POS MORTEM

foto: Marcelo Martins/Secom/Divulgação
1
Fátima Venutti · Blumenau, SC
15/2/2009 · 158 · 39
 

PÓS MORTEM



Seladas falas
De sobras veladas
Em cruzes suspensas
Incógnitas
Rezas em coro
Diversas

Valas cobertas
De corpos esquecidos
Em manhãs tempestivas
Incógnitas
Solidão em versículos
Completa

Lamacentos retratos
De memórias perdidas
Em funerais submersos
Incógnitas
Paisagens em desalinho
Transformadas

Súbita avalanche
De lágrimas castigadas
Em veias extirpadas
Incógnitas
Soldados em procissão
Retalhada

Metáforas vidradas
De pães amanhecidos
Em comunhão indesejada
Incógnitas
Fome de sonhos
Destilada

Abrigos repentinos
De camas dotadas
Em clausuras engolidas
Incógnitas
Lápides sangrando
Ignoradas

Verdades incompletas
De papéis amarelados
Em suplícios abafados
Incógnitas
Pretérito dos verbos
Améns.

(Fátima Venutti)

Sobre a obra

Blumenau, 22 de novembro de 2008, 17hs quando tudo começou. Cinco dias em abrigos, ouço e vejo as histórias de vida transformadas, agora em nada mais. Prometi que não escreveria sobre o assunto, mas veio e não pude abortar.

compartilhe



informações

Downloads
338 downloads

comentários feed

+ comentar
Cláudia Campello
 

Fátima, q beleza de poema, o seu pressentir
na solidão q pesa,
vida e manifestações;
enigma e morte; ausencia de esperança
descoberta do fundo do ser!

Poetisa, q ao encarar o passado, um sorriso aconteça em seus labios... incognito.

bjssssssssss ;)

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 11/2/2009 20:36
sua opinião: subir
su angelote
 

O poema rerata a realidade de nosso País. Parabéns

su angelote · Jaboatão dos Guararapes, PE 12/2/2009 19:01
sua opinião: subir
meus traços e linhas
 

Muito bom e profundo oo seu poema. ´;e mesmo a nossa realidade nua e crua , vidad por um fio.
bjssssssss

meus traços e linhas · Cabedelo, PB 12/2/2009 19:17
sua opinião: subir
wancisco franco
 

Um testemunho dos mais tocantes.
Verdadeira vers/o/ração.
E que os verbos nos verluminem.
Améns!

Parabéns pelo não-aborto!
Você tinha mesmo que deixar esse poema vir ao sol - ainda que para alimentar o humus e florescer as valas.

Conte com meu voto.

wancisco franco · São Paulo, SP 12/2/2009 19:41
sua opinião: subir
raphaelreys
 

É bom para limpar a alma! A vida é uma missão de almas encarnadas. Cada qual com o seu cada qual. Cumprida a missão o dolorido retorno! Beleza minha cara só escrevendo o tema se torna universal!

raphaelreys · Montes Claros, MG 12/2/2009 19:43
sua opinião: subir
O NOVO POETA.(W.Marques).
 

gostei muito do que li, parabéns.
depois eu volto.

O NOVO POETA.(W.Marques). · Franca, SP 12/2/2009 19:48
sua opinião: subir
ayruman
 

Muito bom... Um dia ainda haveremos de fazer Poemas que versem só sobre coisas boas... Mas não agora!
Luz e Paz. jbconrado.

ayruman · Cuiabá, MT 12/2/2009 20:05
sua opinião: subir
Sônia Brandão
 

As feridas ainda sangram. Um dia cicatrizarão e as dores serão amenizadas.
bjs

Sônia Brandão · Bauru, SP 12/2/2009 20:39
sua opinião: subir
José Cycero
 

Um poema documento da nossa dura realidade(nua e crua) Gostei e logo votarei. parabébens

José Cycero · Aurora, CE 12/2/2009 21:15
sua opinião: subir
joe_brazuca
 

o poema é simplesmente magnífico...
contudo, inspirado infelizmente por uma tragédia sem tamanho carregada de realismo e tristeza tb, do mesmo "sem" tamanho...

( a propósito, visite nossa singela homenagem tb , ao ocorrido :
Blumen...Blumen...Blumenau)
beijo, volto...

joe_brazuca · São Paulo, SP 12/2/2009 22:28
sua opinião: subir
Pollyanna Letícia
 

Fez muito bem, não reprima a inspiração, o desejo e o papel social que o seu poema pode ter.
Belíssimo, que pena que ele é um retrato fiel de uma realidade que teimamos achar que está longe de nós. É...A natureza respondeu às insistências humanas em querer sempre mais e dobrar os seus milhões e galhões.
Um abraço, e volto COM CERTEZA! (me avise)!

Pollyanna Letícia · Palmas, TO 12/2/2009 23:14
sua opinião: subir
wel alves
 

Muito bacana!

wel alves · Linhares, ES 13/2/2009 00:32
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
azuirfilho
 

Fátima Venutti · Blumenau (SC)
POS MORTEM

Nosso Sentimento pelas vítimas.
Os que se foram e os que ficaram com danos sem fim.
Uma calamidade pelo desiquilíbrio do Tempo na Natureza..
Desmatamento, Aquecimento da Terra, El Ninho, derretimento da Calota Polar.
Momento de reflexáo em meio a já tantas Dores do Mundo.
Seu Escrito desperta nossa Humanidade.
Foi Escrito em boa Hora pra náo deixar passar como normal.
É um momento de Dor e que em meio a dor a gente se torne mais humanos
Valeu o Trabalho
Abracáo Amigo em meio a tantas lutas da Vida.

azuirfilho · Campinas, SP 13/2/2009 05:43
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
rosa melo
 

O acontecer revelado em seus versos é sempre novo. A forma que você conduz o acontecimento atinge o fundo do fundo do fundo.
Certamente o usarei em minhas aulas. Posso, né?!

rosa melo · Pio IX, PI 13/2/2009 09:18
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ailuj
 

Todos deveríamos conviver com com a morte como convivemos
com a vida porque são nossas duas única certeza,que estamos vivendo e que vamos morrer
mas não fomos ''programados'' pra acitar perdas
Umbeijogrande

Ailuj · Niterói, RJ 13/2/2009 09:45
sua opinião: subir
delen
 

Triste o poema , essa é a unica certeza que temos basta estar vivo o dificil as vezes é aceitar. Beijos querida...

delen · Cotia, SP 13/2/2009 10:31
sua opinião: subir
alcanu
 

Endosso em gênero , número e grau as doces e verdadeiras palavras da Ailuj:
e mais:
é gente humilde, Fátima, que vontade de chorar...
né ?
Um beijo !
Parabéns pelo teu 'feeling' !

alcanu · São Paulo, SP 13/2/2009 10:48
sua opinião: subir
Saramar
 

Um poema de completa imersão na tragédia, presente nas fortes palavras, nos duros acentos, tão duros quanto a dor.
Belíssimo, pungente.

beijos

Saramar · Goiânia, GO 13/2/2009 12:27
sua opinião: subir
Angélica T. Almstadter
 

Parabéns, seu poema é intenso, e apesar de falr de morte posso dizer que é fascinante pela forma com que vc escreve. Beijo

Angélica T. Almstadter · Campinas, SP 13/2/2009 18:03
sua opinião: subir
Sônia Brandão
 

Votando.

Sônia Brandão · Bauru, SP 13/2/2009 18:09
sua opinião: subir
Edson Alves
 

Fátima meus parabéns , somente uma pessoa lutadora como vc poderia tirar forças mesmo depois de ter presenciado e vivido todo esse drama dessa cidade maravilhosa que é Blumenau , e ainda para escrever uma jóia como essa , brilhante .

Edson Alves · Rio de Janeiro, RJ 13/2/2009 18:26
sua opinião: subir
alcanu
 

Steve aqui...Um beijo !

alcanu · São Paulo, SP 13/2/2009 21:30
sua opinião: subir
Falcão S.R
 

Fátima,

Tudo que você cria, jamais será repetitivo, pois você sempre se supera em arte e talento.

Beijos

Falcão S.R · Rio de Janeiro, RJ 14/2/2009 01:24
sua opinião: subir
Ana Neri Andrade
 

Beijo
doce

Ana Neri Andrade · Porto Alegre, RS 14/2/2009 01:24
sua opinião: subir
joe_brazuca
 

joe_brazuca · São Paulo, SP 14/2/2009 09:37
sua opinião: subir
delen
 

delen · Cotia, SP 14/2/2009 11:49
sua opinião: subir
Cláudia Campello
 

... e em SC minha querida familia (irmao, sobrinhos, tios...amigos, irmãos em Cristo ! e a lição q fica... tdo é efemero de +... e viva asolidariedade!

bjssssssssss ;)

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 14/2/2009 17:37
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Só posso dizer
Ai dor!

E vc viu...e conseguiu abortar esse pedaço...
bj

Cintia Thome · São Paulo, SP 15/2/2009 11:49
sua opinião: subir
ayruman
 

Um dia ainda haveremos de fazer Poemas que versem só sobre coisas boas... Mas não agora!
Luz e Paz. jbconrado.
>Confirmando presença!

ayruman · Cuiabá, MT 16/2/2009 03:08
sua opinião: subir
André Calazans
 

Direto, cru e sensível. Parabéns, Fátima, por mais esta bela obra. Votadíssimo.

André Calazans · Rio de Janeiro, RJ 16/2/2009 10:18
sua opinião: subir
Raiblue
 

Metáforas vidradas
De pães amanhecidos
Em comunhão indesejada
Incógnitas
Fome de sonhos
Destilada


Parabéns,Fátima!!! Um poema denso e realista!!!
Um retrato dessa vida cruel...que só um poeta sensível pode revelar-nos!

beijinhos azuis,querida!
Blue

Raiblue · Salvador, BA 16/2/2009 14:31
sua opinião: subir
camuccelli
 

A gente não consegue esquivar.

camuccelli · Rio de Janeiro, RJ 16/2/2009 14:37
sua opinião: subir
Omar Costa de Umbro
 

Muito dificil de esquecer principalmente quem foi testemunha. Parabéns

Omar Costa de Umbro · São Paulo, SP 17/2/2009 00:26
sua opinião: subir
autografado
 

Tragédias têm se tornado uma constante. Sabemos que os meios de comunicação estão ai, e recebemos sempre o lado trágico, mesmo porque nem sempre existe um lado menos dolorido, é triste, mas real. Seu poema vem de encontro ao que se diz no dia a dia, o poema não ameniza, mas sim complementa a noticia de uma outra forma. Ele marca.

abç
aut!

autografado · Presidente Prudente, SP 17/2/2009 13:14
sua opinião: subir
Roberto Pelegrino
 

lindas metáforas, parabéns!

Roberto Pelegrino · Campo Grande, MS 18/2/2009 00:19
sua opinião: subir
TÂNIA MARA CAMARGO
 

ola amiga, voltei das férias e votei, bjs

TÂNIA MARA CAMARGO · Jundiaí, SP 18/2/2009 21:50
sua opinião: subir
Pedro Monteiro
 

Fátima.
Poeta é isso!
A poesia se faz presente nos mais diferentes momentos e sempre cumprindo o seu papel, o da reflexão.
Beijos

Pedro Monteiro · São Paulo, SP 19/2/2009 21:44
sua opinião: subir
Aldy Carvalho
 

Bom será quando não mais prescisarmos compor poemas dessa natureza nenão?
Tomara este dia esteja perto, então vamos falar de dis radiosos e manhàs de azul e alegria...

Parabéns
Bjinho

Aldy Carvalho · São Paulo, SP 27/2/2009 18:06
sua opinião: subir
Jota Lago
 

Eae Fátima, na pazzz??

Bela poesia! Transpira intensidade e tudo isso foi muito bem traduzido por você! Parabéns!!

Abração!

Jota Lago · São Paulo, SP 5/3/2009 18:51
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

imagens clique para ampliar

Encosta desabou na rua Botuvera, em Blumenau/ SC zoom
Encosta desabou na rua Botuvera, em Blumenau/ SC
Eq. de resgate busca por sobreviventes de deslizamento de terra no Morro Ristow zoom
Eq. de resgate busca por sobreviventes de deslizamento de terra no Morro Ristow
Carros são atingidos pela lama e por deslizamento de terra zoom
Carros são atingidos pela lama e por deslizamento de terra
baixar
pdf, 3 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados