PARA ALÉM DAS MIRAGENS NÍVEAS

Benny Franklin & o Poeta Alonso Rocha - Prêmio AP de Literatura 2010
1
Benny Franklin · Belém, PA
26/2/2011 · 3 · 2
 

Amostra do texto

(Em memória do Poeta Alonso Rocha)


I
Coice quase fêmeo
penalizando os lampiões de esquinas esmaltadas:
o palmo da flor
regurgita na aragem dos carvalhos.
Sobre a argila
multifacetada
e sonolenta,
o arco de pua,
o retropasso afeminado
e suas verborragias de lágrimas
- as ressentidas.

II
Nem armadilhas de caças,
nem trombas de algibeiras,
ou voo de cinzas;
nem a vergonha
com sua bacia de betumes,
nem a indigestão do caroço pêco,
nem as esmeraldas dos funerais
hão de erguer-se no altar dos lábios cerrados,
na confissão dos meus múltiplos segredos:
ignotas sendas dos orgasmos,
flamas feitas do varrido das tumbas.

III
Oh, vós que sois o encantamento
das escumas pálido-róseas!
Improvável plagiar o fogo-fátuo regurgitado.
Quase nunca é preciso masturbar a língua adulterada.
Quase nunca é preciso vomitar
a agonia dos náufragos do rio que estua,
os venenos mórbidos dos marfins obtusos,
os fetos-machos das miragens níveas,
como tropa de escorpiões vorazes
sem piedade,
de prontidão,
entre a fronte fugidia e a folhagem do precipício,
com força de me atirar
no áureo estômago da espera.

IV
Oh, vós que sois o espelho da jugular arfada com valia!
Arriscado ser a branca-morte do quartzo
na sua campânula estigmatizada.
Para seduzir a violência do sândalo
talvez vos seja útil colorir
as orquídeas sobreordenadas dos poetas olvidados:
têmperas diáfanas com carmin gramatical,
e tentar perpetuar
os cachos-machos das rosáceas mirins,
como dálias de encantar serpente emplumada,
sobrestagna no bocal âmbar da rosa plástica.

V
Oh, vós que sois a estrela grafite
dos seres que desprezam a fúria do chicote!
Difícil enodoar
a noção do tempo-espaço.
Difícil suprimir as cicatrizes dos cânticos embriagados.
Difícil simular
a exclusividade da partida.

Sobre a obra

Réquiem para um encantado.

compartilhe



informações

Autoria
Benny Franklin
Ficha técnica
Poesia Bennyana
Downloads
222 downloads

comentários feed

+ comentar
Humberto Firmo
 

Amigo, linda homenagem.
Alguns anos de silêncio e tantos outros de sentimentos.

abraço!

Humberto Firmo · Brasília, DF 20/7/2011 21:11
sua opinião: subir
Pepê Mattos
 

... ainda que me propusesse deste vale de cânticos sair um dia... ainda que o último poeta beat do pós-apocalipse lavrasse sua derradeira letra... ainda que todos os deuses calassem toda fúria contida nos versos do frankiliano benny... ainda que... o que uma vez foi começado, jamais nada ou ninguém o exterminará... ave, poeta, o mundo - este que vos inquieta e serve de morada - necessita de tuas lâminas flamejantes em forma de versos de caleidoscópio... parabéns pelo réquiem... abraços...

Pepê Mattos · Macapá, AP 12/2/2012 13:59
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 59 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados