O OLHAR DA ESTÁTUA

http://www.thais.itsculturabandinig.htm
1
Marco Bastos · Salvador, BA
11/2/2008 · 117 · 38
 

O OLHAR DA ESTÁTUA
Marco Bastos

olhos ternos, semi-cerrados,
lá dentro há vida. na escultura,
diamantes cravados na testa altiva
- sublime, vive a História...

olhar de semi-deuses
antigos brilhos sorridentes
- colunas, capitéis de louros cachos
sustentam há séculos a luz perdida...
- conchas, pálpebras do mar,
onde se ouviu a voz do vento...

olhos que se embrenham na escuridão do ser,
retida a imagem da última claridade
- lá morou a luz e se ri a ex_cultura.

compartilhe



informações

Autoria
Poesia de Marco Bastos.
Ilustração: JUNO- Escultura Barroca de Giovanni Bandini - Itália
Ficha técnica
Arquivo do Word contendo Poesia e Fotografia
Downloads
205 downloads

comentários feed

+ comentar
Carlos ETC
 

Gostei, Marco!
Muito inteligente o final do poema.
Abraço
http://interludios.blogspot.com

Carlos ETC · Salvador, BA 8/2/2008 17:00
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Marco Bastos
 

Obrigado, Carlos.
Ainda estou com dificuldades para ajustar a imagem. O arquivo original não foi aceito por ser vertical. Enfim, aprendendo. rs.

Marco Bastos · Salvador, BA 8/2/2008 17:02
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Efige
 

Acredite, quando leio suas mensagens, parecem vindas por altas esferas, pois você sempre consegue fazer com que eu viajo por galáxias interiores, e isso me leva a uma gostosa sensação, onde a fantasia toma proporções fantásticas dentro do eu, obrigada, assim que sair aqui a votação, me avise, Efigênia Coutinho

Efige · Balneário Camboriú, SC 8/2/2008 17:17
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
silviaraujomotta
 

Quanta inspiração!Adorei:
olhos que se embrenham na escuridão do ser,
retida a imagem da última claridade

silviaraujomotta · Belo Horizonte, MG 9/2/2008 00:53
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Marco Bastos
 

Obrigado, Sílvia. Também gostei bastante da sua escada de trovas. bom dia.

Marco Bastos · Salvador, BA 9/2/2008 06:44
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Marco Bastos
 

Interessante essa percepção do concerto das galáxias, esse "enxergar" com o olhar olhar da mente - empatia com o Universo. Eu acho que o Homem é prisioneiro de Gaia, a Terra na qual não conseguimos sobreviver nos desertos, nos polos, nas montanhas. O que pensar das imensuráveis distâncias, pressões e temperaturas de que não se faz idéia? No entanto também sinto essa imensa familiaridade com as Galáxias, porque o poeta sonha...em preservar seu único habitat. No meu coração eu tenho um marca-passo que se encontra em um Pulsar prá lá de Bagdá...bem prá lá da Horsehead na Constelação de Orion. rs. Aviso sim, Efigênia.

Marco Bastos · Salvador, BA 9/2/2008 07:26
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
ana wagner
 

Marco, nem preciso dizer que sou tua fã e gosto de tudo que escreves. Teu comentário acima valeria uma prosa poética e quanto ao poema, fantástico! Parabéns! Beijos.

ana wagner · Porto Alegre, RS 9/2/2008 09:26
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
victorvapf
 

O olhar da estatua e' o olhar da eternidade, nos curvamos diante do seu olhar!

victorvapf · Belo Horizonte, MG 9/2/2008 14:33
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
lapaiva
 

Caro Marcos,
Ja sabes minha opinião sobre você...Não vou dizer que sou escultor porque soaria demasiado pretencioso... talvez seja isso mesmo que vc sabiamente diz um ex-cultor... Vc que tb é artista de uma olhada no meu trabalho de artes plasticas... minha ultima escultura foi feita em 2000 ou 2001... http://unicasaida.wordpress.com clique em arte...tem alguma coisa ali... A sua visão é muito interessante "olhos que se embrenham na escuridão do ser" eu sempre olhei a escultura como uma coisa viva...com seus sentidos esteticos e formas e sombras e seu interior expressivo...mas nunca tinha imaginado a escultura me olhando...se embrenhando na escuridão do meu ser... Passo agora de observador para observado.
um grande abraço... obs.: e por falar em Juno, não deixe de ver esse filme no cinema...nada a ver com a deusa da colheita...mas tudo a ver com a deusa do parto...

lapaiva · São Paulo, SP 9/2/2008 15:12
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
W@nder
 

Marcos, a arte, quando é concebida, fala por si e pelo seu idealizador. O artista gera vários filhos durante a sua jornada. A sua poesia diz muito da sua paixão pela arte.
Gostei muito.
Grande abraço e vo(l)to.

W@nder · Rio de Janeiro, RJ 9/2/2008 15:22
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Nydia Bonetti
 

Que beleza, Marcos.
Muito bom!
Abrçs.

Nydia Bonetti · Piracaia, SP 9/2/2008 15:50
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
ILZE SOARES
 

Olá Marcos,

Adorei vc ter me avisado do seu postado. Muito bonita sua reflexão sobre a estátua... sobre a arte em si. Olhar de artista e de poeta, Deus te privilegiou amigo. parabéns!!!
Volto depois para dar meu voto.

bjos

ILZE SOARES · Salvador, BA 9/2/2008 22:34
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Marco Bastos
 

Vou agradecer a todos pelas palavras positivas e animadoras. Desde Ana Wagner que já nos conhecemos nas parcerias da poesia no Recanto das Letras aos amigos mais recentes que aqui estou tendo a grande satisfação de conhecer. Além da simpatia das mensagens cabe-me manifestar dizendo-lhes que estou admirado pelo volume de interação que o Overmundo possibilita e nessas interações pela oportunidade de crescimento, desenvolvimento e aprimoramento da atividade literária. O processo de edição interativa foi muito bem concebido. Estive lendo e olhando os trabalhos de arte plástica do Lincoln e deixei comentário no blog. Interessante seu ponto de vista sobre a "conversa" entre artista e obra, o ser observador e o "observado" da obra e pela obra. Quando ainda não pintava não fazia idéia de que o ato de pintar pudesse trazer algum tipo de emoção e a principal delas decorre desse "diálogo". As percepções de Victor e de Wander são importantes. Victor a sugerir pensar sobre a eternidade (da arte) e Wander sobre o que agregamos de nós mesmos na obra que realizamos, o que é um fato e recai mais ou menos nos ditos de agora. À Nydia escrevi até demais ao comentar sua poesia sobre o envelhecimento. Bela poesia. À ilze, o prazer em conhecê-la, soteropolitana e poeta abençoada pelos ares dessa Bahia de muita humanidade e História - lembrei-me agora de um pensamento do Jorge Amado: que aqui habita o povo mais gentil que há sobre a Terra. rs - e nem tomem por provocação, porque ele também era baiano e se esqueceu de falar sobre a imparcialidade dos conterrâneos. rs.
A todos, meus agradecimentos e um ótimo final de semana.
abraços.

Marco Bastos · Salvador, BA 10/2/2008 03:25
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
analuizadapenha
 

oi... convite feito , convite aceito. Monumentos, estátuas representações de época executadas por artistas anônimos , desconhecidos da imensa população. As estátuas no cenário urbano ocupam um lugar de marco, referências,encontros, desencontros, interagem no chão da cidade. Legal esta referência poética extra-museu, ex-cultura ao fazer artística. Traduz uma nova cara. Sôbre Piaf, ela tb teve sua decadência pessoal e artística mas a tradução de La vie... pode ser a salvação da poesia. Bem vindo. Agradeço a visita.Abraços.

analuizadapenha · Natal, RN 10/2/2008 09:13
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Ferry, B. Joe
 

Muito bom, Marco...
Bela poesia, temática e fotografia também...
abraços do amigo...

Ferry, B. Joe · Teresina, PI 10/2/2008 12:37
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Márcia Sanchez Luz
 

Marco, voltei e já votei! Aliás, estou sendo a primeira...rss...
Lindo, maravilhoso poema! Não quero dizer nada para não correr o risco de ser "co-autora" de tão belas palavras!

Um beijo de parabéns,
Márcia

Márcia Sanchez Luz · Araras, SP 10/2/2008 17:01
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
BETHA
 

Marcos,
cheguei inaugurando a votação e apreciando a linda inspiração que tiraste da estátua. Toda essa vida que tem dentro dela provém do criador(da estátua e do poema). Parabéns!
abçs de betha.

BETHA · Carnaíba, PE 10/2/2008 17:02
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
ILZE SOARES
 

Marco, vim trazer meu voto, para que seu poema vá para o banco, onde é seu merecido lugar.
bjo

ILZE SOARES · Salvador, BA 10/2/2008 17:09
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Sylvia Gandara
 

Marco, com Olhar da Estátua, você reflete em sua poesia a essência da História, dos seus mitos, lançando um olhar abrangente, subliminarmente crítico, sobre a cultura atual. Parabéns!
Um grande abraço,
Sylvia

Sylvia Gandara · Curitiba, PR 10/2/2008 17:23
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Efige
 

Acabei de votar, pois sua poesia é para ganhar 1000 votos.
SUCESSO A VOCÊ ,
Efigênia Coutinho

Efige · Balneário Camboriú, SC 10/2/2008 17:48
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Patipetista
 

Puxa vida !
Cada beleza...É te visitar, aqui, em sua escrivaninha, em sua comunidade ou em qualquer outro recanto sempre é emocionante !

Amei !

Patipetista · Taboão da Serra, SP 10/2/2008 18:45
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
denisesevergnini
 

Marco,é sempre um prazer imenso ler teus poemas.parabéns por mais um belo texto!Denise

denisesevergnini · Novo Hamburgo, RS 10/2/2008 20:13
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Maria Lucilia
 

Oi, Marco, acabei de votar, pois seu poema é excelente. Uma boa semana. Beijos. Lucilia

Maria Lucilia · São Lourenço do Sul, RS 10/2/2008 20:30
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Regina Lyra
 

Querido Poeta Marco,
Belíssimo poema! Fiquei com vontade de fazer um dueto...
Sempre é muito bom ler seus textos, olhar sua arte, senti-la, enfim...
Grande beijo,
Regina

Regina Lyra · João Pessoa, PB 10/2/2008 20:46
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Vive a história em todos os olhos cerrados.
Onde se viu sóis e sóis...Parabens. Dos mais belos do Overmundo.

Cintia Thome · São Paulo, SP 10/2/2008 20:59
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Marco Bastos
 

puxa!! fiquei feliz com tantas mensagens carinhosas. Em cada nome uma rosa e assim, me vejo em frente ao jardim. rs. ali o Ferry, um cravo, objetivo e claro - aqui deixo o abraço.
Poetas inspiradas e parceiras de poesia, Regina com vontade de duetar - lá na Cadeira na Calçada, dei prosseguimento ao letrix. Denise, poeta gaucha, imensa sensibilidade, também parceira nos trix, dos poetrix e letrix. Analuiza, Sylvia e Lucilia e a densidade das professoras - o sal e o sol de Natal, a sombra-flor das araucárias, os trigais dourados e as espigas que dançam ao sopro do minuano. Marcia Luz que economiza as palavras - suas voltas de ouro para os berloques de luz de Betha e Ilze. Pati, Oh! menina! oh! doçura... Efigênia e Cintia - profunda familiaridade com as Artes - poetas promotoras das poesias por conhecerem o poder transformador da beleza. A todos obrigado. beijos.

Marco Bastos · Salvador, BA 10/2/2008 23:53
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
mBRAGAm
 

"lá dentro há vida, na escultura.."
Monumental!
Adicionei um link do teu site no meu blog www.olharesdaminhaalma.blogspot.com
(há muito tempo e quando resolvi "atualizar" o modelo do blog perdi quase todas as configurações, agora te reencontro aqui no overmundo)
Abraço e voto Marco.
Miriam

mBRAGAm · Santa Maria, RS 11/2/2008 02:05
sua opinião: subir
soninha porto
 

Menino esculpistes esta estátua com beleza e perfeição, meu voto com certeza, obrigada pelo lindo comentário, meu grifo para estes versos divinos: "- conchas, pálpebras do mar,
onde se ouviu a voz do vento...uau! tudo!Beijos.

soninha porto · Porto Alegre, RS 11/2/2008 03:45
sua opinião: subir
W@nder
 

Estou tendo o prazer de, com os meus votos, eternizá-lo no Banco.
Grande abraço e, novamente, parabéns pelo texto.

W@nder · Rio de Janeiro, RJ 11/2/2008 08:56
sua opinião: subir
victorvapf
 

vo l to!

victorvapf · Belo Horizonte, MG 11/2/2008 13:11
sua opinião: subir
Marco Bastos
 

Eita coisa boa!...: O Olhar da Estátua no Banco de Cultura. Obrigado, Wander - o homem certo, na hora certa e no lugar certo. rs. Fiquei contente com isso. mBRAGAm, eu não sabia que o link do meu site tinha sido adicionado no seu blog. Fico honrado com isso principalmente porque voltou a adicioná-lo depois da perda. Grato pelo endereço dele. Vou lá vê-lo. Aqui o agradecimento pelo seu voto e também o mesmo à Soninha que conheci atraavés de uma bela poesia. Depois vou lá ver a marcha das votações.
A todos meu muito obrigado. Fiquei super-feliz em ver essa poesia no Banco ao chegar agora da Escola. Abraços a todos e tenham uma excelente semana.

Marco Bastos · Salvador, BA 11/2/2008 13:23
sua opinião: subir
Marco Bastos
 

Obrigado, Victor. e dê cá. rs. Ótima semana. abraços.

Marco Bastos · Salvador, BA 11/2/2008 13:26
sua opinião: subir
Letícia L. Möller
 

Olá Marco,
chego com atraso para conhecer tua poesia...
Gostei muito dos teus versos, perspicazes e sensíveis.
Espero ler muitas outras lbelas linhas tuas por aqui.
Um grande abraço,
Letícia.

Letícia L. Möller · Porto Alegre, RS 12/2/2008 07:28
sua opinião: subir
Marco Bastos
 

Olá, Letícia. Não há isso de chegar com atraso para essas coisas. Veja que estive admirando uma fotografia dessa estátua barroca quatrocentos anos após ter sido esculpida pelo Giovanni Bandini, que faleceu em 1599 na Itália, se bem que os tempos são outros e que tudo hoje seja mais descartável - vivemos na moda e na pele "O Império do Efêmero" e somos do tempo da "Obsolescência Programada". Coisas mais ou menos como essa que Sylvia - intuição e sexto sentido acuradíssimo na poeta e pintora - percebeu como crítica subliminar na poesia. É muito bem-vinda agora como teria sido também gostoso dialogarmos enquanto o barco atravessava o rio. rs.
Deixo-lhe aqui a Ciranda que foi meu primeiro trabalho postado no Overmundo:
http://www.overmundo.com.br/banco/ciranda
Uma ótima semana.
beijos.

Marco Bastos · Salvador, BA 12/2/2008 10:45
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Zingara RJ
 

oi Marco,
Adorei tua poesia, li e votei, volterei mais vezes...

beijos no coração...

Zingara RJ · Rio de Janeiro, RJ 13/2/2008 12:40
sua opinião: subir
Marco Bastos
 

Obrigado, Zingara. Estive em sua página lendo o seu poema que achei muito delicado e também votei. Parabéns, ele já se encontra no Banco. Voltamos a nos comunicar.
beijo.

Marco Bastos · Salvador, BA 13/2/2008 15:23
sua opinião: subir
Benny Franklin
 

Oi, Marcos!
Também me uno aos seus admiradores.
Sua poética é de prima.
Abçs.

Benny Franklin · Belém, PA 13/2/2008 23:22
sua opinião: subir
Marco Bastos
 

Oi, Benny, obrigado pelas suas palavras incentivadoras. Eu aqui buscando através da prática e das interações o aprimoramento. Estou achando esse processo de intercâmbio na edição compartilhada bastante enriquecedor. Abraços.

Marco Bastos · Salvador, BA 14/2/2008 07:45
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 259 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados