Para Nunca Mais Ter Medo

1
Fábio Fernandes · São Paulo, SP
28/8/2007 · 117 · 9
 


O conto anexo foi escrito em 1994 e publicado na revista Dragão Brasil número 11, em 1995. Nunca mais o publiquei em lugar algum, mas recentemente alguns amigos têm feito comentários elogiosos a ele, situando-o como o primeiro conto de ficção científica brasileiro a explorar o subgênero de Ficção Alternativa. Não sei se procede, mas agradeço de coração - e agora o ofereço a vocês, a pedidos do overcolega (e meu antigo conhecido de saudosos bate-papos sobre ficção científica) Eduardo Torres. Espero que gostem.

compartilhe



informações

Autoria
Fábio Fernandes
Downloads
1233 downloads

comentários feed

+ comentar
Romeu Martins
 

Que ótima notícia, Fábio. Este conto é ótimo e merece ser lido por mais e mais pessoas. Parabéns pela decisão.

Romeu Martins · São José, SC 25/8/2007 00:05
sua opinião: subir
Ana Cristina Rodrigues
 

Ah, esse conto foi meu debut na FCB... Lembro qdo comprei a Dragão Brasil... Eu tinha uns 15, 16 anos, enjoada dos clássicos, começando a ler FC e Fantasia, Tolkien, MZB, Asimov... Tinha acabado de ler o Frankenstein da Shelley quando botei as mãos na revista... Eu dei pulinhos! Um brasileiro! Escrevendo sobre o processo de Frankenstein! Dando certo! No Brasil! Oh my god, oh my god, oh my god!

Juro que o nível da histeria foi parecido.:)

Já espalhei o link!

Ana Cristina Rodrigues · Niterói, RJ 25/8/2007 00:10
sua opinião: subir
Octavio
 

Já era mesmo hora de mais gente conhecer esta história. E que venham suas continuações! Que tal BACK IN THE USSR na seqüência?

Octavio · Rio de Janeiro, RJ 25/8/2007 08:54
sua opinião: subir
Eduardo Torres
 

Eu nao conhecia. Soube desse conto gracas aa lista de discussoes do CLFC no Yahoogroups
( http://br.groups.yahoo.com/group/lista-do-clfc ).
Falei com o Fabio (q alias, anda sumido do fandom) e ele generosamente concordou em disponibiliza-lo (valeu, Fabio! Tb tenho saudade de nossos papos!). Trata-se de uma pequena joia literaria q abre um amplo potencial para outras historias do mesmo universo. Marca uma das primeiras incursoes, possivelmente a primeira, de autores brasileiros na ficcao alternativa, sub-genero do fantastico em q personagens literarios sao apropriados para protagonizarem novas tramas nao pensadas por seus criadores originais (e q ganharia seu primeiro romance em 2006 com 'A Mao que Cria' de Octavio Aragao); mas tb transita na historia alternativa, pois se passa em 1994, mas um 1994 diferente do da nossa 'linha temporal', justamente pelo impacto do sucesso do 'Metodo Frankenstein' na humanidade (o conto foi escrito apenas um ano depois da noveleta 'A Etica da Traicao', de Gerson Lodi-Ribeiro, o texto que inauguraria o sub-genero de historia alternativa na literatura fantastica brasileira). E a qualidade do conto de Fabio Fernandes nao se restringe apenas ao cenario imaginativo e inovador, q ja' seria suficiente, junto com o pioneirismo dos sub-generos em que se abriga, para destaca-lo, mas tb ao estilo cuidado, instigante e fluente, q pega o leitor e nao o deixa abandonar o texto ate' a ultima palavra. E ainda ficamos com um gostinho de quero mais...

Eduardo Torres · Rio de Janeiro, RJ 25/8/2007 19:34
sua opinião: subir
Romeu Martins
 

Existe um livro que pode ser considerado Ficção Alternativa mas que é pouco conhecido fora (e até dentro) de Santa Catarina...

O livro se chama "Noturno, 1894", foi escrito pelo jornalista e escritor catarinense Raimundo Caruso e conta uma história de Sherlock Holmes e Watson ao Brasil. Caruso escreveu o romance no final dos anos 80, trazendo o detetive inglês à capital de Santa Catarina (na época em que se passa a história, ainda chamada de Desterro e às vésperas de ser rebatizada à força como Florianópolis).

Em 1989, Caruso recebeu pelo livro (que foi editado pela UFMG) o prêmio Cidade de Belo Horizonte, o que lhe deu alguma projeção
nacional. Após o lançamento do bestseller do Jô Soares, "Noturno, 1894" foi reeditado pela Edições da Cultura Catarinense, isso no ano de 1997 (essa é a edição que eu tenho, ou melhor, tinha, já que fiz um escambo com ela com o Octavio). Nesta época, ele chegou a ser cobrado no vestibular da UFSC, na prova de literatura. O texto também foi adaptado para uma peça de teatro mas não tive a oportunidade de conferir nenhuma encenação...

Romeu Martins · São José, SC 25/8/2007 20:10
sua opinião: subir
Bia Marques
 

Abusado! Tava de férias e volto com esse texto, adorei!

Bia Marques · Campo Grande, MS 1/9/2007 15:14
sua opinião: subir
Horacio Corral
 

Fábio, o seu conto é muito bom! Ousado mas sem perder a verossimilhança e com uma descrição mais do que adequada dessa breve história do mundo. Parábens!

Horacio Corral · São Paulo, SP 15/3/2008 01:08
sua opinião: subir
Ecila Yleus
 

Seu conto é excelente.gostei e gostaria também de saber o que vc fez no caso do seu Jorge.Parabéns

Ecila Yleus · Recife, PE 3/8/2008 11:55
sua opinião: subir
Sheila Fonseca
 

Votado!
Parabéns pelo trabalho e boa sorte!
Estou com um evento http://www.overmundo.com.br/agenda/brasil-mestico-apresenta-festa-afro-latina , na fila de votação... Se der dá uma passadinha por lá e vota.
Beijos,
Sheila

Sheila Fonseca · Rio de Janeiro, RJ 20/8/2008 19:54
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados