Por mim mesmo.

1
olair · Palotina, PR
17/10/2010 · 1 · 0
 

Não sou o que dizem
Nem mesmo dizem o que penso que sou
Estou confuso
Quero o que não posso ter
Tenho o que nem importo em possuir
Não estou contente
Se me dessem o sol
Eu ia querer a lua, a rodovia ao invés da rua
O vice-versa ao invés do etc e tal
Poderia correr ao invés de andar
Mas o cansaço me preocupa, não o suor
Poderia estar entre a multidão
Não estou
Timidez, esta que me corrói por não saber o que falar
Sou o que quero ser
Seria muito mais ainda se esta fria solidão
Não insistisse tanto em acompanhar
Não sei o que pensam que sou
Penso apenas que deveriam pensar mais
Quem realmente são vocês
Vou pela estrada de terra
O asfalto é quente
O café já está frio, a pipoca murchou
Fiquem dizendo o que pensam
Do contrario penso sempre o que dizer
Meu café nunca está frio
Minha mente sempre está leve
Pesados estão os passos seus.
Olair de Souza.

compartilhe



informações

Autoria
Olair de Souza
Downloads
267 downloads

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados