O instante

próprio
1
Higor Assis · São Paulo, SP
1/5/2008 · 108 · 11
 

Amostra do texto



Gosto do cheiro, do gosto,
deste meu jeito de lhe estremecer.
A aventura mais gostosa,
do beijo, do gesto e da pegada,
faz-me por vezes viver.


Intensamente quero, preciso, e furto-me
por um segundo assim.
Sem amanhã, sem um único fim,
outra verdade de verdade,
afável só pra mim.


Louco e neurótico,
vivo este mundo sem glória.
Não meço injúria nem mea culpa,
na fresta do desejo, vivo pela explosão
d’um brilho intenso de marfim.


Corrói-me no vazio da separação
o rompimento n’esta alma.
Clamarei no límpido e robusto esquecimento,
que abastado de mim libertará e,
soará descrente clamado entre a larim.


Sobre a obra

Entre o instante e o depois do instante - Um 'deja vu'

compartilhe



informações

Autoria
Higor Assis
Ficha técnica
Larim
s. m., Bot.,
árvore espinhosa do Oriente;

marfim
Bot., Brasil,
- -vegetal: fruto muito rijo de certa palmeira;
deixar correr o -: deixar que as coisas sigam o seu curso natural, não se importar.
Downloads
413 downloads

comentários feed

+ comentar
Marcos Pontes
 

Muito interessante a construção.

Marcos Pontes · Eunápolis, BA 28/4/2008 21:16
sua opinião: subir
Branca Pires
 

Oi Higor,
Este teu instante em 'deja vu' está permeado de fragmentos de todo um existir.
Desde o gosto beijo à incerteza do amanhã. E asim somos almas em constantes 'deja vu".
Um grande abraço

Branca Pires · Aracaju, SE 29/4/2008 08:39
sua opinião: subir
Higor Assis
 

Obrigado pelo apoio Marcos Pontes.

Olá, Branca....

Muito obrigado pela presença e pelo seu elogio.

Higor Assis · São Paulo, SP 1/5/2008 10:59
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

jogamos, mas
como diz um jornalista querido
este instante é a duração de uma flor...
Parabens mais uma vez.
Deja vu...ab

Cintia Thome · São Paulo, SP 1/5/2008 12:11
sua opinião: subir
Benny Franklin
 

Higor,
poema de ferir escuridão.
Boa!
Abçs.

Benny Franklin · Belém, PA 1/5/2008 13:08
sua opinião: subir
Marcos André Carvalho Lins
 

Parabéns, Higor!!!
Simplesmente brilhante!!!
Grande abraço meu amigo,

Marcos André Carvalho Lins · Recife, PE 1/5/2008 19:07
sua opinião: subir
clara arruda
 

Adorei seu instante.
Publicado.Com carinho dessa amiga overmina.

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 1/5/2008 20:32
sua opinião: subir
Lili_Beth*
 

Olá Felipe!

Gostei do cheiro e do gosto gostoso e (des)conhecido
Uma lembrança do que foi e voltou
Seu "Instante"

Beijos_Meus*
*

Lili_Beth* · Rio de Janeiro, RJ 2/5/2008 12:07
sua opinião: subir
Lili_Beth*
 

Desculpe Higor!

Ato falho! rsrsrs

Digo e repito:
Olá Higor!

Lili_Beth* · Rio de Janeiro, RJ 2/5/2008 12:09
sua opinião: subir
Higor Assis
 

Amigos, Cintia, Benny, Marcos, Clara Arruda e Lili Beth..

Muito obrigado pelos elogios, sugestões e agradecimentos... Valeu mesmo pessoal!!!

Higor Assis · São Paulo, SP 3/5/2008 09:07
sua opinião: subir
wiliam barros
 

Neurótico e Marfim...
Nunca se usou tanto esta primeira entre nós, diariamente...
Nunca mas vi nada, qualquer coisa mesmo pequena, de marfim.
E está é a analogia para mim, destes versos do Assis:
"Banidos das torres, poetas agora são meros transeuntes do Kaos,
sua perspectiva, antes elevada, agora mesclada ao comum, ao mero
vulgar de quem só existe. Ao elevarmos, vemos, e tentamos sim,
obter a solução da difícil arte de comunicar, compartilhar esta visão."

wiliam barros · São Paulo, SP 20/11/2008 15:15
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 20 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados