“Poema ao amor que não veio”

1
Cau Santana · Barreiras, BA
27/3/2009 · 98 · 31
 

“Poema ao amor que não veio”

Onde está aquele rosto sereno,
teus braços tranqüilos,
em que eu sonhava me perder.
E aquela voz mansa, sussurrando
como criança, carinhos de puro prazer.

Por onde andam teus pensamentos,
que mesmo em alguns momentos
pareciam me querer.

E esse amor que habita teu peito,
parece não ter leito para poder florescer.

Procuro-o há tanto tempo, no passado,
no futuro, embora só o encontro perdido,
presente em meus pensamentos.

E esse amor que do sonho nasceu,
bate em meu coração desolado,
tanta ternura, incontida saudade,
infinita espera de um amor,
quem sabe – não chegou a nascer – morreu.


Claudia S. Santana
19/04/1993

Sobre a obra

Muitas vezes desejamos um amor pra preencher o vazio que habita em nossas vidas. Aí sonhamos, e quem não sonha?

compartilhe



informaes

Autoria
Cláudia Soares Santana
Downloads
255 downloads

comentrios feed

+ comentar
Branca Pires
 

Amor que não chegou a nascer.
Ao mesmo tempo, vive na tua espera...
Lindo poema!
beijão

Branca Pires · Aracaju, SE 25/3/2009 10:28
sua opinio: subir
alcanu
 

Uns amores nem nascem,
outros nem mesmo vingam !
Um beijo !

alcanu · São Paulo, SP 25/3/2009 16:23
sua opinio: subir
Cau Santana
 

Branca,
Obrigada pela visita e apesar dos amores que não nascem, continuo sempre acreditando neles e amando a cada dia.
Bjs

Cau Santana · Barreiras, BA 25/3/2009 16:30
sua opinio: subir
Cau Santana
 

Alcanu,
Adoro suas visitas. Amores são assim: vem e vão, outros nem vem...
Bjs no coração

Cau Santana · Barreiras, BA 25/3/2009 16:31
sua opinio: subir
LAURO WINCK
 

Sempre sonhamos com aquele amor, perfeito, completo e intenso.
Mas, se ele pintar, você saberá. A primeira vez que ví a mãe de meus filhos, foi pelas costas a uma quadra de distância e senti naquele momento que estava alí.
bjs

LAURO WINCK · Rio Pardo, RS 25/3/2009 16:42
sua opinio: subir
O NOVO POETA.(W.Marques).
 

um poema lindo e bem feito, depois eu volto.

O NOVO POETA.(W.Marques). · Franca, SP 25/3/2009 16:48
sua opinio: subir
Cau Santana
 

Lauro.
É incrível não é mesmo?
O amor verdadeiro quando vem traz em sí algo que o marca.
Fico feliz por vc. Acredito o quanto deve ser maravilhoso viver um amor ausente do sentimento de propriedade, de imposições e desvelos exagerados.
Bjs e obrigada mais uma vez pela visita.

Cau Santana · Barreiras, BA 25/3/2009 16:49
sua opinio: subir
Cau Santana
 

W. Marques.
Obrigada pela visita carinhosa.
Bjs

Cau Santana · Barreiras, BA 25/3/2009 16:51
sua opinio: subir
Carlos Venttura
 

O poeta já disse um dia, ... Amores serão sempre amaveis...
Rzsssss,
Este seu amor que no fundo não fenece e sim fica encoberto pelas cinzas da solidão ou pela neve da espera, é brasa que queima sentimentalidades que são combustiveis que alimeta o coração.
Portanto o seu amor vivo é contagiante.
Amor de amada, amor de amante...

Rzsssssssss.
Linda composição, como sempre sensivel e sutil,
Bela como o céu azul anil...
Rzsssssss

Parabéns!

Um beijo.
Que a luz esteja com você.

Carlos Venttura · Suíça , WW 25/3/2009 18:53
sua opinio: subir
Cau Santana
 

Carlos Ventura
Que prazer receber um comentário seu.
Obrigada pelo voto.
Abraços

Cau Santana · Barreiras, BA 25/3/2009 19:11
sua opinio: subir
graça grauna
 

bate em meu coração desolado,
tanta ternura, incontida saudade,
infinita espera de um amor


Cau, você escreve com grandeza e simplicidade. Quantos e quantas de nós carregamos esse desassossego, não é mesmo? Bjos, Grauninha

graça grauna · Recife, PE 25/3/2009 23:58
sua opinio: subir
Cau Santana
 

Frauninha,
Obrigada por sua presença no trabalho "Poema ao Amor que Não veio"
Qualquer comentário de sua parte, pra mim é uma honra.
Bjs e fica em paz.

Cau Santana · Barreiras, BA 26/3/2009 09:49
sua opinio: subir
Cau Santana
 

Ops! Grauninha

Cau Santana · Barreiras, BA 26/3/2009 09:51
sua opinio: subir
Clésio Tapety - Cultura da Paz
 

Lindo! Lindo! Quando for pra votação, volto aqui. Abração.

Clésio Tapety - Cultura da Paz · São Paulo, SP 26/3/2009 10:55
sua opinio: subir
Cau Santana
 

Oi Clésio.
Agradeço a visita e espero que volte mesmo.
Bjs

Cau Santana · Barreiras, BA 26/3/2009 11:05
sua opinio: subir
LAURO WINCK
 

Iniciando a votação.
Beijos

LAURO WINCK · Rio Pardo, RS 27/3/2009 10:11
sua opinio: subir
Branca Pires
 

Vo(l)tando.
beijão

Branca Pires · Aracaju, SE 27/3/2009 10:20
sua opinio: subir
Cau Santana
 

Lauro e Branca.
Obrigada pela presenca e claro pelo voto.
Bjs

Cau Santana · Barreiras, BA 27/3/2009 10:22
sua opinio: subir
Dayvson Fabiano
 

Cauzinha, ruiva apaixonante,adorei o teu sentir. O vazio é de arrebentar qualquer um. Ainda bem que podemos sonhar e torná-lo real. Abreijos!!!

Dayvson Fabiano "Imorrível" · Recife, PE 27/3/2009 12:20
sua opinio: subir
Cau Santana
 

dayvson-fabiano,
Obrigada pelo carinho.
Vc sempre gentil e seus cometários oportunos.
Bjs pro c tb.

Cau Santana · Barreiras, BA 27/3/2009 12:28
sua opinio: subir
graça grauna
 

bjos e votos

graça grauna · Recife, PE 27/3/2009 14:46
sua opinio: subir
Doroni Hilgenberg
 

Cau,
seu poema chora a desilusão de um amor que não vingou
mas a esperança sempre aponta caminhos.
bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 27/3/2009 15:40
sua opinio: subir
Cau Santana
 

Oi Doroni!!!!
Que bom, q vc veio!
A gente se acostuma com a presença e acaba sentindo falta.
Obrigado pelo voto.
Bjs no coração.

Cau Santana · Barreiras, BA 27/3/2009 15:43
sua opinio: subir
RUI LÔBO
 

"... em que eu sonhava me perder".Se não veio, vá buscar, ou quem sabe é porque se perdeu pelo caminho da banalidade, e então foi melhor mesmo não ter vindo, né não, Cau...Pelo mesmo eu vim votar, e isto te importa? Sua poesia continua linda! Axé! RUI LÔBO.

RUI LÔBO · Brumado, BA 27/3/2009 17:22
sua opinio: subir
Vinícius Motta
 

Triste é quando a gente se dá conta de que o amor morreu, mas pelo menos essa dor sempre rende um bom poema se vem canalizada. Isso não é fácil, pois falar de amor sem ser banal é uma tarefa árdua.
Parabéns pelos versos.
Votado.

Vinícius Motta · Rio de Janeiro, RJ 27/3/2009 18:02
sua opinio: subir
clara arruda
 

Eu tb sonho e por sonhar te acho nessa fila.
Adorei seu poema.

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 27/3/2009 18:49
sua opinio: subir
Cláudia Campello
 

Lindo Cau, linnnnnnnndo mesmo!

Já percebeu
que a gente ama o amor que idealizamos, ?!?
às vezes em que o objeto amado é tão insignificante....
só um en_cantador de ilusoes...rs
e a gente só percebe isso com o tempo... depois que as mascaras caem, rs....depois de sofrermos pra kct.... e descobrir, como vc disse:
"quem sabe – não chegou a nascer – morreu."

a d o r e i seu poema. senti.

bjssssssssss;)


Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 27/3/2009 19:02
sua opinio: subir
Saramar
 

Lindíssimo poema.
A saudade do que não houve, a falta do que apenas sonhamos parecem doer mais que o amor desfeito.

beijos

Saramar · Goiânia, GO 28/3/2009 00:34
sua opinio: subir
Cau Santana
 

Oi Saramar!
Obrigado pelo voto e por ter sentido a essência do poema.
Bjs

Cau Santana · Barreiras, BA 30/3/2009 09:52
sua opinio: subir
Cau Santana
 

Rui Lobo!
Claro que importo! adorei vc ter vindo.
Abrços

Cau Santana · Barreiras, BA 30/3/2009 09:52
sua opinio: subir
Cau Santana
 

A todos os overmanos que carinhosamente compareceram, deixaram sua mensagem e votoram, quero agradecer sinceramente por mais essa publicação.
Bjs no coração de todos.

Cau Santana · Barreiras, BA 30/3/2009 09:54
sua opinio: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faa primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Voc conhece a Revista Overmundo? Baixe j no seu iPad ou em formato PDF -- grtis!

+conhea agora

overmixter

feed

No Overmixter voc encontra samples, vocais e remixes em licenas livres. Confira os mais votados, ou envie seu prprio remix!

+conhea o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados