POEMA: “OS MENDIGOS DA SOCIEDADE””

1
Henrique D. · Chorozinho, CE
5/1/2014 · 1 · 0
 

Amostra do texto

Triste, vazio e sombrio é a pobre vida de um homem renegado a própria sombra da escuridão.
Os mendigos sem terem um teto para morar, na miséria e famintos de fomes, muitos deles acabam ficando entregues as próprias mazelas do meio social.
Nesse mundinho cruel da exclusão, a sua vida é sempre cercada por dias de alegrias e, outrora por dias de solidão, pois, dessa maneira vão vivendo os mendigos nas ruas.
Nos seus pequenos lares improvisados muitos vão levando a vida como indigentes, vivendo nas ruas em condições degradantes e sem assistência.
Eles renegados ao próprio destino muitos acabam sendo obrigados a criarem novos meios de sobrevivência; em que uns optam por roubar, enquanto, outros por pedir.
Na luta pela vida, entre uma parada e um lance, muito acabam sendo absorvidos pelo mundo crime, ou entregue a própria sorte.
Com passar do tempo, diante da frieza e da crueldade, a sua identidade é esquecida e marginalizado se torna dentro do meio social. Portanto, nessa situação vão vivendo os mendigos dentro do meio social.


Autor: Henrique D.
(Pensador de loucura)

Sobre a obra

OBS: O Poema descreve sobre os moradores de rua.

compartilhe



informações

Autoria
Henrique D.
Downloads
166 downloads

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 125 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados