Meu pai

1
Paulo Esdras · Brumado, BA
16/11/2007 · 209 · 30
 

Sentia um nó na garganta entalado
Que quase respirar não consigo
Era um nó salgado, apertado
Um nó de choro sentido

Sim, ele estava lá
Mas não estava comigo
Um pai ausente, nem sente
A falta de um abraço ferido

Não queria um herói imbatível
Que um pai ilustra para um filho
Não precisava de muito, o impossível
Só queria de meu pai um amigo

Sei que diz que um homem não chora
Nem mesmo sem a segurança do abrigo
Mas, mesmo já tendo perdido a hora
Saiba que eu não era homem, era um menino

Muitas vezes ignorava, outras criticava
Por achar que brincava esquisito
Não era estranha a forma que brincava
Era porque eu brincava sozinho

Sem pai, hoje não prendo mais os nós
Ponho pra fora o rancor sofrido
Sorrio porque os meus nunca estarão sós
Pois sei que eles estarão comigo

compartilhe



informações

Autoria
Paulo Esdras
Downloads
317 downloads

comentários feed

+ comentar
azuirfilho
 

Paulo Esdras Poeta Amigo.
Uma Construção admirável.
Passa uma emoção muito grande.
Passa também muito carinho.
Dá uma dor imensa um duro momento sozinho.
Sua Inspiração é forte e comove. Todos váo gostar.
Parabéns e abração

azuirfilho · Campinas, SP 14/11/2007 19:12
sua opinião: subir
carlos magno
 

Belo e triste este teu relato. Gostei muito porque eu sempre adorei meu pai que foi pra mim o melhor amigo do mundo. Meus sinceros aplausos e abraços amigo, Paulo.
Carlos Magno.

carlos magno · Rio de Janeiro, RJ 14/11/2007 19:27
sua opinião: subir
Marcos Paulo Carlito
 

Mexeu com meu sentimento...

Marcos Paulo Carlito · , MS 14/11/2007 19:56
sua opinião: subir
Lígia Saavedra
 

Paulo, solidária à vc, peço-te que leia De uma vida sem pai.
Vc saberá de meus sentimentos.
Um grande abraço

Lígia Saavedra · Ananindeua, PA 14/11/2007 20:13
sua opinião: subir
Lígia Saavedra
 

O link é:
http://www.overmundo.com.br/banco/de-uma-vida-sem-pai
Um abraço

Lígia Saavedra · Ananindeua, PA 14/11/2007 20:15
sua opinião: subir
anamineira
 

Belos versos, mas tristes.
Para dar uma aliviada, pensemos no PAI maior, nosso verdadeiro amigo.
Um abraço.

anamineira · Alvinópolis, MG 14/11/2007 21:04
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Tive o teu avesso por pouco tempo e me foi de grande valia, um pai querido.Mas o mesmo não ocoreu com meus filhos na infância, importante passagem, presente mas ausente...agora o resgate é bem mais penoso...tenho pena destes que não se doaram...Estou triste aqui...siga em frente, faça teu mundo diferente...Paulo...ah nem sei o que dizer a você, mas plante...abçs.

Cintia Thome · São Paulo, SP 14/11/2007 22:52
sua opinião: subir
Paulo Apolonio
 

Paulo, o que isso cara?
Se eu lhe disser que me deu vontade de chorar você acredita?
Cara, você não sabe mas tocou fundo no meu coração. Parece até que você escreveu esse poema para min.
Muito bom mesmo.
Abração. Vou voltar para votar e vou colocá-lo como meus favoritos.

Paulo Apolonio · Salvador, BA 15/11/2007 00:39
sua opinião: subir
Nydia Bonetti
 

Paulo,
eu tive o privilégio de ter um pai maravilhoso, e conviver com ele longos anos. Foi sempre como um lume a iluminar nossos caminhos, durante toda a vida. Transmitiu-nos valores que ficarão para sempre. Nunca restringiu nossos passos, nunca nos impediu de caminhar, apenas nos indicava a melhor direção, nos deixando sempre a decisão de trilhar ou não estes caminhos. Gastou a vida a nos guiar e proteger... Doação total, não só aos filhos, mas à vida
Me emocionou muito seu texto, pois eu não seria quem sou se não tivesse sido orientada e guiada por ele.
Sei que sou minoria. E admiro os que sobrevivem e se tornam dignos, apesar de não terem tido uma presença forte na infãncia e juventude, a lhes iluminar a caminhada. Por isso te admiro...
abrçs.

Nydia Bonetti · Piracaia, SP 15/11/2007 14:53
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
ILZE SOARES
 

Paulo,

Li teu poema e meu coração doeu. Perdi meu pai quando tinha 11 anos mas, o legado que ele me deixou sobre O AMOR e a HUMILDADE, foi grande. Sofreu muito... não teve sorte na vida e foi para DEUS muito cedo, com 49 anos. Lembro de momentos felizes com meu pai, principalmente quando eu estava deslanchando na leitura e ele me pedia para ler a BÍBLIA para ele. Sinto por aqueles que não tiveram a oportunidade de vivenciar pelo menos um pouco esse AMOR, o AMOR DE UM PAI. Mas, concluistes que: os teus não estarão sós... que bom, o importante é PERDOAR e AMAR. Essa é a vontade de DEUS, os homens são falhos, portanto, comecemos por nós... nos perdoando por termos permitido o rancor e o ódio, depois peçamos a DEUS pelo outro, por ter tido uma visão tão pequena sobre o AMOR.

Um beijo.

ILZE SOARES · Salvador, BA 15/11/2007 19:19
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Paulo, que lindo!
Muito comovente e emocionante ao mesmo tempo.
Escrevi algo para o meu pai, após um ano do seu falecimento.
Lá se vão oito anos. Mas até hoje sinto saudads...
Um dia talvez poste por aqui.
Parabéns pelo teu relato em poema.
Super abraço!

Branca Pires · Aracaju, SE 16/11/2007 02:31
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Paulo, poema de bom grado para mim, lúcido e translúcido. Continue, pois tem nas veias o que se chama carater e sentimenos nobres. Continue. Bjus.

Cintia Thome · São Paulo, SP 16/11/2007 19:07
sua opinião: subir
Carvalho de sé
 

Brother,
Muito vivo seus versos ...
Abraços!

Carvalho de sé · Rio de Janeiro, RJ 16/11/2007 19:14
sua opinião: subir
azuirfilho
 

Paulo Esdras Poeta Amigo
Dá uma dor imensa um duro momento sozinho.
Mas, temos sempre de lembrar que náo estamos sozinhos.
Também estamos de passagem.
Esta dor tem de ser junto com a cereteza da eternidade.
Votado poie é muito legal e esta em bom lugar.
Abração

azuirfilho · Campinas, SP 16/11/2007 19:15
sua opinião: subir
Carvalho de sé
 

http://www.overmundo.com.br/banco/o-marlin-e-a-rosa
Passa por lá!

Carvalho de sé · Rio de Janeiro, RJ 16/11/2007 19:15
sua opinião: subir
Marcos Paulo Carlito
 

Marcos Paulo Carlito · , MS 16/11/2007 19:29
sua opinião: subir
ILZE SOARES
 

Votado.
Bjos

ILZE SOARES · Salvador, BA 16/11/2007 19:32
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Lígia Saavedra
 

Votado, amigo

Lígia Saavedra · Ananindeua, PA 16/11/2007 20:20
sua opinião: subir
BETHA
 

Paulo,
a poesia, ainda que fale de sentimentos tristes, nos dá alegria pela forma como é feita. A tua tem simplicidade e harmonia. Linda!
Abçs de Betha.

BETHA · Carnaíba, PE 16/11/2007 21:19
sua opinião: subir
victorvapf
 

votei, belo texto!

victorvapf · Belo Horizonte, MG 16/11/2007 22:32
sua opinião: subir
Benny Franklin
 

Enigmático!
Votado.

Benny Franklin · Belém, PA 17/11/2007 00:16
sua opinião: subir
Branca Pires
 

Paulo, meus votos.
bjs

Branca Pires · Aracaju, SE 17/11/2007 00:27
sua opinião: subir
carlos magno
 

Olha o voto aí meu irmão.
Abraços.
Carlos Magno.

carlos magno · Rio de Janeiro, RJ 17/11/2007 00:58
sua opinião: subir
Joana Eleutério
 

Bem disse Rubem Alves: "A poesia nos salva." O importante é ser capaz de absorver e superar para que a vida flua. Bjs.

Joana Eleutério · Brasília, DF 17/11/2007 09:53
sua opinião: subir
Roberta Tum
 

Paulo....
o que dizer diante de tudo isso que vc sofre e a pena conta?
que vc sobreviva,
que um dia vc seja pai
que vc possa perdoar o que te faltou.
Um beijo no coração!

Roberta Tum · Palmas, TO 17/11/2007 11:09
sua opinião: subir
Felipe Henrique
 

Gostei muito meu amigo, enigmático.
votado!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!.../

Felipe Henrique · Mesquita, RJ 17/11/2007 15:15
sua opinião: subir
Lili_Beth*
 

Querido Paulo:

Senti um nó na garganta, pela força de tuas palavras.
VOTADÍSSIMO!

Beijos_Meus*
*

Lili_Beth* · Rio de Janeiro, RJ 19/11/2007 05:37
sua opinião: subir
Sérgio Filho
 

Pai sempre mexe com nossos sentimentos. Além disso, o texto, apesar do ar melancólico, não caiu na falha de parecer resignado, pelo contrário, a última estrofe mostra que, se não foi totalmente superado, já está num estágio muito avançado de cicatrização. Parabéns. Votado com prazer.

Sérgio Filho · Brasília, DF 19/11/2007 07:50
sua opinião: subir
Marcelo Bretton
 

PJ,
Que pungência delicada... Como se essa lacuna tivesse sido aberta lentamente e com a intensidade de dor esperada. Uma lâmina tecendo caminho por uma talha de manteiga, enquanto ao mesmo tempo em que lamentas, se vai degustando. Bravo! Que desse veio saiam mais pepitas de mesmo quilate. Um abs.

Marcelo Bretton · Espanha , WW 19/11/2007 09:13
sua opinião: subir
Kais Ismail
 

Paulo, só hoje tive oportunidade de ler... gostei muito!
Abraços

Kais Ismail · Porto Alegre, RS 19/11/2007 21:40
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 39 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados