"NAVEGAR"

1
kfarias · Águas de Lindóia, SP
17/7/2012 · 7 · 8
 


“NAVEGAR”
kfarias
Vem
Navega
No meu corpo
Ice ancora
E que os bons ventos
Nos leve
Alem imaginação
Pois tudo
É e sempre será
Como deve ser
Entre beijos e abraços
Corpos que se encontram
E o calor da paixão
A nos aquecer...
Que as ondas
Arrebentem
Contra rochedos e praias
E que espumas
De satisfação
E prazeres
Deixem-nos
Lentamente
Como a vida
Que se esvai.

Sobre a obra

Navegar sempre foi preciso, viver pode ser ou não. E nesse navegar de amor...

compartilhe



informações

Autoria
Carlos Alberto de Farias, kfarias, assina: "NAVEGAR"
Ficha técnica
O amor está no ar, na terra e no no mar, cada corpo e um planeta, universo de ilusões e sonhos, pelo simples prazer de amar....
Downloads
142 downloads

comentários feed

+ comentar
alcanu
 

A vida se esvai em nossos muitos cais !
Linda obra, meu amigo !
um beijo !

alcanu · São Paulo, SP 18/7/2012 16:53
sua opinião: subir
Carlos R Rocha
 

Naveguei nestes versos.
mt bom, abraço.

Carlos R Rocha · São Paulo, SP 18/7/2012 19:29
sua opinião: subir
ayruman
 

"Como a vida
Que se esvai".


Mas que sempre volta livre, leve e cada vez mais intensa!

Fraternalmente...

ayruman · Cuiabá, MT 19/7/2012 09:21
sua opinião: subir
Zezito de Oliveira
 

Kro,

Um poema bom de ler, porque nos transmite uma sensação de liberdade.
Abs,

Zezito de Oliveira · Aracaju, SE 20/7/2012 07:26
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Navegar é lindo...belo poema do mar...mar da vida

Cintia Thome · São Paulo, SP 20/7/2012 10:25
sua opinião: subir
elindsant
 

Muito bom! navegar com a pessoa amada é muito bom, belo poema.

elindsant · São Paulo, SP 22/7/2012 12:31
sua opinião: subir
PIERROFXZ
 

Em sua composição "NAVEGAR"
me fez navegar além mar...
nas ondas de cada palavra, sendo levado em sentidos vastos, entre a_mar da embarcação da vida...

At + 1 abrç overmano.

PIERROFXZ · Lages, SC 23/7/2012 09:14
sua opinião: subir
MartaLucena
 

Esvair-se de amor, os bons ventos sopraram e minha imaginação viajou por cada verso, entre as ondas que batem nos rochedos a calmaria se instalou, fecho os olhos e vejo-me, pois tudo é e sempre será como deve ser! Uff poeta não faz assim...beijos

MartaLucena · Natal, RN 18/8/2012 00:12
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter