Brasil.gov.br Petrobras Ministério da Cultura
 
 

Poema Infantil sobre o Pôr do Sol

1
Maringá · Rio de Janeiro, RJ
5/12/2008 · 61 · 4
 



Quem senta na beira do Atlântico
não vê o sol se deitar no mar,
vê o sol se deitar no monte
enchendo o cume de luz.

Quem na beira do Pacífico sentar, sim,
verá o sol se deitar no horizonte
enchendo de luz o mar.
Mas independente de onde for
o sol se pôr é um espetáculo à parte
que todo o planeta parece parar
para assistir.

Não é feito de verso
e parece poesia,
Não tem música de fundo
e parece cinema,
Não tem cheiro de tinta
e parece pintura...

compartilhe



informações

Autoria
Maringá
Downloads
173 downloads

comentários feed

+ comentar
Marcos Pontes
 

Quem se senta à beira do Atlântico, do Pará a Areia Branca, tem a felicidade de ver o sol acordar e dormir no mar. São mais ensolarados que nós da costa, do leste.

Marcos Pontes · Eunápolis, BA 3/12/2008 22:03
sua opinião: subir
j.alves
 

Muito bom, parabens pelo texto

j.alves · São Paulo, SP 6/12/2008 23:10
sua opinião: subir
Fatima Merigue de Mendonça
 

Muito lindo, parabens, votado

Fatima Merigue de Mendonça · Itu, SP 7/12/2008 00:00
sua opinião: subir
Rute Frare
 

gosto...

bjs

Rute Frare · São Paulo, SP 7/12/2008 14:02
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

observatório

feed
Nova jornada para o Overmundo

O poema de Murilo Mendes que inspirou o batismo do Overmundo ecoa o "grito eletrônico" de um “cavaleiro do mundo”, que “anda, voa, está em... +leia

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados