POEMA 11

Sergio U.S. Jatobá
1
Gyothobat · Brasília, DF
7/2/2008 · 63 · 11
 

“Trinta raios convergentes no centro
Tem uma roda,
Mas somente o vácuo entre os raios
É que facultam seu movimento.”

Tao Te Ching – Poema 11;1-4.

No oco do coco
Há água
Que preenche o seco
Da sede.
No oco do estômago
Há fome
Que enche de dor
O homem,
Que entre homens está
Só.
No centro do mundo,
Gira em torno de outros
Sóis.
O vazio de sua alma
Se preenche de luz
E esvazia-se a escuridão
Do sofrer.

compartilhe



informações

Autoria
Gyothobat
Ficha técnica
Poema da coletânea Tal Qual, que reúne poemas inspirados por versos do Tao Te Ching
Downloads
260 downloads

comentários feed

+ comentar
Cintia Thome
 

A luz preenche quando assim queremos...
Poema inteligente. Bem "sacado". Gostei mesmo.

Cintia Thome · São Paulo, SP 5/2/2008 21:31
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Carlos ETC
 

Belos versos
Abraço
http://interludios.blogspot.com

Carlos ETC · Salvador, BA 7/2/2008 02:05
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
analuizadapenha
 

oi.. uma roda a girar, ritmo e beleza... quase uma prece ao homem e o universo ... Belo e silencioso. Abraços.

analuizadapenha · Natal, RN 7/2/2008 18:44
sua opinião: subir
Rangel Castilho
 

Salve, Gyothobat!!

Belíssimos versos!!

Parabéns!!!!!!

Rangel Castilho · Anastácio, MS 7/2/2008 21:44
sua opinião: subir
Gyothobat
 

Obrigado, Cintia, Carlos, Ana Luiza e Rangel. Os comentários de vocês preenchem com alegria espaços na minha alma e fazem girar com mais vigor a roda da minha poesia.

Gyothobat · Brasília, DF 7/2/2008 22:09
sua opinião: subir
BETHA
 

Gyothbat,
que poema bem estruturado, e cheio de beleza!
abçs de betha.

BETHA · Carnaíba, PE 8/2/2008 09:57
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Belíssimo, reafirmo. Voto!
ab

Cintia Thome · São Paulo, SP 8/2/2008 10:27
sua opinião: subir
Márcia Sanchez Luz
 

Lindo poema, cheio de sonoridade!! Já deixei meu voto, viu?
Estou aqui também com "Contradança". Passe lá para lê-lo.
http://www.overmundo.com.br/banco/contradanca

Abraços,
Márcia Sanchez Luz

Márcia Sanchez Luz · Araras, SP 8/2/2008 13:50
sua opinião: subir
Divina Reis Jatobá
 

Sofrer é a compreensão entre os conceitos de prazer e de dor. E é justamente disso que trata o taoísmo de Lao-tseu. A poesia está em toda parte, descobri-la é estar de olhos atentos ao mundo e a si mesmo. Que bom que você está escrevendo poesias. A foto também é muito boa, transposição ao mutável sem impedir o seguimento de um curso... O rio é o Psuerga?

Divina Reis Jatobá · Brasília, DF 9/2/2008 09:48
sua opinião: subir
Fátima Ricci
 

Simples e certeiro.
Votado. Parabéns!

Fátima Ricci · Poços de Caldas, MG 9/2/2008 12:33
sua opinião: subir
Gyothobat
 

Na segunda leva de agradecimentos, obrigado a Betha, Márcia, Fatima, Divina e , mais uma vez , Cintia. Me sinto honrado com os vossos comentários.

Gyothobat · Brasília, DF 9/2/2008 21:41
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
doc, 20 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados