Pranto da Saudade

http://www.overmundo.com.br/uploads/banco/multiplas/tb/1306900963_saudoso.jpg
1
Cau Santana · Barreiras, BA
2/6/2011 · 7 · 11
 

Amostra do texto

Pranto da Saudade

Meu coração chora a saudade de um tempo
Onde os dias tinham vida
As pessoas se encontravam
Os amigos se reuniam.

Chora pela chuva que caía
A poeira que subia
O suor que escorria
O céu que a noite, as estrelas eu via.

Meu coração saudoso chora
Os beijos materno que recebia
As festas que com os amigos ia
O trabalho que fazia
O prazer de dizer, bom dia!

Meu coração chora as lembranças
Das ruas em que eu passava
Das calçadas habitadas
Do cafezinho que na porta tomava.

Chora a prosa do vizinho
A irmã e o seu carinho
O afago do abraço
O viver num mesmo espaço
Onde a vida acontecia

Meu coração também chora
A falta das crianças
O vai e vêm como uma dança
Nos dias de festança.

Para encerrar o meu pranto
Sinto saudade da amizade
Do amor e da confiança
Do tempo que vivia
Com prazer e esperança.

Claudia Soares Santana Lopes


Sobre a obra

Existem momentos em nossas vidas, que mesmo tendo tomado rumos que nos distanciam de nossas raízes, falam alto em nossos corações e aí explode em poesia.

compartilhe



informações

Downloads
199 downloads

comentários feed

+ comentar
Sihmoneh Maia
 

Que pranto lindo, Cau!

Sei que é meio esquisito dizer que um pranto é lindo, mas desse tipo é.

Também queria voltar no tempo às vezes. Hoje em dia a maioria das minhas amizades se foram, estão distantes, cuidando de seus negócios, de suas próprias famílias.

Parte desse afastamento é natural, coisa da vida.
Parte é um pouco culpa da mídia, especialmente da eletrônica, que cada vez mais isola as pessoas. Hoje os amigos preferem bater papo num chat e não pessoalmente num bar, por exemplo, porque "dá mais trabalho". Esse tipo de coisa...
Outra parte desse afastamento é o nível de caos a que chegamos. Violência demais nas ruas, especialmente à noite. Nem ficar dando bobeira nos portões, conversando com vizinhos podemos mais, de tanto medo que temos.

Então, lindinha, é como dizem nossos "velhos": "Os tempos mudaram..."

Elis Regina já dizia (e olha que já faz tempo, rs): "Minha dor é perceber que apesar de tudo, tudo que fizemos... Ainda somos os mesmos e vivemos como nossos pais..."

Beijos e parabéns pelo belo poema-desabafo. Compartilho dele.

: ]

Sihmoneh Maia · Santo André, SP 1/6/2011 08:12
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Legal Claudia, Saudades das coisas que passaram sempre existira, sinal que o passado foi vivido e sentido. Ainda bem que escrevemos e trazemos boas lembranças a tona, que muitas vezes também nos confortam. bjs

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 1/6/2011 20:19
sua opinião: subir
Giulia Tadaki
 

Quanto mais feliz você é ou está agora, mais sentira saudades disso, pois vai chegar uma hora que só as lembranças te farão esboçar um leve sorriso quando não estiver mais lá... estiver em outra realidade.

Giulia Tadaki · Biguaçu, SC 2/6/2011 01:34
sua opinião: subir
Branca Pires
 

A sauade é o "portal" que além de nos transpotar ao momentos já vividos, nos traz presentes em vivas lembramças o contexto em que tudo se passiu.
O pranto muitas vezes é inevitável, mas nos devolve o alento de reviver ainda que em saudades, todas as nossas pequenas ou grandes histórias.
Bonito o seu "Pranto"!
Bjs

Branca Pires · Aracaju, SE 2/6/2011 07:30
sua opinião: subir
DECRÉPITA BÚSSOLA
 

OLÁ...QUE TEXTO MARAVILHOSO !!! AINDA A ALGUNS DIAS ATRAS EU ME PEGUEI PENSANDO NESSAS COISAS SIMPLES E GOSTOSAS DE SE VIVENCIAR, E QUE , SEI LÁ....NÃO SE VÊ ACONTECER NOS DIAS DE HOJE!!!SEU TEXTO, REALMENTE TEM SIM ALGO EM COMUM!!! PARABENS POR MAIS ESTE TRABALHO CAU !!! SOBRE MEU TEXTO: AINDA HAVERÁ O TERCEIRO, O QUARTO, O QUINTO E O SEXTO!!!! NOSSA...RSSS!!!! ABRAÇO E BOM DIA!!!!

DECRÉPITA BÚSSOLA · Caçapava, SP 2/6/2011 08:55
sua opinião: subir
Edson1970
 

Um estilo romântico, lembra Casimiro de ABREU por cantar a saudade, muito sentimental e saudosista, como tb canta a NAtureza. VLW

Edson1970 · Mossoró, RN 2/6/2011 17:52
sua opinião: subir
ayruman
 

Quantas saudades né? Com certeza aquele tempo era único e maravilhoso. Hoje os tempos são outros. Ninguem ou quase ninguém tem mais "Tempo" e nem valorizam mais este momentos tão especiais. Os padrões globais é que ditam as normas de comportamento. Pois é!

Luz e Paz.

ayruman · Cuiabá, MT 3/6/2011 13:03
sua opinião: subir
Zeca Avelar
 

...
Lindissimo expressar Poético Menina Cau!

Amei... Amei... Amei-Te!!!

Ainda que nesta Poesia - que fala direto aos nossos cuores, Você tenha Intitulado como Pranto da Saudade, li, e reli algumas vezes, e não consegui (nem o desejava) sentir que esse pranto a fira tanto.

Tanto é (penso) que para ameniza-lo e não deixa-lo lamantar as faltas, como u'a Modelo, pratica a anorexia, que o transformastes em... Poesia!
...

No entanto...
Ah... O meu pranto,
me dói tanto - tanto - tanto
que nem o chorar nas noites
e no decorrer dos dias
nas hora tão imprecisas
de algum modo o ameniza!
Choro a dor inenarrável
Choro a dor indescritível
Que só por mim é sentível,
Choro o Amor que me deixou
Sem rumo, sem "sumo" sem prumo,
Mas... Não levou o Amor sentido
que por Ela em sua essência
é minha própria existência!
Assim, quando a noite chega
de mãos dadas com a solidão
o meu pranto até mesmo grita
chorando por essa louca paixão!
- Os Ventos - talvez com pena
- A Lua - talvez com dó
Para curar esse sofrimento,
Chorando comigo essa dor
me lembram que o remédio
só mesmo... Um Novo Amor!!!
...

Karinhos Kentinhos
Zeca Feliz Avelar
gaDs = graças a Deus sempre!

Zeca Avelar · Florianópolis, SC 3/6/2011 21:59
sua opinião: subir
jailton
 

Os homens estão se tornando escravos da tecnologia. As crianças estão deixando de ser crianças cada vez mais cedo.Somos todos consumidores. Consumo. CONSUMO.CONSUMO. É isso aí Cau! resistir dói. É o seu pranto!

jailton · Mesquita, RJ 3/6/2011 23:29
sua opinião: subir
alcanu
 

Cau, Cau, assim você machuca a gente com esse seu pranto, hehehehe !
Chorar de vez em quando faz bem, nos recorda de nossa eterna Condição Humana, tão pretensamente ignorada, se é que isso é possível !
Mas fazemos tanta coisa impossível, teu texto melhor confirma aquilo que aqui digo !
Todas as passagens que você descortina poeticamente são coisas que não fazemos mais, infelizmente !
É como um trem que passou e quem não pegou ele, perdeu, ficou pra trás !
Obrigado pelas doces lembranças que não voltam mais, mas que você as resgatou tão bem ...
Um beijo !

alcanu · São Paulo, SP 5/6/2011 04:50
sua opinião: subir
Cláudia Campello
 

chorar lava a alma Cau!
(a gente chora na verdade de saLdades da gente, egoisticamente falando......da gente mesmo, acho!)
LINDO ESSE CHORO DE SU´ALMA CAU!

bjsssssss

Cláudia Campello · Várzea Grande, MT 9/6/2011 02:01
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
jpg, 21 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter