MÚSICA DE RUIZ - E Eu Nessa Estrada

Instale o Flash Player para ver o player.
1
Téo Ruiz · Curitiba, PR
27/6/2007 · 265 · 13
 

MÚSICA DE RUIZ é o novo trabalho de Estrela Ruiz Leminski e Téo Ruiz. O CD lançado em 2006, traz composições da dupla e parceriais com artistas como Alice Ruiz, Makely Ka e Gláucio Giordanni, além de participações mais que especiais de Carlos Careqa, Glauco Soter, Ângelo Esmanhoto, Beline Cidral, Fred Teixeira, Du Gomide, Daniel Isolani, Nando Lemos, entre outros.

Além do disco, a dupla também publicou o livro CONTRA-INDÚSTRIA, um raro material sobre a cena independente no Brasil que traz um novo paradigma.

O arquivo MP3 traz a música E Eu Nessa Estrada, a faixa 10 do CD, com uma pegada bem rap. Segue as cifras junto, se alguém se animar a tocar!

Tanto o livro quanto o CD podem ser adquiridos na E-Loja do
Site Oficial do Música de Ruiz

E Eu Nessa Estrada
Letra: Estrela Leminski
Música: Téo Ruiz

Am7
Cada passo que estamos dando
C7(9)
Determinando o futuro
Am7
Linha da vida destrambelhada
C7(9)
Ainda que costure
Am7
Quisera eu que o presente
C7(9)
Nos distraia o suficiente
Am7
Para que o passado
C7(9)
Não nos torture

Refrão: Gm7, F6, D7(b5), Cm (2x)

Am7
Tropeço, penso em falso
C7(9)
Frase de cascata
Am7
Troco letra, faço graça
C7(9)
Insinuando desgraça
Am7 C7(9)
E eu, e eu, nessa estrada? (2X)

REFRÃO
Am7
Mitos e máquinas
C7(9)
Mistérios, seres e desatinos
Am7
Atados, jogando fora
C7(9)
O que construíram
Am7 C7(9)
E eu, e eu, nessa estrada? (2x)
Refrão

compartilhe



Embutir



informações

Autoria
Estrela Ruiz Leminski
Téo Ruiz
Ficha técnica


CD MÚSICA DE RUIZ
Produção e direção: Estrela Ruiz Leminski e Téo Ruiz
Co-produção e gravação: Fred Teixeira (Estúdio Motriz, Curitiba-PR)
Masterização: Jade Pereira (Estúdio Classic Master, São Paulo-SP)
Produção Executiva: Beline Cidral
Arte: Marco Mazzarotto

LIVRO CONTRA-INDÚSTRIA
Concepção: Estrela Ruiz Leminski e Téo Ruiz
Revisão: Alice Ruiz
Diagramação: Makely Ka
Edição: Selo Editorial
Produção Executiva: Beline Cidral
Arte: Marco Mazzarotto
Downloads
855 downloads

comentários feed

+ comentar
Felipe Obrer
 

Téo, uma sugestãozinha de edição boba (e bem em cima da hora): abrir -um enter- um espaço entre a imagem e o corpo do texto, pra "arejar" e evitar deslocamento enquanto estiver nas filas (não sei se expliquei bem...).
Depois comento a música. Agora é só editorial mesmo o comentário.

Abraço,
Felipe

Felipe Obrer · Florianópolis, SC 26/6/2007 08:57
sua opinião: subir
Felipe Obrer
 

Comento como se deve: enquanto ouço.
Meio rap. Levada funk (no contrabaixo). A flauta surpreende. A batida faz mexer o corpo. A poesia é elaborada. A flatua sola bem ("hermetiza" até). A indagação se repete e faz pensar. É a vida. Música que trata da vida tem alma. E o corpo dela me cai bem.

Abraço grande,
Felipe

Felipe Obrer · Florianópolis, SC 26/6/2007 19:22
sua opinião: subir
Felipe Obrer
 

a flauta flutua (vai ver que por grafei assado)

Felipe Obrer · Florianópolis, SC 26/6/2007 19:23
sua opinião: subir
Téo Ruiz
 

Valeu Felipe! É uma música "diferente" do nosso repertório, eu gosto disso. Aliás, todas as músicas são diferentes das outras, isso é legal!!!

Abraços

Téo Ruiz · Curitiba, PR 27/6/2007 08:00
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Valdir Lopes
 

Parabéns, Téo. Criatividade musical e poesia.
Ói, nós na estrada...
Abraço. até mais.

Valdir Lopes · Salvador, BA 27/6/2007 11:22
sua opinião: subir
linney
 

Ouvi e gostei.Parabéns!!!

linney · Canoas, RS 27/6/2007 19:30
sua opinião: subir
Labes, Marcelo
 

Grande som, Téo. Acho que pouco poderia ser melhor com uma levada musical tão agradável e uma letra bem construída. Quer dizer que se trata de algo diferente? Se o extra já é tão bom, imagino o que será o comum de vocês.
Abraço!

Labes, Marcelo · Blumenau, SC 28/6/2007 00:15
sua opinião: subir
Téo Ruiz
 

Pois é Labes, obrigado! É que nós não nos preocupamos com estilo. Às vezes a poesia pede uma coisa, e às vezes outra. Às vezes o contrário também. Enfim, eu acho que todo nosso repertório é diferente entre si! rs...

Mas obrigado pelo comentário, vou postar todas as músicas do disco. Você já pegou as outras que estão aqui no Overmundo?

Téo Ruiz · Curitiba, PR 28/6/2007 08:07
sua opinião: subir
Téo Ruiz
 

Eu quis dizer, às vezes a música pede uma determinada letra também. Agora que reli vi que estava confuso. Abraços.

Téo Ruiz · Curitiba, PR 28/6/2007 08:09
sua opinião: subir
Labes, Marcelo
 

Não, não peguei. Quero dizer: pode? Achei que a função delas era exatamente divulgar o disco (tá certo, eu li ali "download" e tal). É o que vou fazer, então. Sabe que, uma vez, baixei (e eu nem deveria dizer isso) um monte de músicas do Grupo Rumo e do Luiz Tatit, montei um disco e fui apresentando às pessoas. Na época, foi importante para mim que todo o mundo ouvisse aquilo. Então eu dizia: "olha, esse som é muito bom, é de uns caras de São Paulo que fazem experimentações com música e linguagem". O mesmo fiz com o Corona, que se não me engano é daí também. Se assim for, vou querer a tua autorização - verbal - para fazer o mesmo com o disco de vocês.

Quanto a vocês não se preocuparem com estilo, nem tenho nada a dizer. Apenas imagino o quanto vocês ganham explorando a música e os caminhos da língua. Sem dúvida, Téo, uma produção assim tem de ser prestigiada.

Grande abraço.

Labes, Marcelo · Blumenau, SC 28/6/2007 11:06
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Felipe Obrer
 

Faço eco ao comentário do Labes. E acrescento: melhor é não ter um "estilo" fixo (bom mesmo é deixar o estilo para os estilistas, no mundo da moda).
A diferença está em criar músicas espontâneas (com todo o embasamento teórico musical que sei que vocês têm). De outro jeito, o que se faz é reproduzir o modelo dos grupos e bandas "covers" de si mesmos. O pessoal faz um cd e na hora da apresentação ao vivo tem que ser fiel ao que está registrado. Curto a inovação, a experimentação e o improviso. Do que conheci de vocês até agora, gostei muito, e percebo que é original.

Abraços,
Felipe

Felipe Obrer · Florianópolis, SC 28/6/2007 13:23
sua opinião: subir
Labes, Marcelo
 

Ecoecoececoecococo...

(brincadeira)

Pois é, Obrer, acho que concordas comigo que está cada vez mais difícil encontrar algo bom para se ouvir. Como disse ali em cima, quando encontro novidades consistentes, tento contagiar todo mundo. É certo que é quase em vão. Mas não sempre: volta e meia alguém retorna para me dizer que curtiu o som, que continua curtindo. Em contrapartida, existem as rádios. Vamos fazer um movimento pelo fim das rádios (demos uma oportunidade para as de elevador e das universidades que estas, ao que me parece, ainda apresentam uma programação sólida).

Enfim.

Abraço.

Labes, Marcelo · Blumenau, SC 28/6/2007 19:06
sua opinião: subir
capileh charbel
 

eeeeeeee, cifrinha é tudo.
simples e funciona

capileh charbel · São Paulo, SP 9/7/2007 00:12
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
mp3, 3.1 Mb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados