Porto poema

1
Regina - poesia em volta · Volta Redonda, RJ
20/5/2009 · 6 · 4
 

quando ele chegar trazendo em seus olhos
meu porto
baixarei as velas na manhã
e, no claro dia de minha alma,
colocarei meu corpo ao seu lado
sem amarras, sem âncora.
Pois que nele só poderei
chegar,
nunca partir.

compartilhe



informações

Autoria
Regina Vilarinhos
Downloads
253 downloads

comentários feed

+ comentar
Pessoa de Melo
 

Cheguei e senti...
preparado pra zarpar ...
Em teu mar de poesia...
Obrigado pela leitura...

Pessoa de Melo · Olinda, PE 20/5/2009 13:22
sua opinião: subir
WGarrido
 

O que posso dizer? Obrigado Regina!

WGarrido · São Paulo, SP 20/5/2009 16:21
sua opinião: subir
azuirfilho
 

Regina - poesia em volta · Volta Redonda (RJ)
Porto poema
Poesia de muita beleza e graciosidade no amor.
Como que fazer o mar ficar sereno para o navegar ser sem riscos.

...sem amarras, sem âncora.
Pois que nele só poderei
chegar,...

Parabéns.
Abração Amigo

azuirfilho · Campinas, SP 20/5/2009 23:32
sua opinião: subir
Sérgio Franck
 

Lindo poemeto, Regina.

Sérgio Franck · Belo Horizonte, MG 2/6/2009 15:31
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 1 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados