Nada Além de Dias – Tua Saudade Me Judia...

1
Rangel Castilho · Anastácio, MS
26/8/2009 · 13 · 23
 

Amostra do texto


Nada além de dias,
Tempo que se alonga em horas suicidas
Sorrisos sem alegria
Saudade que faz me doer antigas feridas

Nada além de cinzas
Meu lápis de cor desbotou-se em cor de chumbo
A tua lembrança que era tão linda
Perdeu-se no vento que dá voltas ao mundo

Nada além do vazio
Horas que se arrastam como correntes de meus fantasmas
Curso de rio
Que me afoga em suas águas.

Nada além do arco-íris sempre adiante
Colinas, planícies e montes
Um país, um paraíso, um continente
Sem a luz dos olhos teus

compartilhe



informaes

Autoria
Rangel Castilho - musico, poeta e pantaneiro.
Downloads
317 downloads

comentrios feed

+ comentar
delen
 

Quando a saudade aperta, tudo fica sem graça néh poeta? Se não fosse a poesia que seria de nós? Abraços!

delen · Cotia, SP 25/8/2009 11:27
sua opinio: subir
Jairo de Salinas
 

Parabéns, Rangel.
Belo texto!

Jairo de Salinas · Salinas da Margarida, BA 25/8/2009 15:09
sua opinio: subir
Doroni Hilgenberg
 

Rangel,
belo poema
a saudade nos eleva nas lembranças alegres,
mas nos afoga nas lembranças tristes.
bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 25/8/2009 16:44
sua opinio: subir
Saramar
 

Que bom voltar a lê-lo!
Este poema, de dor e saudade, traz de volta o sentido do amor, o verdadeiro sentir do amor, que nunca passa, só aumenta, tanto quanto a saudade.
É lindo!

beijos

Saramar · Goiânia, GO 26/8/2009 16:08
sua opinio: subir
Rangel Castilho
 

Salve, Delen!

Salve a poesia que vem de Cotia!

Abraço Pantaneiro.

Rangel Castilho · Anastácio, MS 26/8/2009 23:25
sua opinio: subir
Rangel Castilho
 

Salve, Jairo!

Obrigado, meu amigo!

Abraço Pantaneiro.

Rangel Castilho · Anastácio, MS 26/8/2009 23:26
sua opinio: subir
Rangel Castilho
 

Salve, Doroni!

As lembranças tristes ou alegres
só nos fazem lembrar que vivemos
e muito bem...

Abraço Pantaneiro.

Rangel Castilho · Anastácio, MS 26/8/2009 23:29
sua opinio: subir
Rangel Castilho
 

Salve, Saramar!

Salve esse amor que tira de nós versos sem fim...

Abraço Pantaneiro.

Rangel Castilho · Anastácio, MS 26/8/2009 23:32
sua opinio: subir
Andrêzza Castro
 

Saudade que traz dor e ao mesmo tempo calor aos nossos corações.
Felicidade por sentir pulsar no peito sentimentos intensos.
Estamos vivos!
Votado!

Andrêzza Castro · Nossa Senhora da Glória, SE 27/8/2009 00:32
sua opinio: subir
Cláudia Campello
 

"Tempo que se alonga em horas suicidas"

É, o amor nos mata e ao mesmo tempo nos salva!
adorei esse poema, mto.

bjssssss;

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 27/8/2009 04:31
sua opinio: subir
Marcos Filho
 

Para os que se amam há a certeza do reencontro... afinal, a força espiritual é pura atração - que seja além da vida material... dentro da verdade, na realidade superior, não há injustiça... entonces: a nossa felicidade faz felizes os que de longe nos sentem...

Marcos Filho · Campo Grande, MS 27/8/2009 13:44
sua opinio: subir
Doroni Hilgenberg
 

voltando
bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 28/8/2009 16:20
sua opinio: subir
Cintia Thome
 

A tua lembrança que era tão linda
Perdeu-se no vento que dá voltas ao mundo


Amor de cor
Cor de Amor

Chumbo vermelho...
Rangel poetar é com você.

bj

Cintia Thome · São Paulo, SP 28/8/2009 17:06
sua opinio: subir
ayruman
 

Eita saudade danada sô!
Um grande abraço.

ayruman · Cuiabá, MT 29/8/2009 13:46
sua opinio: subir
Rangel Castilho
 

Salve, Andrêzza

Estamos vivos!

Vamos experimentar o sal e o açucar!

Abraço Pantaneiro.

Rangel Castilho · Anastácio, MS 29/8/2009 14:44
sua opinio: subir
Rangel Castilho
 

Salve, Claudia!

"o amor nos mata e ao mesmo tempo nos salva"
Que síntese!

Abraço Pantaneiro.

Rangel Castilho · Anastácio, MS 29/8/2009 14:46
sua opinio: subir
Rangel Castilho
 

Salve, Marcos!

A espiritualidade do amor nos eleva muito perto de Deus!

Abraço Pantaneiro.

Rangel Castilho · Anastácio, MS 29/8/2009 14:47
sua opinio: subir
Rangel Castilho
 

Salve, Cintia!

Amor de cor - amor de amor!

Abraço Pantaneiro.

Rangel Castilho · Anastácio, MS 29/8/2009 14:50
sua opinio: subir
Rangel Castilho
 

Salve, Ayruman!

Eita saudade danada sô!

E, não é?

Abraço Pantaneiro.

Rangel Castilho · Anastácio, MS 29/8/2009 14:51
sua opinio: subir
Juliaura
 

quando é nada que há pode ser possível tudo, poeta querido.

Juliaura · Porto Alegre, RS 30/8/2009 18:34
sua opinio: subir
Rangel Castilho
 

Salve, Juliaura!

É certo!

Se for na cabeça é oficina do diabo.
No coração é saudade...

Abraço Pantaneiro.

Rangel Castilho · Anastácio, MS 30/8/2009 18:37
sua opinio: subir
Rose Rocha
 

Quando o coração canta a saudade numa emoção que é a SuperVisão dos sentidos, que andam aflitos a espera do amor... Tudo fica leve, a dor fica amena se o pensar traz a beleza da poesia, até parece que o sofrimento vale a pena, a tinta... as digitais cravadas no peito quando tentava cavocar Todo Sentimento que enroscou nas suas fibras...

Lindo, Poeta! Parabens! Um abraço.

Rose Rocha · Jundiaí, SP 31/8/2009 15:01
sua opinio: subir
Rangel Castilho
 

Salve, Rose!

Obrigado por me trazer céu sorriso!

Abraço Pantaneiro.

Rangel Castilho · Anastácio, MS 1/9/2009 12:32
sua opinio: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faa primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Voc conhece a Revista Overmundo? Baixe j no seu iPad ou em formato PDF -- grtis!

+conhea agora

overmixter

feed

No Overmixter voc encontra samples, vocais e remixes em licenas livres. Confira os mais votados, ou envie seu prprio remix!

+conhea o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados