Brasil.gov.br Petrobras Ministério da Cultura
 
 

NA LINHA DO TEMPO

Web
1
Branca Pires · Aracaju, SE
10/10/2007 · 260 · 87
 

NA LINHA DO TEMPO

Tempo:
Que me envelheceu, que me fez crescer, que me fez nascer.
Segurei na tua mão bem devagar...
E assim, andei, casei, chorei e amei.
Nunca quis ver o teu rosto, nem tomei conhecimento da tua existência
dia após dia... pois me imaginei eterna, dona de mim, dona de ti.
Mas, muitas vezes fiquei entediada pelas varandas da vida, Nas grandes expectativas de mim...
E na tua sabedoria, passavas por mim e sorria...
Eu, tão insana e grandemente iludida... não te via, não te ouvia, não te sentia.
Mas também, nem mesmo dava bola aos meus próprios pensamentos.
Já não mais acreditava nos meus doces sentimentos, a vida havia me engolido. E em seus regurgitos, me sentia sozinha, abandonada, enganada, e já quase cansada de querer viver...

Pressentia a tua presença em flashs passando.
Sonhava com tudo o que não deixou, com tudo o que levou e principalmente, com o que não me trouxe.
Acordava com um vazio imenso...
Cadê os sonhos, cadê você?!
E assim... em tantas noites, em tantas vezes crente e descrente chorei!
Te odiei, te ignorei e te esqueci por anos a fio...

Um dia, acordei com algo esquisito, novo,
com uma sensação de ânimo, de vida!
Recomecei a planejar todos os meus sonhos, todos os meus objetivos.
E corri para te chamar, para te buscar, para te esperar...
Você chegou!
E me trouxe, além das esperanças, a convicção de estar sempre presente: passando, passando...
E de que, mesmo quando estás ausente, carrega contigo as nossas emoções e os nossos sentimentos. Até mesmo aqueles que julgamos bem esquecidos...
Estou agora, a te contemplar, e começando a te conhecer.
Compreendi que não és fiel a nada e a ninguém, que estás sempre indo e vindo.
Mas, compreendi, principalmente, que és e sempre foi meu amigo; e que, se carregas contigo os meus sentimentos, deixas também, as tuas marcas.
Ah, meu velho amigo e companheiro de tantos anos, vida a fora... tantas vezes te odiei, te amei, te esperei...
Coloquei sobre os teus ombros, todos os meus pesos, as minhas frustrações, os meus fracassos...
Quantas vezes me escondi em ti, para não me encarar frente a frente, para não te conhecer, para não me conhecer.
Fui covarde, vazia, hipócrita e falsa. Comigo mesma.
E lamento profundamente, o quanto te perdi e me perdi com tudo isso.

Recomponho-me:
E te vejo agora sobre um prisma de um novo olhar...
Sei da tua pressa, das tuas caminhadas, das tuas idas e vindas.
Mas, quero aprender a contar os teus dias bem diferentes: justamente sem pressa, sem aflições, sem ansiedade...
Sei que estás presente, mas quero te imaginar ainda bem distante...
E vagarosamente a caminhar. Assim, apreciarei com mais cuidado, o que me deixaste de bom, e o que eu ainda puder aproveitar.
Mas, compreendendo o teu ciclo, que também se projeta em nós, com todas as instabilidades e recorrências.

E confesso nas contradições das minhas palavras:
Tenho pressa, muita pressa em querer fazer e viver tudo ainda o que não fiz, tudo ainda o que ainda não vivi.
Sei que voltarás. E que trarás contigo todas estas possibilidades, somando-se a tantas outras já deixadas. Mas também sei, que deixarei de viver outras tantas. E justamente por tamanhos desperdícios.
E mesmo já sobre um limite, quero saber aproveitá-lo como se cada minuto me fossem eternos...
Sabe amigo, quando te encontrar de novo e tiver a consciência disto, quero apertar a tua mão, enfim, ver o teu rosto, o teu sorriso, as tuas rugas.
Talvez eu esteja já bem velhinha, com cabelos brancos; sentada nas mesmas varandas da vida. Mas a te esperar, a te sorrir e a te agradecer por todos os teus legados em mim deixados.
Sairemos de braços dados. Enfim, descansarei. Mas com a certeza de ter te conhecido, e bem pacientemente, me conhecido e nos entendido.

compartilhe



informações

Autoria
Branca Pires
Ficha técnica
NA LINHA DO TEMPO (dos meus 40 anos)
escrito em 2001, revisado e modificado rm 2007.
Downloads
285 downloads

comentários feed

+ comentar
Letícia L. Möller
 

Querida Branca,

como fico feliz em ver teus escritos maravilhosamente comparecerem no nosso estimado overmundo. E honrada estou em poder inaugurar este espaço. Mas quero, antes, reler com calma para devidamente te responder.
Sejas bem-vinda!
Um beijo,
Leticia.

Letícia L. Möller · Porto Alegre, RS 8/10/2007 12:41
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Lobodomar
 

Branca, você não me enganhou nem um instante: apenas com base em seus comentários, eu sabia que havia em você uma excelente escritora. Mas 'Na linha do tempo' não é somente um texto impecavelmente bem escrito. É mais que isso: é sensível, bem estruturado, original, enfim... encantador. 'Vim, vi' e gostei. Agora marquei para o merecido voto. Grande abraço, POETISA!

Lobodomar · Guarapari, ES 8/10/2007 13:27
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Saramar
 

Devo concordar com Lobodomar, você é uma escritora sensível e de rica florada.
Esse diálogo com o tempo, indiferente senhor traz fores e flores do passar constante por nós ou sobre nós, como ave de rapina.
Gostei imensamente.
Voltarei.

beijos

Saramar · Goiânia, GO 8/10/2007 13:54
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
W@nder
 

Que belíssima reflexão, querida Branca! Na linha do tempo... o filme da nossa vida. E escrito com essa suavidade toda, então, ficou incrivelmente belo.
Parabéns.
Beijos.

W@nder · Rio de Janeiro, RJ 8/10/2007 14:58
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Marluce Freire Nascasbez
 

Branca,

Brilhante!

Belo trabalho, toda riqueza que a palavra precisa para ser dita possui tua escrita!

Um aBRAÇO menina, Marluce

Marluce Freire Nascasbez · Carnaíba, PE 8/10/2007 15:48
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Elizete Vasconcelos Arantes Filha
 

Branca. Li seu texto assim que você chamou, não pude caribar meu recado pois estava atendendo alunos virtualmente, mas, agora posso lhe dizer:
Menina, percebi que você tinha uma veia literária pelos comentários inteligentes que fazias nos postados de todos nós. Eu estava estranhando, e dizia. Cadê os textos da Branca, agora veio. Maravilhoso, e muito reflexivo. quem nunca pensou no tempo? o tempo não é nosso inimigo, pois ele nós dá um grande presente: a sabedoria. Coisa que quando somos jovens não temos.
Gostei muito. Escreva sempre e mande me chamar, pois vc está proibida de postar sem me avisar.
Um grande abraço,
Elizete

Elizete Vasconcelos Arantes Filha · Natal, RN 8/10/2007 17:28
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Sérgio Franck
 

Puxa vida, Branca! Tava escondendo os diamantes, né? A foto é lindíssima e, o texto poético, é pra ser lido e relido; degustado bem devagarinho.

Tem volta!

bjo.

Sérgio Franck · Belo Horizonte, MG 8/10/2007 20:08
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
crispinga
 

Falas com o tempo ou com um amante infiel?
Se for com o tempo, ele é inexorável....Mas se for um amante vulnerável, não merece nem mais um minuto do seu tempo...Ou se tomou o tempo como amante, então que seja amigo e caminhe do seu lado...

crispinga · Nova Friburgo, RJ 8/10/2007 21:37
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Nydia Bonetti
 

Branca. Fiquei extasiada com seu texto! Belo tratado sobre o tempo. Difícil enxergá-lo como companheiro... O vemos quase sempre como um vilão. Até o tempo tem sua dualidade! Ele sabe ser cruel e sabe ser amigo... Rica reflexão você nos proporcionou. Bem vinda querida! Abçs!!!

Nydia Bonetti · Piracaia, SP 8/10/2007 23:27
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Letícia L. Möller
 

Branca,

parabéns, querida.
Fazes uma linda reflexão interior sobre o lidar com o tempo, cheia de lirismo. Gostei muito de tuas linhas e me identifiquei com os sentimentos que expressas.
Tornar o tempo nosso aliado, companheiro, é o grande desafio da vida, com o qual todos nos deparamos. Não resta alternativa! Devemos aprender a lidar com o movimento ininterrupto dos ponteiros do relógio, com os minutos que escorrem, os anos que passam. Sem angústia, com sabedoria. Colhendo as belezas das coisas, sabendo colhê-las.
Um beijo para ti,
Letícia.

Letícia L. Möller · Porto Alegre, RS 9/10/2007 03:05
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Letícia querida,
Obrigada pela tua paciente leitura (reconheço que o texto é um tantinho grande) e sobretudo, a tua compreensão e incentivo.
E é isso, o tempo está em nós, é nosso aliado, é a nossa grande certeza de que passamos... Porém, é mesmo difícil reconhecermos como nosso aliado, principalmente quando se é joveme julgamos ser eternos...
Agradecida!
Beijos na alma!

Branca Pires · Aracaju, SE 9/10/2007 06:07
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Lobo querido, nem tenho palavras para agradecer-te...
Obrigada é pouco! Mas é o que posso dizer de coração. Então, obrigada, obrigada e obrigada!!!!!!!!!!!!!
Sem falsa modéstia, não sou poetisa, nunca fui. Escrevia desabafos por pura necessidade (falo demais e houve um tempo em que me senti muito só, didtante de todos e de tudo, então vieram os desabafos, nas tentativas de reflexões. Foi um período muito bom, mas passou. Ao menos eu achava). E frequentando o Overmundo vez ou outra, descobrir todos vcs. Nossa, essa efervecência de talentos, de gente boa, e de pura arte nas veias, foi e é sem dúvida o meu maior incentivo para tamanha ousadia. Então, ler os teus sempre 'poetisa', me espantava e me espanta, me chocava e me choca, é muito para mim. Até porque, eu sou artista de outra vertente.
Mas adimito: para a arte tudo isso é inquestionável, pois a sensibilidade pode ser a mesma. E a poesia sempre me tocou muito!
Obrigada mais uam vez!

Branca Pires · Aracaju, SE 9/10/2007 06:28
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Minha linda Saramar, o que falar para vc?!
Apenas agradecer e agradecer por tamnhas palavras e achados, nessa minha reflexão sobre o tempo.
Obrigada querida, te adoro!
bjs.

Branca Pires · Aracaju, SE 9/10/2007 06:33
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

W@ander meu rei, em muito me honras com a tua vinda e leituras.
Obrigada e obrigada!
Grande abraço!

Branca Pires · Aracaju, SE 9/10/2007 06:43
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Marluce, menina linda!!!!!!!!!!
Brilhante é vc, resplandecente!
Mas muitíssimo obrigada por tudo. Pacote completo!
Estou muitíssimo feliz, linsonjeada pela presença de todos vcs. E empecial, por cada um...
Bom dia! Um forte abraço!

Branca Pires · Aracaju, SE 9/10/2007 06:47
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Linda Elizete, agradecidíssima estou!
Nossa, ver e sentir todos vcs aqui é amis que uma honra, é uma responsa tamanha!
Obrigada por vimtão prontamente, por achar 'coisas' nos meus comentários, enfim, mas principalmente por gostar e interpretar esse texto, que (muito antigamente concebido) me veio como um desabafo... Ao me deparar com o meu tempo já passado.
Nossa, levei um susto! Não acreditava em tão longa distância em tamanhos desperdícios. O velho e sábio tempo, é mesmo o nosso maior aliado, para tudo! Mas a juventude o ignora, é a força e defesa dessa fase.
Obrigada minah linda, beijos na tua alma!

Branca Pires · Aracaju, SE 9/10/2007 07:00
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Sérgio, obrigada e obrigada. Volte quando quiser.
E olha, não estava escondendo nada, nem pretendia nada também, ao começar a frequentar o Over. Mas vcs são espetaculares, são professores, mestres e doutores da palavra. Fui me contagiando a cada leitura... sabe, ação gera reação e então ousadamente resolvi comungar com vcs, trocar essas impresões e muitas boas energias.
Abraços querido, NAMASTÊ!

Branca Pires · Aracaju, SE 9/10/2007 07:08
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Cris, Muitíssimo obrigada!
Falo com o tempo, esse velho e paciente senhor de todos as nossas horas. Pois bem mais que um amante, tomo-o como o meu escudeiro, meu 'guru'. Quero continuar caminhando com ele lado a lado, mesmo em outras dimensões.
Obrigada mais uma vez, gostei também da tua leitura como amante...
Beijos!

Branca Pires · Aracaju, SE 9/10/2007 07:15
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Nydia, minha linda e queridíssima professora. Sim, pois em tão pouco tempo aprendia muito com vcs. E a minh gartidão é tanta, que transbordou os meus limites, os meus receios... transcendendo as minhas reflexões...
O tempo para mim, é esse 'deus' em sapiência... é meu amigo e grande aliado de todo o emu existir.
Obrigada e muitos beijos pra vc!

Branca Pires · Aracaju, SE 9/10/2007 07:26
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Demorou demais para desbrochar em rosa e tuas pétalas são perfumadas. Magnitude, Branca.
Teu texto: sou eu...
Descobriu-me.
Volto volto volto....

Cintia Thome · São Paulo, SP 9/10/2007 08:33
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Dora Nascimento
 

Branca,
Querida...
Estou sem ar...
Vou imprimir e levar para ler
com tranqüilidade
ali na beira mar.
Um mar aqui perto
que se chama "Milagres"
Acho que tem bem a ver
com o teu texto.
Depois eu volto
voto e digo o que senti.
Beijos,
e desde já, parabéns.

Dora Nascimento · Olinda, PE 9/10/2007 10:07
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Benny Franklin
 

Gostei da Prosa. As pessoas hão de reconhcer a tuda fina tessitura. Ok?
Parabéns!
Benny.

Benny Franklin · Belém, PA 9/10/2007 10:21
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
ILZE SOARES
 

Olá Branca, muito bonito!! Adorei a foto, linhas muito expressiva, quanto ao texto, li e pretendo reler com mais calma. Coemnto quando voltar para VOTAR. Beijo

ILZE SOARES · Salvador, BA 9/10/2007 11:38
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Luciana Maia
 

AH Parabéns Branca, voltarei para votar.

Luciana Maia · Rio de Janeiro, RJ 9/10/2007 11:59
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
André Teixeira
 

Branca Zil!!!

O caminho sobre uma corda bamba
é a imagem que o tempo imprime
ao que sinto, no que vejo.

Às vezes rede de proteção.
Às vezes não! vezes cara pra cima,
vezes cara no chão!!

Mas ainda assim,
se o chão for mais atraente
que o resto da queda,
tenha ele a força de uma semente
para, Primavera de dentro,
explodir em flores nas nossas ações
e na mente da gente.

GRANDE cheiro!!!

André Teixeira · Aracaju, SE 9/10/2007 12:32
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Cintia linda e queídísima!!!!!!!!
Obrigada pela tua visita, obrigada pela tua leituae principalmente por se identificar nesse texto. Nossa, isso é muito!!
Demorei mas cheguei, como diziam os 'velhos sábios': "devagarzinho se vai ao longe..." Nem tenho a intenção de ir mais além, já me bastam em muito toda essa troca de muita coisa boa com todos vcs.
Em tão´pouco tempo e grandes aprendizados!
Um grande abraço pra vc!

Branca Pires · Aracaju, SE 9/10/2007 12:58
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Roberta Tum
 

Ah, o tempo... vivi muito em descompasso com ele,
até que aprendi a respeitá-lo e deixar passar.
No Candomblé aprendi a respeitá-lo como uma grande
força.
Dizem os antigos: "O tempo não gosta de nada que se faça
sem ele".
São palavras de grande sabedoria.
E as suas, me fizeram refletir sobre tantas nuances desta
nossa dança com o tempo.
Parabéns!
Bjs

Roberta Tum · Palmas, TO 9/10/2007 13:03
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Dora minha 'louca amiga', me leva contigo a esse mar dos milagres. Preciso lavar meus pés, pisar na areia, sentir o cheiro e a brisa do mar... nossa, estou secando neste seco clima de São Paulo. Como te invejo hoje, agora, já! ...
Querida, eu quem estou sem ar... vcs estão me deixando envaidecida, com o ego inflado, o peito explodindo em felicidades!!!!!!!!!!!!!!!
Te aguardarei, claro, afinal, vc é a minha professorona, minha mestra, minha 'guru', minha I D O LA ! Essa palavra existe no feminino?! Se não, acabo de inventar.
Grande abraço querida, volte quando tiver tempo.

Branca Pires · Aracaju, SE 9/10/2007 13:08
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Adriana Costa
 

olá Branca!
Que belíssimo texto! Reflexões persistentes ditas de forma sensível e delicada.
O tempo nem sempre parece estar a nosso favor, mas dando tempo ao tempo ele mostra seu valor!

Beijinhos e Flores pra você sempre! @>--

Adriana Costa · Brasília, DF 9/10/2007 13:15
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Benny, obrigada por vir e ler-me.
Mas, sem falsa modéstia, não busco o reconhecimento aqui, ou mesmo em outro lugar, neste sentido, claro. Busco mesmo são as emoções em comungar com vcs,; em dividir tamanhas alegrias; em dar e receber energias; nessa troca maravilhosa de idéias, viagens alucinantes que a cada nova leitura, me faz querer sempre mais e mais..
Um garnde abraço!

Branca Pires · Aracaju, SE 9/10/2007 13:17
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Ilze querida que bom te ver e ter aqui.
Volte quando puder!
Grande abraço!

Branca Pires · Aracaju, SE 9/10/2007 13:40
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Obrigada Luciana pela tua vinda e leitura.
Volte sempre!
Abração!

Branca Pires · Aracaju, SE 9/10/2007 13:42
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Dora Nascimento
 

Branca
Assim tu quebra meu quengo e arrebata a
minha alma de sapucaia-não-caia...
A palavra ficou engraçada, mas existe o feminino
tá amor, é Ídala, ou será que eu na minha prepotência acabei por
também inventar. E ídala ainda é mais engraçada porque faz pareia com amígdala, que é quase Magdala, vizinha de Magnólia, que
me olha dali do jardim.
Tás vendo tu, o que uma palavra inventada toda tola,
como a Ídola gritada tão não boa em letras altas?
Dá corda que eu sei pular.
Fogo, foguinho, fogão.
Pimenta, pimentinha, pimentão!
Passou um Tempão
por nossos corações
varandados em redes abertas,
janelas tranparentes da alma da gente.
Gente tem que aprender a ser Tempo.
Crescer dói, mas é muito preciso,
precioso abrigo onde o Tempo mora,
passa, ou se demora,
mas nunca de fato vai embora.
Ora, ora, ora,
A Praia dos Milagres não é mais a mesma,
O Tempo a preserva,
mas a sociedade a devora.
Apenas perto dos moinhos de ventos,
Ali já de nome "Del Chifre"
É que dá para eu te levar,
para molhares teus pés,
brincares nas ondas,
e ficar boqueaberta,
sem saber para onde olhar,
se para o porto despontando Recife,
ou para todos os lados que em verdes se deslinda,
os montes, as ladeiras, as igrejas e os mares de Olinda.

Beijo aTemporal.

Dora Nascimento · Olinda, PE 9/10/2007 13:55
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

André meu lindo, seja bem vindo, a casa também é sua!
Aliás, foi vc quem me trouxe até aqui. Gostei tanto que não mais quis sair. Estou fincando raízes...
Nossa, que legal a tua leitura em "corda bamaba'! É verdade, o tempo é mesmo uma corda bamba. Estar na 'linha do tempo' é estar vivendo sobre um fio... de tênue espessura. Melhor é aprender muito bem as lições de 'malabares', pois nem sempre a proteções de redes.
Adorei a tua vinda!
Cheiros maiores ainda!

Branca Pires · Aracaju, SE 9/10/2007 13:55
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Roberta querida, obrigada pela tua vinda!
Que bom que apredestes a conviver com o nosso 'velhosábio' e mago tempo.
Olha, todas as formas de ensinamentos são bem vindos, especiaslmente somando a todas as grandes forças do Universo.
Fico feliz em saber qu pude te proporcionar outras 'nuances' desse mesmo TEMPO...
Obrigada, grande abraço!

Branca Pires · Aracaju, SE 9/10/2007 14:06
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Olá querida Dri, bem vinda!
É verdade, nem sempre estamos do lado dele também!
Mas tudo em harmonia se resolve, é só darmos o devido 'tempo ao TEMPO' ...
Obrigada, grande abraço!

Branca Pires · Aracaju, SE 9/10/2007 14:09
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Dora!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
É vc mulher que arrebenta o meu coração; arrebata a minha alma; molha os meus pés, leva-me às praias de Olinda... de Caraguá... e por que não aos Lençóis maranhenses?!
Obrigada pela palavra correta 'ídala'! E vc é a minha, já sabes disso!
Pois é, ganacioso capitalismo que destrói e destrói, muito pouco constrói.
Obrigada minha linda por vir ao meu chamado!
Beijos na alma!

Branca Pires · Aracaju, SE 9/10/2007 14:21
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
azuirfilho
 

Um Trabalho de altíssímo nível.
Uma inspiracáo encantadora.
Uma maneira graciosa de tratar o tempo passando.
Muito belo e muito sobre cada um de nós.
Parabéns Nobre Escritora e Amiga.

azuirfilho · Campinas, SP 9/10/2007 14:37
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Obrigada Azuir, poeta e amigo!!!!!!!!!!!!!!!
Fico feliz com as tuas palavras e sobretudo, com a tua leitura.
Cada dia, cada hora, cada minuto aqui nesse espaço descubro mais e mais 'coisas boas'. Vc é uma delas.
Vamos trocando figurinhas pora qui. Me avise de suas publicações, às vezes nos perdemos.
Grande abraço! NAMASTÊ

Branca Pires · Aracaju, SE 9/10/2007 14:43
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
C.fishing
 

bem...
deixa eu pensar...
pra uma pessoa tão presente para comentar em meus poemas,como você. Com tanto carinho, tanta sensibilidade, e tentando ao maximo captar aquilo que queremos)(falo de todos os poetas sobre quem você contantemente comenta) dizer...
sempre com palavras de insentivo, de elogios de admiração.
o seu texto, foi explicito diante daquilo que você estava tentando traduzir...
a sensação de viver e ver a vida passar e enfim morrer, sendo acompanhada pelo velho tempo... que sempre passa e nunca espera.
gostei muito branquinha...
um longo texto, pra um longo sentimento, que só é saciado no ponto final,do ultimo parágrafo.

C.fishing · Mesquita, RJ 9/10/2007 16:50
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Olá, C. querida!
Feliz estou com todos vcs. E em especial, com cada um.
Obrigada por tantas palavras generosas sobre os meus comentários. Todos meeceram e merecem as nossas contribuições. É a lei de ação e reação; é dando que se recebe...
Poesia, gera poesia. E assim, vamos nos alimentando dia após dia com esse 'manjar' dos deuses, a poesia!
Obrigada pelo carinho, mesmo!
Grande abraço!

Branca Pires · Aracaju, SE 9/10/2007 17:47
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Lígia Saavedra
 

Branca.
Está vendo o que dá ficar longe do cuchá, da panelada, do São João, da Madredeus, do Boi-Bumbá, da Ponta da Areia, do Calhau,
do Fofão, da Deodoro, de Ribamar, de........São Luís?
Pois é, dá isso, ficas a ter com o tempo, magnífica!
Bjs

Lígia Saavedra · Ananindeua, PA 9/10/2007 20:16
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Rita Costa
 

Ah! Branca. Eu sabia dessa alma poética.
Que maravilha seu texto querida. Poesia linda, sensivel e profunda.
Sem falar no quanto é primorosa sua escrita.
E isso, como disse o André seus comentários já demostram.
Poetisa,... é uma alegria essa partilha viu obrigada pelo convite. E queremos Bis!!!
Marcadinho. Eu volto. Beijus

Rita Costa · Rio de Janeiro, RJ 9/10/2007 22:14
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Minha querida Lígia e conterrânea do Norte e Nordeste (Maranhão/Pará)!!!!!!!!!!!!!
Nossa, só a tua presença aqui já e tudo! Mas me falando de São Luis, das suas praias, do arroz de cuchá, da Pça Deodoro, São josé de Ribamar, do Bumba-meu-boi (sou fascinada, alucinada por todos), das iguarias das festas juninas, hummmmmmmmmmm, é muita coisa para relembrar e sentir saudades...
Obrigada por me trazer essas lembranças e me levar até lá!
Então, ficar longe de lá por tanto tempo, sair do litoral e ter que me adaptar aqui em Bauru (o começo foi duro, mas hoje amo de paixão essa cidade), foi sem dúvida o meu tempo para reflexões, em coisas nunca antes imaginada.
Obrigada querida e lnda!
Grande abraço!

Branca Pires · Aracaju, SE 10/10/2007 06:35
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
azuirfilho
 

Salva Branca Pires Amiga.
Seu Trabalho é de primeira.
Estou aqui de volta com alegria e orgulho de voce.
Mais uma Venerável Mulher Brasileira cheia de sentimento.
Parabéns pela sua elevação cultural mostrada aqui na sua Arte.

azuirfilho · Campinas, SP 10/10/2007 11:28
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Saramar
 

Querida, voltei para votar.
Já guardei a bela reflexão sobre esse amigo/inimigo que apesar de passar sempre, nunca nos deixa.

beijos

Saramar · Goiânia, GO 10/10/2007 11:29
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Lobodomar
 

Olá Branca, aqui estou eu para carimbar meu voto nesse lindo poema e dizer que já estou esperando por sua próxima arte. Grande abraço, Poetisa!

Lobodomar · Guarapari, ES 10/10/2007 11:30
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Linha do tempo estara copiado para leitura em tardes de domingo...maravilhoso
ótimo e voto com todos os pontos bj

Cintia Thome · São Paulo, SP 10/10/2007 11:39
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Nydia Bonetti
 

Voltei para votar e arquivar! Abraços!

Nydia Bonetti · Piracaia, SP 10/10/2007 12:08
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
W@nder
 

Votado, Branca... com louvor.
bjs.

W@nder · Rio de Janeiro, RJ 10/10/2007 12:36
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Meus queridos: Azuir, Saramar, André Lobo, Cintia, Nydia e W@ander, muitíssimo obrigada!!!!!!!!!!!!!!
Não tenho outras palavras para dizer-lhes que não de agardecimento. Então desejo a todos na mesma intesidade das vossas palavras, os meus mais sinceros votos de louvor! Hoje e sempre!
Beijos no coração e na alma!

Branca Pires · Aracaju, SE 10/10/2007 12:49
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Rubenio Marcelo
 

Branca,
Leio aqui um texto deveras envolvente e belo. Reflexivo e tocante. Suas imagens-palavras empregadas neste registro literário vão aguçando os sentidos e nos mostrando as faces da existência contemplando as metamorfoses.
Belíssimo texto.
Votado!

Rubenio Marcelo · Campo Grande, MS 10/10/2007 15:19
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Rynaldo Papoy
 

Votado.

Rynaldo Papoy · Guarulhos, SP 10/10/2007 15:22
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
carlos magno
 

Que belo relato de um grande amor eterno. Isso é muito bonito e comovente. Cheio de contra tempos mas semmpre admitindo uma nova tentativa ao encontro da felicidade. Meus sinceros aplausos e beijos, amiga Braqnca.
Carlos Magno.

carlos magno · Rio de Janeiro, RJ 10/10/2007 19:07
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Rita Costa
 

Beijus. ;)

Rita Costa · Rio de Janeiro, RJ 10/10/2007 21:13
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Candice Gonçalves
 

Minha querida Branca, antes de tudo: que nome mais bonito.
Acho que o tempo pode sim, ser cauteloso e amigo. Levou anos pra pensar assim, mas acredito que agora estou muito inclinada a andar ao lado dele e tentar desfrutar uma vida inteira pela frente.

Gostei demais das palavras, muito obrigada.
abraços e carinho, Candice

Candice Gonçalves · Crato, CE 11/10/2007 01:27
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Amigos, Rubenio, Rynaldo, Carlos Magno, Rita e Candice meus sinceros agradecimentos!!!!!!!!!!!!!!! Estou honrada com a presença amiga de todos vcs. E muito feliz com as leituras que fizeram ao meus escritos.
Obrigada. Grande abrçao!

Branca Pires · Aracaju, SE 11/10/2007 05:25
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Rangel Castilho
 

Salve, Branca!!!
Palavras às vezes são insuficientes para expressar o que se passa por dentro da gente quando vemos algo tão bonito, algo tão honesto e verdadeiro. Eu sabia que voce era capaz disso e muito mais. Viraste minha companheira de escritos, tu que eras leitora assídua, agora é querer sempre mais. Em busca do coração e da alma, da entrega total da poetisa Branca do Bra-Zil!!!!!

Rangel Castilho · Anastácio, MS 11/10/2007 10:27
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Olha, Rangel, sinta-se também responsável por tamanha ousadia e coragem de me mostrar dessa forma! Juro que não queria. Mas meu, foram tantas as injetadas de puro 'prana' vindo de vcs, que quando me dei conta, já está ai´, na 'boca' do Overmanos!
obrigada, de coração! Mas repito: são dsabafos. Áprendi a falar com os meus 'botões' e um dia aqui e tão só, me pus a escrever e escrever. Foram momentos intensos, aos poucos quem sabe, os mostrarei. Mas, como já falei, neste curto tempo de 'leitora assídua', aprendi muito com vcs. Obrigada, MESTRE!
NAMASTÊ!

Branca Pires · Aracaju, SE 11/10/2007 12:41
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Andre Pessego
 

Branca,
De chamamento, de confissão - de si mesma e do tempo -;
de pregação e ensinamento. Um postulado filosófico,
Extraordinário, um abraço - parabens, é o minimo,
andre.

Andre Pessego · São Paulo, SP 11/10/2007 17:29
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
pocacuca
 

tempo rival,como um cavalo em tropel arrastando tudo para o final
sua intimidade com o tempo, tornou-te sua companheira
vai com ele tranquila,e em paz contigo mesma
ele te protejera, e até mesmo amorte te respeitara

pocacuca · São Vicente, SP 11/10/2007 18:00
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

André Pessego, muitoobrgada pela sua peresença ilustre! Honradíssima estou. E como já falei tantas vezes, encontrei aqui terreno fértil, por isso germinei!
E muitíssimo prazer!
Volte sempre!
Grande braço!

Branca Pires · Aracaju, SE 11/10/2007 18:43
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Pocacuca, obrigadao!
Devo te chamar assim mesmo?
Gostei dos teus comentários e te peço não só para voltar mas como para ficar.
Grande braço!

Branca Pires · Aracaju, SE 11/10/2007 18:46
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Noelio Mello
 

Branca.
O tempo pode ser amigo sincero ou inimigo sem limites. Tudo depende de como olhamos a vida.
Lindo escrito.
Beijos
Noélio

Noelio Mello · Belém, PA 12/10/2007 10:11
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Olá Npélio, bom dia!
É verdade, o tempo é um 'templo sagrado', e está em nós mesmos.
Amigo ou inimigo, depende de como o vemos.
Grata pela sua presença!
NAMASTÊ!

Branca Pires · Aracaju, SE 12/10/2007 10:41
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

NOÉLIO!

Branca Pires · Aracaju, SE 12/10/2007 10:42
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Wagner Miranda
 

Branca,
Gostei muito mesmo.

Beijos e parabéns,

Wagner

Wagner Miranda · Jandira, SP 12/10/2007 18:09
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Leni Martins
 

Oiiii óia eu aqui de novo rsrsrrs...
O que poderia lhe dizer poétinha????
sou péssima comentárista rsrsrs mas sou sensível o sufíciente
para analizar......este é um desabafo....digamos um poema livre...
arrancando as amarras das rimas....do sincronismo...apenas livre...deslizando sobre os pensamentos.....tem seu valor amiga....
Mil beijossssssssssssssssssssss

Leni Martins · São Paulo, SP 16/10/2007 15:49
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Obrigada Wagner, sempe!
Beijos na alma!

Branca Pires · Aracaju, SE 16/10/2007 18:41
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Leni minha linda, A tua presença amiga já disse tudo!!!!!!!!!!!!
Este é sim algo muito especial, pesoal eu diria!
Foi a minha grande descoberta do tempo! Época em que fiz 40 anos. Levei um susto! Derepente não mais jovial, eterna, dona de mim e do 'meu' tempo.... este já havia passado e muito!
Corri para buscá-lo, para entende-lo E ele me voltou sorrindo, me fez ver e crer, que havia passado e muito, mas que ainda podíamos fazer longas caminhadas...
É quase uma saga da minha vida. Portanto, para é quse um 'mantra'. é sagrado!
BEIJÃO!

Branca Pires · Aracaju, SE 16/10/2007 19:23
sua opinião: subir
Marcos Paulo Carlito
 

lá...

Marcos Paulo Carlito · , MS 29/10/2007 11:23
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Marcos grata, por tem vindo a minha tão longe "Linha do tempo"...
Mas o que seignifica o "lá..." ?
Enquanto agurado respostas, agradeço-te mais uma vez!
Super abraço!

Branca Pires · Aracaju, SE 30/10/2007 18:41
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Marcos Paulo Carlito
 

Você só poderá saber se abrir as tuas colaborações antigas na mesma ordem em que eu abri.

Marcos Paulo Carlito · , MS 30/10/2007 18:54
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Eu já entendi e já respondi.
Grata mais uma vez, querido amigo poeta e aqui agora, "cantarolador". Será que não és também um cantor?!
Bjs

Branca Pires · Aracaju, SE 30/10/2007 19:05
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Marcos Paulo Carlito
 

Quem sabe?

Marcos Paulo Carlito · , MS 30/10/2007 19:42
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Edna Queiroz
 

Branca, que maravilha. Fiquei emocionada mesmo. Parabéns! Muito forte, profundo, intenso.
O projeto do trabalho coletivo será muito enriquecedor.
bjs

Edna Queiroz · Rio de Janeiro, RJ 3/11/2007 10:11
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Obrigada Edna, certamnte, o projeto será muito bom. Já li muitos outros trabalhos aqui, relacionados ao tema.
Penso que todos nós sairemos gratificados.
Super abraço

Branca Pires · Aracaju, SE 3/11/2007 10:16
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Alê Barreto
 

Conhecer o tempo, que belo convite. Namastê!

Alê Barreto · Rio de Janeiro, RJ 27/12/2007 10:04
sua opinião: subir
Branca Pires
 

Alê, que bom que viestes, conhecer o tempo se nós mesmos é um desafio. Mas vamos lá nos dá ese prazer!
Grande abraço e efiquemos por ai, na Linha do Tempo e em seus Veros e Conversas com ele...
abração, NAMASATÊ!

Branca Pires · Aracaju, SE 27/12/2007 10:12
sua opinião: subir
Eric Araújo
 

Suspirei... parei... suspirei novamente... respirei fundo... perdi o fôlego... como é pesado o ato de se relacionar com o outro... quanto tempo devemos esperar pra entender e degustar o próximo? isso me incomoda, sabe... começando do começo, lendo seus versos... no dia que ler todos vou abrir uma garrafa de vinho pra comemorar :D
Bjus

Eric Araújo · Belo Horizonte, MG 3/7/2008 03:22
sua opinião: subir
Branca Pires
 

Bom dia Eric!
Ufa, até eu susperii junto. Nossa, não mais tinha visitado ou lido isso aí. (ops, encontrei muito s erros). Não revisei, acho que me empolguei com a primeira postagem e ter que responder a tantos overmanos. Alguns já nem mais frequentam o site, pena!
Obrigada pr me fazer reviver!
Olha, vai com calma, sem presa... Mas acho que tinha mais fôlego, agora estou mais econômica. Pode abrir o vinho sim, brindaremos.
beijão

Branca Pires · Aracaju, SE 3/7/2008 09:21
sua opinião: subir
valdezz
 

maturidade alcançada
parabéns!

valdezz · Arraial do Cabo, RJ 9/12/2008 09:47
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Olá Valdez,
que surpresa a tua viita a esta 1ª postagem.
De fato na linmha do tempo...
Obrigada querido,
beijão

Branca Pires · Aracaju, SE 19/12/2008 13:18
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Falcão S.R
 


TEMPO
Falcão S.R - RJ

Flores que a vida me nega
No tempo em que estou por aqui
Quando meus olhos cerrarem
Serão espalhadas por cima de mim.

Lágrimas que molham meu rosto
Promessas e juras de eterno amor
Que foram perdidas no tempo
E no esquecimento o vento levou.

Gente de vida apressada
Que esqueceu a amizade que ofertei
No último adeus terá todo tempo
Para lamentar a saudade
Que talvez eu deixarei.

Flores que foram arrancadas
Do jardim que eu plantei
Nessa terra abençoada
Que vivi e tanto amei.

Terra que me viu chegar chorando
Vindo de um lugar desconhecido
Mas quem sabe ao retornar
Levarei na alma um sorriso.

Tempo que passa girando
Destruindo a alegria
Eu também vou me vingando
Pois não podes apagar
Minha amada poesia.

Beijos

Falcão S.R · Rio de Janeiro, RJ 24/2/2009 01:26
sua opinião: subir
Branca Pires
 

Falcão querido, obrigada por tanto. Mas obrigada principalmente por deixares um pouco das tuas poesias.

Super abraço!

Branca Pires · Aracaju, SE 24/2/2009 08:21
sua opinião: subir
sheila duarte
 

O reencontro com o tempo. otempo como aliado na travessia da vida. belo texto que vai a cada linha construindo a maturidade, a conciliação e a fusão com ele o senhor e grande deus, que semeia e aflora a vida! Gostei muito!

sheila duarte · São Paulo, SP 14/4/2009 22:52
sua opinião: subir
Branca Pires
 

Obrigada Sheila!
É isso ai. O tempo foi e será um grande aliado. Contará as nossas histórias.
beijos

Branca Pires · Aracaju, SE 15/4/2009 08:46
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
rtf, 4 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

observatório

feed
Nova jornada para o Overmundo

O poema de Murilo Mendes que inspirou o batismo do Overmundo ecoa o "grito eletrônico" de um “cavaleiro do mundo”, que “anda, voa, está em... +leia

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados