O íntimo não aguentou a pressão.

1
ana_isabelle · Fortaleza, CE
22/10/2007 · 86 · 19
 

Entender o insight maior como nunca dever-se prender por dentro, subornar ao que se tem em maior essência.
Nem sempre a razão traz o melhor de si. E os sentimentos e sensações, enquanto exercícios de liberdade, não suportam serem tratados como passarinhos em gaiola.
Sim, eles não passam despercebidos. E, um dia como surpresa, podem vir cobrar seu preço. A presença no passado, aquele momento em que o silêncio o substituiu, a hora em que outro assunto foi colocado em pauta, a lágrima esquecida, o abraço que ficou por dar, o sorriso espontâneo ou a tentativa de esconder o óbvio.
É, mas é certo o quão a vida carece de sentido e não se contenta com um mero faz de conta. O presente que se passa é crédito a ser vivido e sentido ao seu tempo. Alegria, felicidade, saudade, amor, dor. Quantos são aqueles capazes de dar sentido à vida humana?
E quanto à dor? A dor, inevitavelmente, também vem no pacote. Não aceitar tal fato pode ser apenas o adiar para um dia surpreender-se com sua chegada sem pedir licença e assim vivê-la em um diâmetro maior.
Ou pior, talvez sem saber lidar com o paralelo entre o que veio sem mais perguntar passagem e os outros âmbitos da vida.
É urgente! Experimentar a vida com tudo, com o que há para oferecer.
Assim, talvez, o equilíbrio espontâneo entre ser e existir, livre e de verdade.

compartilhe



informaes

Autoria
Isabelle Gois
Downloads
258 downloads

comentrios feed

+ comentar
Paulo Esdras
 

A dor da consciência é muitas vezes maior que a dor física. Mas a dor sentimental é insuperável... E ter a consciência plena desta dor apenas aumenta sua intensidade. Bonito texto!

Paulo Esdras · Brumado, BA 19/10/2007 11:55
1 pessoa achou til · sua opinio: subir
Candice Gonçalves
 

o lance da solidão acompanhada de nietzsche, do esquecimento, da falta de capacidade de amar, perdoar, etc. muito bonito o que foi escrito aqui, mocinha. hoje eu vivo uma vida de um dia após o outro, e a cada dia rezo pra acordar uma pessoinha melhor, de alma mais elevada e tranquila.

ando pedindo perdão, dizendo que amo e trocando muitos por poucos e melhores. e por aí vai!

boa sorte e volto pra votar! lindo.

Candice Gonçalves · Crato, CE 19/10/2007 13:37
1 pessoa achou til · sua opinio: subir
Rubenio Marcelo
 

Ana, gostei do texto. Li e relamente me identifiquei com ele.
Vo(l)tarei.

Valeu.

Rubenio Marcelo · Campo Grande, MS 20/10/2007 20:39
1 pessoa achou til · sua opinio: subir
Nydia Bonetti
 

Ana,
Harmonia... esta deveria ser a nossa grande busca...
Gostei da sua reflexão.
Abçs.

Nydia Bonetti · Piracaia, SP 20/10/2007 21:19
1 pessoa achou til · sua opinio: subir
carlos magno
 

Muito interessante teu texto minha querida Ana. Meus sinceros aplusos e beijos.
Carlos Magno.

carlos magno · Rio de Janeiro, RJ 20/10/2007 21:33
1 pessoa achou til · sua opinio: subir
ana_isabelle
 

oi, Paulo.
Fico muito grata por suas contribuições. Porém, também vejo que em determinados momentos da vida ter consciência plena da dor pode ser a mola para transformar a realidade, buscar mudanças, despedir-se da dor e encontrar a felicidade.
abraço!!

ana_isabelle · Fortaleza, CE 20/10/2007 21:39
1 pessoa achou til · sua opinio: subir
ana_isabelle
 

Meus outros queridos amigos:

Candice, concordo plenamente com o seu relato. Vida é ou deveria ser assim, dia após dia. Aprendizado e dando sempre o nosso melhor. beijos, querida!!

Rubenio, que legal vc ter se identificado!!
beijos!!

Nydia, seus comentários tem me acrescentado. Sintetizou perfeitamente com a palavra harmania Sempre apareça aqui, viu? beijos!!

Carlos, que legal você por aqui. Fico alegre que gostou!!
beijos!!

ana_isabelle · Fortaleza, CE 20/10/2007 21:46
sua opinio: subir
 

HUMMM... contrariando tua mensagem (que fala de sentientos como exerc´cios de liberdade) seu texto é RACIONAL ao extremo, sêco, frio como um pinguim nôvo. Faltou-me poder ver A ALMA da Autora, para me convencer da sinceridade das afirmações.
Volto pra votar e reler, mas os comentários são mais reveladores!

"NATO" AZEVEDO · Ananindeua, PA 20/10/2007 22:02
sua opinio: subir
Marcos Paulo Carlito
 

Ana,

Gostaria de poder viver essa incomensurável liberdade...

Marcos Paulo Carlito · , MS 20/10/2007 22:36
2 pessoas acharam til · sua opinio: subir
Joana Eleutério
 

"É urgente! Experimentar a vida com tudo, com o que há para oferecer. Assim, talvez, o equilíbrio espontâneo entre ser e existir, livre e de verdade." Adorei este fecho do seu texto. Bjs.

Joana Eleutério · Brasília, DF 20/10/2007 22:46
1 pessoa achou til · sua opinio: subir
ana_isabelle
 

olá, NATO.
Não compartilho do pensamento que sujeito e objeto, autor e obra não se confundem. Claro, isso acontece e é natural. Muito difícil alguém falar daquilo que não tem nenhuma propriedade, nem que seja só em idéias. Entretanto, não há como decifrar quanto do autor se tem em um texto.
A maior parcela pode ser pura abstração.
No meu caso o texto nasceu de uma visão de humano enquanto ser existencial que tenho, embora compreenda que conquistar tal proeza seja demasiado difícil. Talvez fui muito teórica, mas com certeza as palavras nasceram de um olhar observador que tenho da particularidade.
até mais!!

ana_isabelle · Fortaleza, CE 21/10/2007 00:49
1 pessoa achou til · sua opinio: subir
Andre Pessego
 

Ana,
Não sei se ter a dor, seja o mesmo sentido de vive-la. Me retrato muito em Castro Alves: O mais lindo, o mais paparido dentre os lindos...... ninguém viveu mais a dor que Castro Alves.
E esse transporte? Como trilhar entre um "momento" e outro
já que estavam ali, nele, simultâneamente. Sou dos que perseguem a felicidade na luta pela realização "dum" ideal - que esteja no
ser feliz com a felicidade alheia.
Mas, do teu texto, claro com as limitações tempo-espaço
muito bom.
um abraço, andre.

Andre Pessego · São Paulo, SP 21/10/2007 07:02
1 pessoa achou til · sua opinio: subir
Rita Costa
 

Ana,... gostei muito do seu texto.
Obrigada pelo convite à leitura querida. Um abraço

Rita Costa · Rio de Janeiro, RJ 21/10/2007 11:38
1 pessoa achou til · sua opinio: subir
Kais Ismail
 

gostei! votei.

Kais Ismail · Porto Alegre, RS 21/10/2007 15:17
1 pessoa achou til · sua opinio: subir
carlos magno
 

Cheguei pra votar.
Beijos.
Carlos Magno.

carlos magno · Rio de Janeiro, RJ 21/10/2007 18:46
1 pessoa achou til · sua opinio: subir
Felipe Henrique
 

Li gostei votei!!!!!!!!!!
beijos e flores para vc.

Felipe Henrique · Mesquita, RJ 21/10/2007 23:30
1 pessoa achou til · sua opinio: subir
azuirfilho
 

Nobre Senhora Ana Isabelle Amiga
Pontos importantíssimos muito bem lembrados.
O Tempo passa rápido mas, sempre podemos fazer alguma coisa pela nossa alma.
Seu trabalho é uma poderosa colaboração pra gente resolver muitas pendências da vida e poder voar.
Parabéns pela sua inspiração em nos revelar esses pontos vitais para a Paz deEspírito.
Votado com orgulho.
Receba um grande abraço Amigo.

azuirfilho · Campinas, SP 22/10/2007 13:02
1 pessoa achou til · sua opinio: subir
anamineira
 

Ana, gostei demais do seu texto. Viver todas emoções, ou melhor "soltar a franga", como se diz aqui em Minas faz bem para a saúde, mas.... nem sempre é possível.
Votado. abraços.

anamineira · Alvinópolis, MG 22/10/2007 16:55
1 pessoa achou til · sua opinio: subir
Lígia Saavedra
 

Oi Ana, dia desses poetei sobre o tema e creio que vc tem toda a razão em rezar um "viver o momento". Saiba que vivi intensamente os meus e hoje só conto sobre eles. Rsrsrs!!!
Muito bom!
Bjs

Lígia Saavedra · Ananindeua, PA 22/10/2007 19:20
1 pessoa achou til · sua opinio: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faa primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 24 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Voc conhece a Revista Overmundo? Baixe j no seu iPad ou em formato PDF -- grtis!

+conhea agora

overmixter

feed

No Overmixter voc encontra samples, vocais e remixes em licenas livres. Confira os mais votados, ou envie seu prprio remix!

+conhea o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados