Náufrago (uma vez um baile)

1
Nivaldo Lemos · Rio de Janeiro, RJ
6/8/2007 · 200 · 33
 


Guardo sob as pálpebras o desejo alcalino,
rodopiam na memória os passos de minha solidão
ao som de moon light serenade.
Vejo-me com olhos de não saber-me,
eu, estrangeiro em mim mesmo.
O que fui e o que sou habitam em mim,
fragmentos da mesma sombra
absconsa, cínica, insone, absíntica,
que nada sabe do meu corpo,
dos meus pêlos, meus sonhos
meus medos, meu esquecimento.

Ah, esse estigma, minha enigmagem.
Ah, esse meu descostume à alegria,
essa nostalgia de moon light serenade.

Dançam imagens na taça derramada de meus olhos
e meu desejo rubro arde como uma vela à luz da tarde,
retornando do exílio à pátria insone do meu corpo:
espiga debulhada, torvo chão, cravo amordaçado,
gota em chamas, beijo de cereja entre os lábios,
como um sol amargo diluído num copo de campari.

E eis que no escuro átimo divisei um oceano oculto:
rosto, braços, seios, pernas, corpo, hálito, ancas
e sua respiração arfando como violino sob as águas.
Mas quem era a mulher assim tão cristalina,
ornamentada de um aveludado verde-musgo
como araucária nua ao vento de uma praia?

Quem, se não consta na aurora ou no crepúsculo?
Como saber daquela fada ou musa florestal,
se não colhi um beijo, um afago, a rosa física?
Apenas lembro da sua luminosa nádega de cristal
desfibrilando no escuro do salão o meu desejo,
como labareda fátua a incendiar um náufrago.

compartilhe



informações

Downloads
221 downloads

comentários feed

+ comentar
Marcos André Carvalho Lins
 

muito bom, Nivaldo!!!!
excelente!!
abraços,

Marcos André Carvalho Lins · Recife, PE 3/8/2007 19:02
sua opinião: subir
Benny Franklin
 

Reverenciando a performance deste instigante poema.
Parabéns! Votadíssimo.

Benny Franklin · Belém, PA 5/8/2007 20:43
sua opinião: subir
jjLeandro
 

Tá lá, Nivaldo, apreciado e votado.
abcs

jjLeandro · Araguaína, TO 6/8/2007 16:06
sua opinião: subir
Nivaldo Lemos
 

Obrigado, JJ.
Um abraço.

Nivaldo Lemos · Rio de Janeiro, RJ 6/8/2007 16:19
sua opinião: subir
Roberta Tum
 

Quanta melancolia derramada nos seus versos perfeitos meu amigo!
Gostei muito!

Roberta Tum · Palmas, TO 6/8/2007 17:06
sua opinião: subir
FILIPE MAMEDE
 

Fica difícil comentar alguma coisa diante da beleza do teu texto. E que adjetivos usaste hein...

Um abraço.

FILIPE MAMEDE · Natal, RN 6/8/2007 17:38
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Nivaldo Lemos
 

Roberta,
obrigado pela gentileza do seu comentário.
Um abraço.

Filipe,
obrigado, também, meu amigo. Que bom que gostou.
Abração.

Nivaldo Lemos · Rio de Janeiro, RJ 6/8/2007 17:55
sua opinião: subir
Nivaldo Lemos
 

Marcos André e Benny,
desculpem-me a indelicadeza de não tê-los respondido antes e obrigado por lerem o texto e gostarem. Foi puro descuido, acreditem. Um abração.

Nivaldo Lemos · Rio de Janeiro, RJ 6/8/2007 17:58
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Lucas Pereira
 

Grande Nivaldo, achei o texto duma beleza fantástica.

eu, estrangeiro em mim mesmo

Parabéns mesmo.
abraços

Lucas Pereira · Sabará, MG 6/8/2007 18:02
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Nivaldo Lemos
 

Valeu, Lucas. E obrigado.
Abração.

Nivaldo Lemos · Rio de Janeiro, RJ 6/8/2007 18:05
sua opinião: subir
crispinga
 

Feeling blues...

crispinga · Nova Friburgo, RJ 6/8/2007 18:05
sua opinião: subir
Nivaldo Lemos
 

Que bacana esta sensação... Obrigado.
Abração.

Nivaldo Lemos · Rio de Janeiro, RJ 6/8/2007 18:12
sua opinião: subir
André Gonçalves
 

"luminosa nádega de cristal" foi uma delícia. como todo o resto.
abraço.

André Gonçalves · Teresina, PI 6/8/2007 18:13
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Nivaldo Lemos
 

Valeu, André.
Obrigado, amigo.
Um abraço.

Nivaldo Lemos · Rio de Janeiro, RJ 6/8/2007 18:16
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Saramar
 

Poeta, minhas reverências.
Fico sem palavras quando a beleza é tão grande, quando os versos são cristal de fina lapidação e, apesar disso, alma, sangue, paixão.
Belíssimo.

beijos
P.S. Esse "meu descostume à alegria"... se parece tanto comigo!

Saramar · Goiânia, GO 6/8/2007 18:26
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Nivaldo Lemos
 

Que bom que gostou, Saramar. Obrigado pelos comentários, sempre tão eloqüentes. E um beijão também pra você, amiga.

Nivaldo Lemos · Rio de Janeiro, RJ 6/8/2007 18:40
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Francinne Amarante
 

menino, mas que belo texto!!!
tão lírico, libidinoso, suave e vigoroso (nossa, misturei... mas percebi tudo ao mesmo tempo no texto) muito gostoso de ler.
abraços,
francinne

Francinne Amarante · Brasília, DF 6/8/2007 18:54
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Nivaldo Lemos
 

Obrigado, Francinne. E que bom que você conseguiu sentir tudo isso na minha poesia. É um alento. Obrigado mesmo.
Abração.

Nivaldo Lemos · Rio de Janeiro, RJ 6/8/2007 19:15
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Juliaura
 

Nivaldo,
corri, corri, esbafori,
e só dei pra chegar agora.
É, de cara com um mar tão belo de nem noite, nem tarde.
E te vi fugindo de ti pra encontrar contigo mesmo logo ali,
dobrando a esquina, já cuba-libre e ela, morena, na direção de um táxi...
- Chauffeur! Chauffer!
Tu, gentil, desabando o casaco de linho brasperolo na poça verde, a dizer:
- Pour ici, 'demosele
Vovó disse-me aqui que só podias sair à francesa dessa sinuca de bico, não é fato?

Juliaura · Porto Alegre, RS 6/8/2007 23:10
sua opinião: subir
Adroaldo Bauer
 

Por certo perdestes o senso,
Vistes a lua em absinto seco
E jogastes a ela uma réstia
do que nos resta: desejo.

Muito poético, Nivaldo.

Adroaldo Bauer · Porto Alegre, RS 6/8/2007 23:14
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Senhorita Miller
 

onde tem pra vender?
essa poesia toda
parabéns umas 9 vezes pelo menos

Senhorita Miller · São Paulo, SP 6/8/2007 23:42
sua opinião: subir
Nivaldo Lemos
 

Juliaura, Adroaldo e Senhorita Miller
só posso dizer o quanto fico gratificado por me terem lido e aprovado. Muito obrigado mesmo a todos. Um beijo carinhoso em cada um.

Quanto a comprar, infelizmente, Senhorita Miller, ainda não editei nada de poesia. Os únicos livros que tenho são em co-autoria e de história (um de Brasil - Fazendo a História - outro de América - História das Sociedades Americanas, ambos escritos em conjunto com os professores Rubim Leão de Aquino e Oscar Guilherme Pahl Campos Lopes), publicados pela Record e à venda nas boas livrarias do ramo.

Nivaldo Lemos · Rio de Janeiro, RJ 7/8/2007 10:14
sua opinião: subir
Cida Almeida
 

Suas palavras sempre uma festa para os sentidos! Até vi Glenn Miller e sua big band numa serenata ao luar seguindo a trilha das suas palavras. Aproveito a brecha de que a palavra é metade de quem escreve e metade de quem lê para usar a minha cota da leitura. Poesia? Sim, claro que sim, e da melhor safra nivaldiana. Mas menino, que baita conto poético! Emendando um verso no outro, estrofes dando vez aos parágrafos... Eis um conto, redondinho, redondinho. Suas palavras são uma festa para os sentidos, o que justifica a minha intromissão de leitora.

Abraços.

Cida Almeida · Goiânia, GO 7/8/2007 12:57
sua opinião: subir
Nivaldo Lemos
 

Cida,

Obrigado mais uma vez por suas palavras e a precisão da análise. Eu não tinha pensado em conto poético, mas sabe que você tem razão? Esta poesia é antiga e de fato se confunde em prosa. Quanto a sua "intromissão" de leitora, ela é sempre um prazer e muito bem-vinda, fique certa.

Um abraço.

Nivaldo Lemos · Rio de Janeiro, RJ 7/8/2007 17:05
sua opinião: subir
analuizadapenha
 

oi... com olhos de sal admirando esta mulher que não surge, mas insurge entre as linhas... de um poeta. Daqui da terra Natalís, abraços.

analuizadapenha · Natal, RN 10/8/2007 09:25
sua opinião: subir
Marluce Freire Nascasbez
 

Nivaldo,

Texto de uma "belezamágica", você lê e vive o escrito!
Encantada! Lindo, lindo!

Parabéns!


Um aBRAÇO, Marluce

Marluce Freire Nascasbez · Carnaíba, PE 10/8/2007 20:58
sua opinião: subir
sandra vi
 

prova de que escrever é ofício e artifício
engenho e arte

sandra vi · Petrópolis, RJ 21/8/2007 22:19
sua opinião: subir
Nivaldo Lemos
 

Ana Luíza, Marluce e Sandra,quanta gentileza a de vocês. Obrigado mesmo.

Um abraço carinhoso em cada uma.

Nivaldo Lemos · Rio de Janeiro, RJ 22/8/2007 10:16
sua opinião: subir
Adriana Costa
 

Nivaldo...
Estou encantada!!!
Flores, muitas flores para você! @>--

Adriana Costa · Brasília, DF 22/8/2007 18:01
sua opinião: subir
Nivaldo Lemos
 

Obrigado, Adriana.

Um buquê pra você também.

Nivaldo Lemos · Rio de Janeiro, RJ 22/8/2007 18:10
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Poema rico, provoca...Gostei muito.
Um abraço.

Cintia Thome · São Paulo, SP 2/10/2007 16:41
sua opinião: subir
Nivaldo Lemos
 

Obrigado, Cíntia, pela visita aos meus poemas.

Bjs

Nivaldo Lemos · Rio de Janeiro, RJ 2/10/2007 16:48
sua opinião: subir
Cláudia Campello
 

...e conheço te coloco, a partir de agora
em minha constelaçao de poetas...maiores.
vc é genial. mto mesmo!

bjssssss;

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 13/5/2010 22:55
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 20 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados