Para as Mulheres

1
Sebastião Firmiano · São Paulo, SP
10/3/2007 · 84 · 10
 

Não porque se convencionou seu dia
Mas, porque me condicionei a ti.
Condicionei-me a ti, porque de ti nasci.
Sai do meio das suas pernas/ para a luz sol.
E tantas vezes voltei ao meio de outras pernas
Que não eram suas/ nem aos seus pés estariam.
Mas, voltei pelo prazer da festa/ pelo prazer.
Voltei aos seios/ voltei a ventres
Por paixão algumas vezes.
E cada uma delas me recondicionou
Algumas com alegria/ outras com alegria e dor
Só por mulheres, me tornei o homem que sou.
De uma sou filho
De outra sou amante
De cinco sou pai.
Pelo restante das mulheres que estão no mundo.
Sou um eterno apaixonado.

compartilhe



informações

Autoria
Sebastião Firmiano
Downloads
212 downloads

comentários feed

+ comentar
Robert Portoquá
 

A você parabens Tião! Pelo belo poema-homenagem
E para as mulheres um grande beijo o agradecimento por elas fazerem nossas vidas terem sentido e prazer.

Robert Portoquá · Adamantina, SP 8/3/2007 19:59
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Rangel Castilho
 

Bela homenagem às mulheres!
Mas com cinco filhas daquia um tempo,
voce é que será homenageado!
Super Pai Herói!!!
Muito bom!
Salve, Sebastião!!
Salve, São Paulo!!

Rangel Castilho · Anastácio, MS 9/3/2007 00:04
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Sebastião Firmiano
 

Obrigado Rangel.
Estava com saudade.

Portoquá obrigado

Sebastião Firmiano · São Paulo, SP 15/3/2007 01:28
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Marcos Woortmann
 

Grande Sebastião,
Mais completo impossível.
Bom demais

Marcos Woortmann · Brasília, DF 23/3/2007 02:24
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
zepereiranoticias.blogspot.com
 

Porra, Sebastião, você tá escrevendo pra caralho!
PS> Boca suja, hein?
Esta aí merecia uma boa dose de vinho à beira do mar.
Abraços, meu amigo poeta.

zepereiranoticias.blogspot.com · Belo Horizonte, MG 2/4/2007 10:29
sua opinião: subir
zepereiranoticias.blogspot.com
 

Reli e.... porra! Que saco não conseguir deixar de reler mais uma vez.
Então, vamos à releitura.

zepereiranoticias.blogspot.com · Belo Horizonte, MG 2/4/2007 10:33
sua opinião: subir
zepereiranoticias.blogspot.com
 

Acabei de re-reler! Aaaaahhh!

fantástico ainda de novo!

zepereiranoticias.blogspot.com · Belo Horizonte, MG 9/4/2007 09:44
sua opinião: subir
Sebastião Firmiano
 

Simpatia, meu caro mestre e amigo.
Eu vim de uma mulher
amei outras tantas/ e sou delas
Fiz outras mulheres belas.
E todas são minhas
Assim como eu sou todo delas.

Sebastião Firmiano · São Paulo, SP 9/4/2007 21:15
sua opinião: subir
zepereiranoticias.blogspot.com
 

O fígado é o maior companheiro
do homem que ama uma mulher.
Desventurado, ele se entrega inteiro
pronto para o quer e vier, não é?
Amar uma mulher exige cirrose
e noites sem sono, uma boa dose
de humor quando ela reclama
e mais uma cota diária de despudor,
para compor o drama vivido na cama,
o palco de quem ama as mulheres.
Há que ser homem de vários afazeres
de doméstica e ainda o machão viril
que ostenta, em riste, o olhar infantil
e a cumplicidade dos afagos nos cabelos.
Há que ser doutor ao saber dos pêlos
e das depilações, e nunca fazer pouco
da dor do parto. há que ser um louco
às noites e muito sóbrio ao dia. Há que
se entender o porquê sem nem porque
se saber porquê. Há ainda o beijo matinal
e os chocolates da Tensão Pré-menstrual.
Há que se vestir em terno galhardo
e dançar com ela como se um ator
de Hollywood. Há que ser desesperado
de amores por ela e daí então compor
uma serenata pra cantar sob a janela.

Há que se jogar sem pesar no abismo
da alma da mulher. E realizar as vontades
dela com veneração, como um "mulherismo"
que suporta cada vaidade e veleidade.
Há que se amar a mulher em várias formas,
sem juízo, sem métrica e sem normas.

zepereiranoticias.blogspot.com · Belo Horizonte, MG 10/4/2007 10:38
sua opinião: subir
Sebastião Firmiano
 

Muito bonito!!!
Também vindo de você, só poderia ser lindo!!!!!!

Sebastião Firmiano · São Paulo, SP 10/4/2007 19:50
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 20 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados