

JACINTA MORAIS · Cascavel, PR 5/12/2008 19:43
sua opinião: subir
nina araújo
 

Juscelino, voce é um poeta muito inteligente, instruido, que fascina não apenas por isso mas, por nos convidar a viajar nos versos, de uma forma original, eu gosto muito! Belo mesmo! Parabéns!
Beijos daqui.

nina araújo · Rio de Janeiro, RJ 5/12/2008 19:51
sua opinião: subir
Raiblue
 

Um beijo,Jusc...lindo!

"Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo!!

Raiblue · Salvador, BA 5/12/2008 20:21
sua opinião: subir
Lola...
 

Juscelino...
Senti-me mexida nas entranhas, humana demais a carregar todos os conflitos em busca de respostas e mudanças. Seus versos são instigantes, certeiros.
Parabéns.
Beijo

Lola... · Curitiba, PR 5/12/2008 20:54
sua opinião: subir
Dú Karmona
 

Adorei o texto, reflexivo e os links ótimos complementos...
Muito bom!
votado.

bj na alma!!

Dú Karmona · São Paulo, SP 5/12/2008 23:08
sua opinião: subir
JACINTA MORAIS
 

JUS, (na paz do SALVADOR)
Essa coisa de,não ter conserto,
Depois de postado,é complicado!
Ainda bem q na vida,temos a oportunidade...
Abraços,nunca é de +!

JACINTA MORAIS · Cascavel, PR 5/12/2008 23:26
sua opinião: subir
graça grauna
 

Juscelino: demasiadamente pequenos somos todos nesse universo; somos uma mistutura de bicho e homem. Somos e não somos, como sugere também o Gustavo. Desse modo tentamos não perder de vista aquela estrela brilhante. Parabéns, poetamigo. Teu poema é um convite a revisitar Nietzsche, Kafka...e o maior dos pensadores: Cristo.
Bjos de luz, Grauninha

graça grauna · Recife, PE 5/12/2008 23:43
sua opinião: subir
azuirfilho
 

Juscelino Mendes · Campinas (SP)
Metamorfose
Tudo Fascinante.
O Tema, a Imágem e o texto forte e expressivo rege todo o conjunto.
Em tudo há uma Mudanca contíbua
Mudar é o sentido do Universo.
Uma infindável metamorfose.
Parabéns.
Abracáo Amigo

azuirfilho · Campinas, SP 6/12/2008 00:34
sua opinião: subir
Aglacy
 

Investigando o ser. Humano e não. Didaticamente.

Aglacy · Aracaju, SE 6/12/2008 00:42
sua opinião: subir
Claudia Almeida
 

Juscelino,

lago sem lua e sem estrelas


Consciente da divindade em tudo não deseja o reflexo e sim o real,
poema belíssimo!Bjs

Claudia Almeida · Niterói, RJ 6/12/2008 02:39
sua opinião: subir
Ivy Menon
 


morto em si mesmo.
escolhido para viver.

Ivy Menon · Maringá, PR 6/12/2008 09:07
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Marcos e Gustavo, obrigado pelo retorno e votos. Abraços.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 6/12/2008 09:41
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Ivan, gostaria muito de ler a sua metamorfose. Tudo que vem por inspiração kafquiana, é coisa boa. Obrigado por sua consideração. Grande abraço.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 6/12/2008 09:42
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Joe, grande poeta! Obrigado, véio.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 6/12/2008 09:43
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Ja,
é ruim postar e descobrir que se esqueceu uma letra etc., mas tudo bem. Obrigado pelo retorno e tenha uma semana de paz. Beijos.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 6/12/2008 09:45
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Nina,
você, que escreve muito bem, me torna mais responsável e cuidadoso ao dizer o que disse. Obrigado, caríssima, pela generosidade.
Bjs.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 6/12/2008 09:48
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Blue-Chips,
sabia que, quando eu compunha o poema, me lembrei do Raulzito? Nós, baianos, somos deliciosamente barrocos em tudo. Eu também concordo com a sentença expressa na bela música.
Beijos.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 6/12/2008 09:52
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Lola,
não sabe como me sinto satisfeito em saber que você teve esse sentimento! Como diz Aristóteles, o conhecer algo que mexe conosco se dá pelo espanto. Feliz mesmo por instigá-la com as coisas eternas.
Um beijo.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 6/12/2008 09:56
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Dú,
obrigado, querida! Que bom que gostou. Dividi os links de acordo com o poema em dois atos distintos para que se perceba a guerra de nossa vida e a paz com Deus. Parece que consegui.
Um beijo.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 6/12/2008 10:00
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Graça, a graúna, ou a Graúna, uma graça? Tanto faz.
Sim, uma dualidade, que muitas vezes nos complica e demonstra o quão pequenos somos, mas, ao mesmo tempo, somos a coroa da criação, quando estamos firmes naquele que foi muito além de um pensador, mas o Salvador da humanidade.
Obrigado.
Um beijo.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 6/12/2008 10:09
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Azuir,
obrigado por sua presença, palavras. Sim, mudar é a tônica. Não nascemos para a estagnação, mas para transformações que nos tornem pessoas melhores e construtivas.
Um grande abraço.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 6/12/2008 10:12
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Aglacy,
investigação que tem como propósito o pensar no próximo. Abraços.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 6/12/2008 10:14
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Cláudia,
sim, enfrentar a realidade é próprio de um ser racional. Obrigado por sua reflexão.
Um beijo.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 6/12/2008 10:16
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Ivy,
sim, a morte que liquida com a própria morte. "Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte, o teu aguilhão?" 1 Cor. 15:55.
Bjs.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 6/12/2008 10:22
sua opinião: subir
José Silveira
 

a eterna dúvida: criador ou criatura, ou os dois num só. perspicaz o poeta nos obriga a parar na encruzilhada e optar simplesmente, ou discernir sobre...

obrigado Juscelino, fraterno abraço.
Silveira

José Silveira · Niterói, RJ 6/12/2008 12:20
sua opinião: subir
Ailuj
 

Um beijo grande amigo

Ailuj · Niterói, RJ 6/12/2008 12:40
sua opinião: subir
Falcão S.R
 

Jucelino,

O que sou as vezes penso que sei, quanto ao que serei, só mesmo o Senhor sabe.

Abraços

Falcão S.R · Rio de Janeiro, RJ 7/12/2008 04:28
sua opinião: subir
brigitte
 

O questionamento de Hamlet é que tanto nos corroe: ser ou não-ser? O contraditório nos habita e sempre nos desafia. Metamorfoses são necessárias para a purificação do espírito.
Supremo!
Parabéns!

brigitte · Goiânia, GO 7/12/2008 19:39
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Silveira,
obrigado por sua mensagem. Abraço.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 7/12/2008 23:54
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Júlia, um beijo e obrigado.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 7/12/2008 23:54
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Falcão, meu caro, quao ao que será, a palavra revelada diz que temos de fazer escolhas, a parte do livre arbítrio. Obrigado e um abraço.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 7/12/2008 23:56
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Brigitte,
você, em poucas palavras, passeou de Shakespeare à Bíblia. Grande abraço.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 8/12/2008 11:07
sua opinião: subir
Rute Frare
 

Rute Frare · São Paulo, SP 10/12/2008 00:12
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Rute, obrigado pela passagem...

Juscelino Mendes · Campinas, SP 10/12/2008 15:40
sua opinião: subir
Turbilhão Psicodélico
 

Juscelino!, Agradeço-te por ter me mostrado A Metamorfose (lembra?). Se vc ñ tivesse falado, esse seria mais um poema não compreendido por mim. Li A Metamorfose, e estou começando a ler O Processo. Obrigado!

Nesse poema vc dissecou a alma humana. Demasiado humano é o teu poema. Bisturi intelectual. Mais uma aula! Gregor Samsa... sofreu.

Abração.

Turbilhão Psicodélico · Cuiabá, MT 7/1/2009 12:06
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Turbilhão,
você se deliciará com Kafka. É pura adrenalina a leitura dessa fera. Fico feliz por tê-lo apresentado a você, através de meu poeminha.
Abraço.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 7/1/2009 12:36
sua opinião: subir
GABRIEL BARROS
 

Juscelino,

A transformação transitória... A metamorfose .. O pictório díptero escolhido... é uma obra para ser mastigada lentamente ... em uma primeira leitura um desafio ... Na segunda leitura encontrei um momento ..a transformação nunca é completa???

GABRIEL BARROS · Rio de Janeiro, RJ 18/9/2009 15:03
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

Sim, Gabriel, um desafio sempre! Obra de primeira grandeza de Kafka. Com relação à sua pergunta, a transformação se faz completa apenas em Deus, através do único mediador entre Ele e os seres humanos: Jesus, o Cristo.
Abraços.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 19/9/2009 12:04
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 5 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados