MINGUANTE BLUE

1
Raiblue · Salvador, BA
9/6/2009 · 43 · 45
 


"Socorro... alguém me dê um coração"
!!
(Arnaldo Antunes)


Sob o par de tênis o mar [azuis]
All Blue Star boiando sobre as águas [via-cáustica]
Todas as pegadas apagadas [Alzheimer]
O destino à deriva não conduz [dispersa e passa]

A vida virada pelo avesso [eu avessa ao nexo]
Ressacas que me lançam em rochedos [olhos secos]
Pontiagudos medos perfurando as asas [paralisadas]
O pássaro preso no estômago [azia]
No ácido todas as penas [máximas]

O poeta me condena à solidão [perpétua]
Na clausura fantasmas desfilam nas paredes [cinzas]
O lápis nos olhos contornando vestígios [lápide]
Entre_linhas a morte beija a vida [sem reza]
Seu hálito neblina sobre noites trêmulas
[sem bifurcação]

Não há como desviar do escuro [no fundo da luz]
Não há como desviar do fundo [do meu claro escuro]
Afundo no fogo do meu plexo [ só sem-lar]
E não há quem salve minha lua [de min_guar]

(Raiblue)

Em 06 de maio de 2009

Sobre a obra

Um mergulho por trás das máscaras desse imenso teatro que é a vida...


(Raiblue)

compartilhe



informações

Autoria
Raiblue
Ficha técnica
Poema:MINGUANTE BLUE
Imagem:Flickr
Downloads
276 downloads

comentários feed

+ comentar
Raiblue
 

MINGUANTE BLUE

Sob o par de tênis o mar [azuis]
All Blue Star boiando sobre as águas [via-cáustica]
Todas as pegadas apagadas [Alzheimer]
O destino à deriva não conduz [dispersa e passa]

A vida virada pelo avesso [eu avessa ao nexo]
Ressacas que me lançam em rochedos [olhos secos]
Pontiagudos medos perfurando as asas [paralisadas]
O pássaro preso no estômago [azia]
No ácido todas as penas [máximas]

O poeta me condena à solidão [perpétua]
Na clausura fantasmas desfilam nas paredes [cinzas]
O lápis nos olhos contornando vestígios [lápide]
Entre_linhas a morte beija a vida [sem reza]
Seu hálito neblina sobre noites trêmulas
[sem bifurcação]

Não há como desviar do escuro [no fundo da luz]
Não há como desviar do fundo [do meu claro escuro]
Afundo no fogo do meu plexo [ só sem-lar]
E não há quem salve minha lua [de em mim aguar]

(Raiblue)

Raiblue · Salvador, BA 9/6/2009 12:34
sua opinião: subir
delen
 

Amiga,

A vida nos prega tantas peças néh? E nem sempre estamos preparados para entrar em ação em certos momentos...Adorei o poema, beijokasss!!!

delen · Cotia, SP 9/6/2009 12:38
sua opinião: subir
menina_flor
 

Querida amiga poeta Blue...
E tem momentos que não tem jeito mergulhamos fundo no oceano das nossas emoções; onde as águas são turvas; nos afogamos, nos debatemos e voltamos.
A vida é um teatro sim e nos cabe o papel de protagonistas.
E quando a nossa lua mingua ela se prepara para renascer em nova até tornar-se cheia...é o ciclo da vida...
Lindo e profundo mergulho na alma. O seu é também meu atual mergulho..
Parabéns!

Bjos
Patty

menina_flor · Rio de Janeiro, RJ 9/6/2009 13:34
sua opinião: subir
Rose Rocha
 

Por vc ter um coração onde dás vida a tão profundos sentimentos em muitas vezes o traz tão lindamente nas pontas dos dedos, nos poros da pele, na iris, na luz do olhar...
Mais uma entrega de si mesma em fascinantes tons da poesia.
Deixo meu abraço.

Rose Rocha · Jundiaí, SP 9/6/2009 13:45
sua opinião: subir
Cláudia Campello
 

Há lugares que só podemos ir sozinhas. Penso.
Raiblue de volta. Q bommmmm!

bjssssss;)

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 9/6/2009 13:52
sua opinião: subir
ayruman
 

Oi RaiBlue. Poema forte e real.
Deixo para você este meu poemeto:
ANJOS E ARCANJOS

Não se pode conhecer a Luz se indiferentes,
ainda ignoramos o que as sombras
têm para nos ensinar.
Também é impossível conectar Anjos e Arcanjos,
se por medo, comodismo ou ausência de humildade,
ainda ignoramos nossos demônios.

Um abração. jbconrado.


ayruman · Cuiabá, MT 9/6/2009 13:53
sua opinião: subir
menina_flor
 

Blue: Retorno para dizer: maravilhoso o video do Arnaldo Antune. É bem isso mesmo.

Bjos
Patty

menina_flor · Rio de Janeiro, RJ 9/6/2009 14:04
sua opinião: subir
graça grauna
 

Raiblue, poetamiga do azul: o claroescuro em cada um de nós é que imprime o nosso ritmo. Lindo poetar. Bjos de luz, Grauninha

graça grauna · Recife, PE 9/6/2009 14:50
sua opinião: subir
Ivan Cezar
 

Fases ...
Depois vem o quarto ...
crescente !
Beijo !

Ivan Cezar · São Sepé, RS 9/6/2009 15:08
sua opinião: subir
raphaelreys
 

Raiblue! Me deixe estar nesse universo em blue!

raphaelreys · Montes Claros, MG 9/6/2009 15:09
sua opinião: subir
Rodolfo Mendonça
 

"Não há como desviar do fundo [do meu claro escuro]"
De uma cor, cores; de cores, a infinidade...

Rodolfo Mendonça · Areia Branca, SE 9/6/2009 15:45
sua opinião: subir
EdimoGinot
 

Raiblue,

Acho que entendi
e te deixo aqui um link:

http://www.overmundo.com.br/banco/fases-2

Não é?
Um abraço

EdimoGinot · Curitiba, PR 9/6/2009 15:53
sua opinião: subir
joe_brazuca
 

Versão II ou
Coda ou
Um tenis dependurado nas Entrelinhas :

azuis via-cáustica
Alzheimer dispersa e passa
eu avessa ao nexo olhos secos
paralisadas
azia máxima perpétua
cinzas lápides
sem reza, sem bifurcação
no fundo da luz, do meu claro escuro

sem-lar de min_guar

bj

joe_brazuca · São Paulo, SP 9/6/2009 16:40
sua opinião: subir
Zeca Avelar
 

oiii menin_Azul!

Liiiiiiindissimooooooo seu sentir poético!!!

Fiquei todo reflexivo, imaginando, ao pensar na Lua que

"A Lua nunca é minguante... Minguantes são nossos olhos que nunca a veem por inteiro"! (by eumesminho)

Saudadesss de seu céu Blue!

karinhos kentinhos
ZecaFeliz - gaDs!

Zeca Avelar · Florianópolis, SC 9/6/2009 17:04
sua opinião: subir
marilia carboni
 

Poema....profundo!!!
Mil beijos !!!

marilia carboni · Londrina, PR 9/6/2009 17:52
sua opinião: subir
W@nder
 

Querida Raiblue.
Que gostoso ir no poema... a vida vai...
Bjs.

W@nder · Rio de Janeiro, RJ 9/6/2009 18:41
sua opinião: subir
opoertadabaixada
 

Rio-azul, gostei do trpocadilho, sen impeciçlio, raio de lua, a culpa é sua? porque opene perpetua asim? Solidão jã é bastante, pra desokar um Elefante! Votado,opoewtadabaicada

opoertadabaixada · Belford Roxo, RJ 9/6/2009 19:33
sua opinião: subir
azuirfilho
 

Raiblue · Salvador (BA) ·
MINGUANTE BLUE

A Vida é um Teatro imenso mas, é passageira.
temos de capricvhar na interpretação.
Esbanjando amor que é a finalidade.
Amor ao Próximo é boa vontade.
Parabéns pelo Trabalho nos incitando ao luar.
Abração Amigo.

azuirfilho · Campinas, SP 9/6/2009 22:16
sua opinião: subir
Mirtes Carvalho
 

Querida amiga Bluezinha, Muito bonito como tudo que sai de seu coração e seus dedos escrevem. Mas me passou uma certa insatisfação que achava não acontecer tão cedo. Mas continuo com um pensamento positivo e amigo para te ver sempre feliz e com aqueles poemas incrementados que pega fogo até na página virtual.
Muita paz no seu coração jovem e ansioso. Parabéns e Bjs da amiga de sempre, Mirtes Carvalho

Mirtes Carvalho · Rio de Janeiro, RJ 9/6/2009 22:30
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Raiblue

lindo mas doloroso poetar vibrando
de sentimentos entre solidão e sonhos,
sem asas para voar...
bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 10/6/2009 10:58
sua opinião: subir
Daniele Boechat
 

LINDO e doído....A sua intensidade demonstradas pelo jogo de palvras me encanta. Bjs.

Daniele Boechat · Rio de Janeiro, RJ 10/6/2009 13:00
sua opinião: subir
RUI LÔBO
 

Magic Blue: Blue Moon que inspira os poetas e serve de bússola para nativos, energizando tal qual um imã que nos atrai para contemplação máxima dos mistérios do universo. Mais uma vez fostes profunda, minha rainha; parabéns é pouco... Como diria o pessoal de teatro, sua obra é uma grande MERDA! aXÉ!

RUI LÔBO · Brumado, BA 10/6/2009 13:06
sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

"O destino à deriva não conduz",
ou conduz a caminhos estranhos.
O que sei é que seu texto
conduz-nos a pensamentos
instigantes sobre a vida.
Um beijo.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 10/6/2009 13:10
sua opinião: subir
camuccelli
 

Alguém esta sob um par de tênis azuis.Ainda mais a deriva.Dever ser muito ruim andar assim.Mas,versos são versos.A beleza está nisto,penso eu.

camuccelli · Rio de Janeiro, RJ 10/6/2009 16:01
sua opinião: subir
Greta Marcon
 

Sou muito lerda nessa coisa de jogo de palavras; é muito complicado para meus 2 neurônios... Como bem disse a cláudia: há lugares que só podemos ir sozinhas... Mas achei muito bonito o teu poema, apesar de triste. Ainda bem que depois vem lua nova, quarto crescente e por fim, a lua cheia, para nos dar inspirações menos sofridas. [olha só quem fala... rsrsrsr]
Votado
Beijos de luz

Greta Marcon · Ponte Nova, MG 10/6/2009 17:17
sua opinião: subir
Zezito de Oliveira
 

Blue,
Li poemas azuis e vermelhos escritos por você. Agora leio um poema cinza. Sei que a vida é multicor. Há momentos de cores alegres e há momento de cores tristes. Há momento que nem sabemos onde começa um e termina o outro.

Abraço,

Zezito de Oliveira · Aracaju, SE 10/6/2009 19:23
sua opinião: subir
Marcelo ShytaraLira
 

RaiBlue Poeta.... Linda... e Baiana
que a Lua des-mim-gue....
(quaiquiaquiaquiaqiuaquia)
bjs

Marcelo ShytaraLira · São Paulo, SP 10/6/2009 20:31
sua opinião: subir
kfarias
 

No grande palco da vida, somos personagens dirigidos por força Superior e desconhecida, e que diretor!!!
No ceu azul, na estrela azul, na vida azul abaixo de um par de tênis, vivemos, choramos e .....
So posso e devo agaradecer-lhe pelo incentivo que nos dá para pensar no todo, na vida, no próximo.
Cintilantes poeiras cosmica a envolver sua imagem e a levar-lhe toda a sabedoria que for necessária.
abraços
kfarias

kfarias · Águas de Lindóia, SP 10/6/2009 20:41
sua opinião: subir
Vasqs
 

"Não há como desviar do escuro [no fundo da luz]
Não há como desviar do fundo [do meu claro escuro]
Afundo no fogo do meu plexo [ só sem-lar]
E não há quem salve minha lua [de min_guar]"

Ei, me empresta seu coração preu tomar conta?

Vasqs · São Paulo, SP 11/6/2009 20:05
sua opinião: subir
MaluFreitas
 

Caramba Blue! Perfeito! Fiquei perplexa com este texto! lindo demais!Bjs

MaluFreitas · Salvador, BA 11/6/2009 22:18
sua opinião: subir
Samuel Luciano Assunção
 

"Não há como desviar do escuro [no fundo da luz]"

beijos raiblue.

sam

Samuel Luciano Assunção · Angra dos Reis, RJ 11/6/2009 23:09
sua opinião: subir
Jéfte Sinistro
 

Depois de um tempo às margens do Overmundo, vindo aqui para contemplar-te, minha querida Blue...
A vida é essa peça de teatro regida pela lua... O minguar nos é inevitável, mas é no minguar que as marés se dobram às calmarias para que banhemos as almas...
No minguar, a lua sempre reserva a outra face para o beijo da luz... despertar de mariposas dentro de nós!
Parabéns, mais uma vez, minha cara! Incrível... como só tu sabes ser! Sou incodicionalmente TEU fã... Mil beijos.

Jéfte Sinistro · Cabo de Santo Agostinho, PE 11/6/2009 23:15
sua opinião: subir
Jéfte Sinistro
 

"Por trás do fundo escuro da galáxia, há sempre a luz do sol..."

Jéfte Sinistro · Cabo de Santo Agostinho, PE 11/6/2009 23:16
sua opinião: subir
Gustavo Adonias
 

Babyblue,

Agora que o susto já passou, cá estou eu de volta, retornando aos poucos aos meus voos poéticos. A vida é uma (auto)estrada, de retas quase sempre tediosas e curvas às vezes muito perigosas. Mas a vista do mar faz sempre valer à pena o caminhar... O poeta traz em si o arco e a seta. Fere e ao mesmo tempo é ferido pelos sentimentos pontiagudos. A vida é um espinho, uma agulha que dói, mas entre uma agulhada e outra, tudo tem o brilho azul do céu... Os segundos de alívio é que fazem tudo ter algum sentido...

Parabéns pelo seu poema, denso e melancólico, mas que beleza há também nisto ! E o vídeo do Arnaldo tem tudo a ver...

"Com tantos sentimentos deve ter algum que sirva..."

Grande beijo profundo no coração poético e lindo.

Gustavo Adonias · Salvador, BA 12/6/2009 10:15
sua opinião: subir
Raiblue
 

Que felicidade, Gusta, tê-lo aqui conosco, de volta! Sua presença calorosa e seus comentários cheio de verdades são essenciais à minha alma...à minha evolução enquanto ser que tenta a cada passo ser humano!
Sim, aproveitemos os segundos desse infinito impreciso que é a vida...minguemos na certeza a rotação dos acontecimentos tornará a encher nosso coração do mais profundo sentimento de paz e amor...
Obrigada,Gusta, por sua presença em meu caminho...é oásis,baby...

"...qualquer coisa que se sinta...deve ter algum que sirva..."
beijos azuisinfinitos

Meu lindo, Jéftezito...que saudade é essa que tem cheiro de um 'Cabo' que nem conheço ainda?rs Meu coração sorriu ao te ver chegar...assim, sempre trazendo sol(zinho) até mesmo aos meus escuros azuis... Sim,vc tem razão, mneu querido, a luz só existe porque existe a escuridão...não há como encher, se não minguar......minguar pode ser uma profunda limpeza do espírito,abrindo espaços para novos mundos...novas galáxias nesse novomesmoser ...[ o que for essência permanece, e se mistura`a novos aromas de campos (re) descobertos]

"Sua presença me faz me sentir bem demais, que coisa linda..."
Muchos besitosolares...
Blue


Li todos os comentários com imenso carinho.Agradeço a cada um pelas leituras...pelos olhares poéticos..pelas emoções que aqui se derramaram,enchendo meu Blueminguante...rs

Um beijo carinhosamente azul para cada um ,meus queridos overamigos!
Blue

Raiblue · Salvador, BA 12/6/2009 15:24
sua opinião: subir
Patipetista
 

senti o gosto da lua minguante de agosto...sabe aquela lua cheia , parecendeo de mel...aí mingua e parece que goterja ?
Vc é assim, faz a poesia sentir em mim !

Patipetista · Taboão da Serra, SP 12/6/2009 21:59
sua opinião: subir
Dayvson Fabiano
 

Mulher, que jogo perfeito nas aliterações, assonancias e todas as transformações possíveis. Adoro esse jogo poético que só vc faz melhor. Eu salvo tua alma e ainda te ofereço estrelas. Adoro tu...Abreijos

Dayvson Fabiano "Imorrível" · Recife, PE 13/6/2009 01:11
sua opinião: subir
Dayvson Fabiano
 

*ops, corrigindo: eu salvo tua lua e...

Dayvson Fabiano "Imorrível" · Recife, PE 13/6/2009 01:14
sua opinião: subir
meus traços e linhas
 

Maravilhosa essa viagem azul!
Lindo vídeo!
Vitado!

meus traços e linhas · Cabedelo, PB 13/6/2009 15:23
sua opinião: subir
sheila duarte
 

Adoro velejar por seus mares, ressacas, rochedos e luares. Sempre aguardo seu convite! Votadíssimo!!!!

sheila duarte · São Paulo, SP 13/6/2009 17:54
sua opinião: subir
Pessoa de Melo
 

Olha o que você faz...


Não me contemplo faz muito tempo...
Tanto tempo que nem sei se devo...
Mas ao cabo do que foi dito
fica a fome de um momento mal vivido
contra a barriga cheia de anseios.
Anseios que de tantos nem te conto
Talvez à tarde mais maduro
Possa ser maior do que meus medos...

Para a Bluepessoa que há em você!

Pessoa de Melo · Olinda, PE 14/6/2009 00:50
sua opinião: subir
Vinícius Motta
 

Sempre intensa, sempre inspiradíssima nesse navegar pelas entranhas do viver.
Parabéns.
Votado

Vinícius Motta · Rio de Janeiro, RJ 22/6/2009 12:09
sua opinião: subir
Pedro Rivero
 

O POETA FAZ POESIA
QUE SEM ELA QUE SERIA?
O AZUL DO CEU DE MENTIRA
AMOR QUEM NUNCA SENTIRÁ

AMOR TECE A IRA
NEGRA NOITE FRIA
DIA QUE CHEGA JÁ
DE NÓS, HA QUE SERÁ?


BEIJOS QUERIDA BLUE, SEMPRE TEU ADMIRADOR.

Pedro Rivero · Bélgica , WW 22/6/2009 20:02
sua opinião: subir
erhi Araújo
 


No fundo da luz
Seu hálito neblina sobre noites trêmulas
Não há como desviar do escuro...
Se tu me invade a carme
e salta o muro

Parabéns

Beijos

erhi Araújo · Feira de Santana, BA 2/7/2009 11:18
sua opinião: subir
Falcão S.R
 

Rai,

Saudade de ler as pétalas que brotam de sua alma.

Lindo!

Beijos

Falcão S.R · Rio de Janeiro, RJ 7/7/2009 03:47
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 3 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados