OS JAGUNÇOS_A Morte visita o Quilombo_Segunda História

1
Onivaldo Paiva · Uberlândia, MG
23/5/2009 · 9 · 9
 

Amostra do texto

Um deles era a maldade em pessoa. Matou o irmão no terreiro do rancho depois de terem espalhado favas de feijão pra secar no tabuleiro do quintal. Este irmão era aleijado, tinha uma perna mais curta que a outra, doença que pegara menininho...
[...]
Altemar não conhecia mulher, mas era como se conhecesse. Não fosse a perna mais curta e aquela manqueira, muita moça das redondezas trocaria vários Josés e Joãos por ele. Altemar tinha lá seus modos de falar, de olhar e de cantar, que, sei não, fazia mulher botar nos sonhos aquela carinha bonita e aquele jeito de olhar.
[...]
Maria Rita, ela somente, adivinhava que o cunhado, com voz e jeito de homem de muitas camas, precisava mais dela do que o marido Raimundinho. Mas não foi apenas por isto que ela se deitou com ele.
[...]
Mas continuemos.
Disse Maria Rita, depois, quando Raimundinho apareceu, que sentira pena e por generosidade deitara-se com ele. Mas Raimundinho não acreditou nestas baboseiras.
Quem acreditaria?
Altemar foi morto com quatro tiros no peito...

compartilhe



informações

Autoria
Onivaldo Paiva
Downloads
352 downloads

comentários feed

+ comentar
Ivette G.M.
 

Olá, Onivaldo, é uma saga e um desfiar de infelicidades. Mas, quantos de nós não conhecem pessoas que realmente viveram estas histórias? Vou continuar seguindo.
Abração, Ivette G M

Ivette G.M. · Cotia, SP 22/5/2009 13:12
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Onivaldo,

Trágico e covarde,
A gente que pensa não existir mais Caim e Abel...
e ainda por causa de uma mulher traidora.

bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 23/5/2009 14:25
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

voltando
bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 24/5/2009 00:22
sua opinião: subir
azuirfilho
 

Onivaldo Paiva · Uberlândia (MG)
OS JAGUNÇOS_A Morte visita o Quilombo_Segunda História
A Morte sempre ronda os pedaços mais disputados.
A vida é uma passagem. Não tem de criar confusão, tem de passar e ir em frente.
Parabéns pelo texto de responsabilidade, é uma lição de vida.
Verdadeiro texto de teatro.
Abração Amigo.

azuirfilho · Campinas, SP 24/5/2009 21:26
sua opinião: subir
GORETTI GUERREIRA
 

É sim poeta!
Coisas muito desejadas as vezes custa-nos a vida.
Podes escrever a próxima novela das oito com sua cabeça maravilhosa mente brilhante e textos perfeitos. beijos e cuidado com "as Belas Donnas!" rs

GORETTI GUERREIRA · Franca, SP 25/5/2009 17:00
sua opinião: subir
kfarias
 

Onivaldo de Uberlândia, Triangulo Mineiro, relatas um triângulo amoroso, em familia, mas.....
Valeu seu trabalho, valeu sua poesia que chama atenção e ensina como se escrever.
Parabéns!
kfarias

kfarias · Águas de Lindóia, SP 28/5/2009 22:55
sua opinião: subir
Cláudia Campello
 

não faz meu genero de leitura.........sabes disso.
mas que vc escreve bemmmm de maisssssssss
ahhhhh isso é inquestionavel.
alem de ser um mineiro mto... pao de queijo!

bjssssssssss;)

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 29/5/2009 02:58
sua opinião: subir
victorvapf
 

Belo trabalho de um escritor de mao cheia, dos melhores daqui!

Abracos

victorvapf · Belo Horizonte, MG 3/7/2009 10:02
sua opinião: subir
Andre Pessego
 

Um enredo bem feito e um assunto que não tão incomum
como se pensa. Pelo menos não foi incomum no Brasil.
Me recordo de alguns casos de "traição" entre cunhados e entre cunhadas.
Bacana,
andre

Andre Pessego · São Paulo, SP 20/8/2009 22:04
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 42 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados