*Orquídea em flor*

1
Lili_Beth* · Rio de Janeiro, RJ
16/12/2007 · 200 · 29
 

*Orquídea em Flor*

Eu ouvi em alto e bom som:
-AMA-TE!

PARA
-Respeitar as diferenças
-Enxergar a singularidade de Um a Um
-Jamais menosprezar aquele sujeito que não teve quem ralasse para, quando criança, ele pudesse brincar, conversar com as árvores, os animais, acariciar as flores suavemente, protegido no aconchego de um colo amoroso, forte quente e gostoso

Pai_Mãe!
Estou crescendo... Apre(e)ndendo

AGRADECER
-Ao motorista quando descia do ônibus, enquanto o motorista particular, Sr. Arlindo acompanhava a lição com dedicada atenção
-À Nena que preparava maravilhas e eu ajudava na magia da gastronomia à alquimia. Mestra na Arte dos sabores
-Ao Sr. Alcides, médico das minhas flores. Orientava para que elas não morressem afogadas com a minha dança da chuva. Mestre na Arte de reconhecer aromas e texturas
-Ao Dr. Cezar que tratava a minha dor de barriga. Mestre na Arte de prevenir, cuidar e curar
-Ao Luiz Antonio que me acompanhava nas longas viagens por países (des)conhecidos [Nota: Eu não interrompia as aulas dos jogos de Tiro ao alvo e Esgrima. Como não dá pra aprender tudo na escola, lá ia ele comigo às aulas práticas por esse mundão (a)fora...] Doutor com doutorado e tudo. Parente do Drummond de Andrade, nem precisava usar isso no Curriculum . Era muito bom no que fazia e ouvia atentamente a minha falAção. Nunca me interrompia, só quando chegava na estação onde eu descia pra continuar a crescer. Mestre na arte de ouvir, ele seguia ao meu lado para longas viagens. O Mais Um dos Quatro maiores responsáveis por eu estar aqui
-À Amiga de berço, com experiência, falou e disse: -Nunca permitas que tripudiem sobre os teus sentimentos!

Segui por esse mundão de Meu Deus com dois caminhos para escolher como aprender: Pelo amor... Pela dor...

::
Não te assustes
com essa revelAção
porque a pior dor
que há, é a dor de existir

Depois vem a dor
dos sem amor
Ela vem bem antes
da dor da saudade

Dessa ninguém escapa
Chega ao primeiro instante
da tua primeira inspiração
e por ironia, não me refiro
a inspirAção de artista
::

MANTER
-a cabeça nas nuvens
-os pés no chão
-o coração tocando uma canção
-fidelidade aos amigos e amores, foi decisão

Pai_Mãe!
Chegou à hora... Aqui. E agora?

Eu ouvi em alto e bom som:
-Segue Filha do Amor... *Orquídea em Flor*

MAS
-Forte como uma leoa defendendo a cria
-Suave como uma perfumista escolhendo notas com harmonia
-Dedicada como uma artista em cada traço lapidando pedra bruta com nuances enternecidas
-fazendo surgir peça única, sob a lâmina afiada, mesmo com as mãos feridas por serem muito delicadas. Mostra pro mundo as jóias raras que têm nesse país abençoado por Deus e bonito por definição
-Amorosa como uma mãe amamentando gêmeos
-Sensual como uma amante apaixonada
-Cúmplice como uma namorada amorosa
-Bem_humorada como os bem_amados
-Aproveita tua privilegiada língua materna cheia de contra_di(c)ções e vai mais_ainda à criAção
-Ajudando todos os que se atravessarem no teu caminho
-Dá a mão! Um dia eles se mostrarão
Se valer segura bem apertado caso contrário, larga de mão!

Se for pra brigar, tem que ser pra depois ficar de bem e de preferência, com um menino_macho, pra poder deitar e rolar com muito tesão, talo e orquídea até a extasiada explosão
Se for briga com menina_fêmea, tem que ter puxão de cabelos, sem palavrão porque sou tímida

Pai_Mãe!
Essa foi por minha conta e risco, mas disseram que eu podia ousar desde que encontrasse o... O ...

:Sigo pensando:
*CENSURADO*
:Volto à falAção:

Agora uma gatinha manhosa ou uma tigresa feroz, porque não vou cometer o equívoco de rimar com fogosa
*
*FlorAção*
*

compartilhe



informações

Autoria
Lilibeth*®©

SUMÁRIO:
“Autor & Arte na Literatura” – Obra de Arte na Literatura – Possibilidades e Impasses – *Orquídea em Flor* – Lugar de objeto do desejo - Em: CriAção de um Sujeito da Escrita.
Ler também em: *Flor_Ação ou Sujeito da Escrita*

IMAGEM:
Foto Yoni tratada digitalmente em P&B por Artaucei


DEDICATÓRIA
****************************
**********************
****************

Aos Pais:

Amaram
Desejaram
!
Nomearam
:
A filha do Amor
=
Orquídea em Flor
=
Amor Eterno
!

Ousa_noite
...
Ousa_dia
...

Beijos_Meus*
*
****************
**********************
****************************
Ficha técnica
Nem consegui passar dos intróitos

(...)
Iniciou-se
no berço
a trans_missão

Assim foi a minha formAção
Cheguei, na companhia
Desses Mestres Apaixonados
a lugares que sequer
foram mapeados

Eles ainda estão e seguirão ao meu lado
Daqueles que são..., para o que vieram...,
vão muito mais_ainda..., escolhendo o rumo certo
:
cores, odores, sabores e texturas
:
Foram muitas gostosuras
:
Sem medo de ser feliz
!
Vais encarar
?
(...)


*
*
*
Um dos contos_poematizados, entre outros e crônicas, que deu origem à série que compõe o "ensaio" sobre o Sujeito da Arte & Literatura como Obra de Arte.
“Obra de Arte na Literatura – Inscrição do Escritor na Escrita - Na LiteraturArt” – Possibilidades e Impasses para sustentar esse lugar onde o sujeito da arte dá passagem à arte da criAção.
Usarei como metáfora a arte de atirar com arco e flecha, onde atirador e flecha confundem-se num mesmo objeto, o alvo.
Encontraremos um ponto de intersecção entre o artista, a arte e o observador. Chamarei, nesse caso específico de “PurArte”- O estágio mais puro, onde a arte comparece na ausência da presença do autor. Este poderá ser confundido ou “contundido” por ela, podendo causar equívocos e enigmas nos encontros: Autor_Arte_Observador.
Chamo literatura de “Liter_PurArte” usando essa mesma lógica metaforizada, onde o escritor consegue, (des)possuído de um corpo, sustentar o sujeito da escrita, e ocupar o lugar de objeto do desejo do leitor, confundido com a leitura. Neste caso, os equívocos e enigmas, nos encontros estarão presentes através da língua materna - (Com certeza, não foi acaso que a língua de um povo uníssono é chamada de materna) – por não ter a presença do sujeito da escrita, personificado para sustentá-la, a escrita é o escritor ou será o contrário?
Veremos no próximo com_passo.
Se preferires perdemos o passo e passo a passo vamos à outra direção, mas tem mão e contra_mão. Pra tudo tem um preço, não importa a decisão.
...
*
*
*
Downloads
366 downloads

comentários feed

+ comentar
Lili_Beth*
 

Mais_Ainda
...
Seja muito bem_vindo!

Beijos_Meus*
*

Será igualmente um prazer receber-te no:
*Flor_Ação* ou *Sujeito da Escrita*

Lili_Beth* · Rio de Janeiro, RJ 13/12/2007 02:49
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Lili, queridíssima e poetíssima!
"Orquídea em flor" e "Flor_Ação", são a tua síntese.
As tuas metáforassabiamente escolhidas, maregiam o teu pensar, mapeando o nosso entendimento. Ou ao menos, a impressão desse desejo.
Concepção, maternidade, crescimento, cuidados, mestres que te seguiram vida a fora, todos compõem tão bem a tua história e trajetória, nesse lido caminhar e aprender! Haja folêgo!
Quisera eu poder ler melhor as entrelinhas. Mas por hora, fico por aqui no começo das linhas...
Super beijos

Branca Pires · Aracaju, SE 13/12/2007 09:58
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
W@nder
 

Viva e vívida a orquídea estará sempre em flor. Belas passagens e quantas coisas boas para contar e ensinar.

Bjs.

W@nder · Rio de Janeiro, RJ 14/12/2007 13:49
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Erode Lino Leite
 

Realmente amiga, um lindo texto! Uma crônica eivada de poesia! Mas no momento é uma crônica! O que em nada diminui sua grandeza (não é isso que diferencia um texto de outro)! Somente não haveria necessidade da forma de poema. Porém, fiquei encantado com o texto-poesia! Muito bom!!

Erode Lino Leite · Campo Grande, MS 14/12/2007 15:47
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Lili_Beth*
 

OBRIGADA!
As avaliações transmitem autenticidade de conceituação e preferências de Um a Um.


Querida Branca:
Per_feito!
De linha em linha vais às entre_linhas... Vamos!
Sujeito desejante ... rsrsrs
Haja fôlego pra todos nós!

Querido Wander:
Vida ... Vi_vida ... Viva! rsrsrs

Querido Erode:
Tu achas mais conveniente que o texto seja (formatado) corrido?
Quando escrevo sempre comparece a interferência de signos e símbolos e não sei como fazê-lo aqui... Imagine... Venho de um mundo de aromas, cores, texturas e sabores, por óbvio ... rsrsrs ...
Considero nem tanto um texto_poema... Talvez mais um texto_testo_poe(MA)tizado... Mais_ainda, têxtil no que permite tecer contigo...
*
*
*

Lili_Beth* · Rio de Janeiro, RJ 14/12/2007 16:28
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
azuirfilho
 

Lili_Beth* · Rio de Janeiro (RJ) ·

Mulher orquídea.
Poesia admirável.
Grandiosa e feminina.
na simplicidade toda a imensidão.
Parabéns por ser o sonho que és.
Abraço Amigo.

azuirfilho · Campinas, SP 14/12/2007 18:18
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
ana wagner
 

Talvez meu comentário não esteja à altura do texto, portanto
digo apenas : aplausos!
Um beijo.

ana wagner · Porto Alegre, RS 14/12/2007 19:55
sua opinião: subir
Lili_Beth*
 

Faço questão de teu comentário!
Sim_Sim_Sim

Minha querida Ana, o que importa é a "autura" autoria, do comentário, deixe a altura pra lá. Já percebi que tu és grande, portanto, apro_chegua... Pode trazer uma cuia, gosto com limão! rsrsrs
Ofereço uma água de coco (Eu prefiro acentuar em forma de canudo em ângulo de 45*(Nunca encontro a bolinha dos graus), no primeiro ô, mas preciso dar toda essa explicAção porque um menino não gostou... rsrsrs... Válido para *Flora_Ação* também... Te espero lá!

Lili_Beth* · Rio de Janeiro, RJ 14/12/2007 20:20
sua opinião: subir
Lili_Beth*
 

Digo: apro_chega...

Lili_Beth* · Rio de Janeiro, RJ 14/12/2007 20:21
sua opinião: subir
Erode Lino Leite
 

Teus "símbolos" são verbalizações não ditas! Se usares metáforas, eles não serão necessários, automáticamente saberás disso! E então estarás fazendo poesia em alto estilo! Perceba que agora seu texto ficou bem melhor! Gostei da forma como está agora! Aproximou do ideal! Parabéns.

Erode Lino Leite · Campo Grande, MS 14/12/2007 22:35
sua opinião: subir
Lili_Beth*
 

rsrsrs
Mas eu supunha que tu sabias... Erode:
Ficou melhor sim!
Vamos deixar essa "coisa de símbolos_meus" pra uma próxima oportunidade... Ainda nos "falaremos"...
Mas será que eu saberei? O saber é pra meninos... Meninas só supõem... Dio Mio!
Não vou desistir... rsrsrs
1. Sentas confortavelmente
2. Um chá de flores comestíveis e frutas secas
3. Um so_riso (Pra começar de leve)
Erode, tu és de um grande potencial em ensinamento. Iluminado. Venha sempre!
4. Feche os olhos
5. Pode abrir... rsrsrs
6. A minha proposta é inscrever e muitas vezes está na (des)construção da escrita
7 Deixo a ti uma mirada de subjetividade linguística
8 Estarei sempre bem longe do “eu_ideal”, mas estou subordinada a um “ideal de eu”... Estou "sujeito desejante"
9. Teus comentários foram didáticos. Práticos e claros. Dom dos mestres!
10. Obrigada!

Lili_Beth* · Rio de Janeiro, RJ 15/12/2007 00:04
sua opinião: subir
victorvapf
 

Depois desta beleza toda... deu "Lili Furacão"

victorvapf · Belo Horizonte, MG 15/12/2007 10:22
sua opinião: subir
Branca Pires
 

Votadíssima!
super beijos

Branca Pires · Aracaju, SE 15/12/2007 10:23
sua opinião: subir
Lili_Beth*
 

Salve_Salve Azuir!

Esse é o teu olhar sobre o meu olhar...
Sempre estimulando!
Sempre compartilhando!

Lili_Beth* · Rio de Janeiro, RJ 15/12/2007 10:26
sua opinião: subir
Lili_Beth*
 

Salve_Salve Victor!
Mas eu sou tão quietinha... rsrsrs


Salve_Salve Branca!
Obrigada, querida!

Lili_Beth* · Rio de Janeiro, RJ 15/12/2007 10:29
sua opinião: subir
Mansur
 

Mas que interessante! Adorei tudo! Gostei tanto que me apaixonei!
O que faço agora, misteriosa e pura Lili_Beth*? Estou em dor de amor...aquela segunda dor da escala...Oh, o que farei para aproximar-me de tão venerada amada? Após arrebatar-me num poeMa PuArte LiteRático, me deixas aqui a sofrer, vítima desse profundo mistério...

Mansur · Rio de Janeiro, RJ 15/12/2007 12:44
sua opinião: subir
Mansur
 

Uma música

Mansur · Rio de Janeiro, RJ 15/12/2007 12:45
sua opinião: subir
Lili_Beth*
 

Olá Mansur!

Agradeço teu comentário.
Tu já respondeste tua indaga_ação...
E vamos ao NOVO SISTEMA!

Lili_Beth* · Rio de Janeiro, RJ 15/12/2007 16:59
sua opinião: subir
Nydia Bonetti
 

Lili,
então estamos no aguardo do próximo passo. Quem sabe o enigma se revele... ou não. rss
abraços

Nydia Bonetti · Piracaia, SP 15/12/2007 20:00
sua opinião: subir
j.alves
 

Parabens Lili belo texto

j.alves · São Paulo, SP 15/12/2007 22:07
sua opinião: subir
Andre Pessego
 

Lili,
Dá-me a tua mão sempre com teus convites e aprenderei
a escrever, beijão andre.

Andre Pessego · São Paulo, SP 16/12/2007 07:42
sua opinião: subir
anamineira
 

Que maravilhoso ensinamento você me transmitiu.
Uma viagem no existencialismo da "orquídia em flor", porém já madura. Quando a orquídia floresce, ela já passou por estágios ditados pela natureza e fortemente revela um florecer digno de aplausos.
Seu texto-poema está maravilhoso.
Parabéns!

anamineira · Alvinópolis, MG 16/12/2007 08:53
sua opinião: subir
Fátima Rocha
 

Muito Lindo, foto e o texto.
parabéns

Fátima Rocha · São Paulo, SP 16/12/2007 11:26
sua opinião: subir
Juliaura
 

Lili_Beth*,
Tecer comentário desnecessário seria
por belas reminiscências
que são afloradas então.
Dizer-te que senti cheiros
vindos da cozinha,
seria demasia,
quem acreditaria
em que bolinhos de trigo,
corados, temperados com canela açucarada
têm cheiro de chuva
convidam ao café desde lá de fora
quando se os sente.
Ai, que dores de não tê-los à mão
e nem boa-mão para fazê-los.
Saudades, sim todas nós as teremos,
se não as temos ou já as tivemos.
Pior é que não se deixa jamais
de tê-las quando se apresentam da vez primeira,
acampam, toma posse e plantam,
até deitam raízes e rolam nas nossas cabeças.

Bunito, tá!

beijim, guriazinha.

Juliaura · Porto Alegre, RS 16/12/2007 15:07
sua opinião: subir
Lili_Beth*
 

Olá Branca de volta!

Olá Nydia! Quem sabe? Quase _Tudo é Quase_Possível... rsrsrs

Olá J. Alves! Que bom que tu vieste!

Olá Andre! Vamos aprendendo juntos!

Olá Anamineira! Inspirado comentário!

Olá Fátima! Que bom sua presença!

Olá Juli! Se é um convite pra esses bolinhos de chuva, já aceitei ... rsrsrs ... Isso aí, querida... Guarde-os para sempre em teu coração de menina_mulher. Isso ajudar-te-á em teus sonhos...

Lili_Beth* · Rio de Janeiro, RJ 17/12/2007 09:10
sua opinião: subir
Benny Franklin
 

Oi Lili!
Amei teu texto. Se prosa, crônica, ou poema...
Não interessa. O Importante é que disse tudo.
Bjs.

Benny Franklin · Belém, PA 18/12/2007 23:33
sua opinião: subir
Adroaldo Bauer
 

L*L*,
Boa bruxa é que és. Em ti, jo creo.
Belo enelio este teu postado. Ousado, até: não pronunciastes, mas senti o peso do plavrão censurado.

Adroaldo Bauer · Porto Alegre, RS 22/12/2007 15:25
sua opinião: subir
Pedro Monteiro
 

Lili
A dor da saudade, quemé que não tem...
Que é que não tem em seus guardados...

beijos

Pedro Monteiro · São Paulo, SP 5/2/2008 14:03
sua opinião: subir
Raiblue
 

Lililinda!!!Me perdi entre tantos aromas que exalam do teu texto maravilhoso!!Um texto quase uma tela..de texturas e cores poéticas....
vc é incrível!
Já sou sua fã!!
Super parabéns!
VOTADÍSSIMO!!I

Feliz dia das mulheres,querida!!

BESITOS AZULÍRICOS...EM SUA ALMA COLORIDA!
RAI

Raiblue · Salvador, BA 8/3/2008 14:31
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 50 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados