MINHA HOMENAGEM AO OITO DE MARÇO

Agnaldo Tavares
1
Agnaldo Tavares · Barra do Choça, BA
8/3/2015 · 0 · 0
 

Para escrever algo que possa dizer sobre a mulher com a sensibilidade da alma, antes preciso me despir dos resquícios machista que, por contra vontade, os roupeiros do tempo me impusera a vestir – andar nu dos excessos.

Ah, e como é tão simples e ao mesmo delicado dizer da infinita importância que tens para a vida, esse imenso novelo de linha o qual só se torna em algo porque empenhastes o bordado desde o começo da Criação.

Tu és o coração que move o mundo em cada peito humano, pois, como dissera Rui Barbosa, herdamos de ti o coração, e junto, a sensibilidade para lidar com os improváveis da vida, é inspirado em ti que o universo se move em incontáveis estrelas...

O que será este vazio, esta incompletude que em certa altura da vida é sentida no peito do homem? É senão o mesmo que sentiu Adão no “paraíso”. Depois de vagar milênios, incompleto de si mesmo, ele curvou-se na terra bruta e fez sua prece ao Criador, o que foi atendido... – Deus lhe fez a mulher, flor mais bela e perfumada do jardim do Éden.

O fato é: nós, homens, não existimos sem elas, “mulheres de aço de flores”, como diz padre Fábio; mulheres que tem a suprema verdade no sorriso eterno e no olhar infinito.

Sobre a obra

Homenagem ao dia da mulher

compartilhe



informações

Autoria
Agnaldo Tavares
Ficha técnica
Agnado Tavares
Downloads
127 downloads

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados