Prece

1
Cristiano Melo · Brasília, DF
19/8/2008 · 150 · 56
 

Desabafar o choro represado
Em lhufas de lágrimas contidas.
Esperanças que esvaem com o sangue
Gotejante no vazio deixado.

Respirar torna-se tarefa inconsciente...
Não há jeito!
Mesmo que se não queira,
O pulmão se expande.

Alívio da desilusão que tortura,
Não há de vir.
Entregar-se a elucubrações,
Não há de servir.

Pulsa coração no peito chagado,
Corre sangue no corpo putrefo,
Morram sonhos desfeitos,
Acode o ser,
Própria sorte.

Melancolia de um afeto interrompido...

Que a falta de fome
Dê início ao começo depois do fim.

Que o processo criativo possa advir,
Afagar com mãos ungidas em amarelo solidário.

Que a tragédia grega possa dar espaço à alegria,
Permitir a sanha do coração leviano.

Consumar o que se já conhece,
Deixar vir o prazo de validade,
E num lampejo de vaidade
Renascer que se parece.
Perece!
Prece!

Cristiano Melo, Agosto de 2008.

compartilhe



informações

Autoria
Cristiano Oliveira de Melo
Downloads
340 downloads

comentários feed

+ comentar
Regina Luna
 

Cristiano...
eu sei, eu sei. Bela poesia.
Grande abraço.

Regina Luna · Fortaleza, CE 17/8/2008 10:16
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Natália Amorim
 

Cristiano,
Peito chagado. Chagas. Ardem. Mas viram pérolas como essa poesia.
Poesia que brota da dor.
Para aliviar, um pouquinho, adere a Campanha "Boca com Boca Já!"
Beijos

Natália Amorim · Rio de Janeiro, RJ 17/8/2008 10:23
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Nic NIlson
 

Maravilha! Parabens!

Nic NIlson · Campinas, SP 17/8/2008 11:00
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
clara arruda
 

Meu menino Cris.Lindo seu poema meu querido.
Só um coração despido de maldades pode se abrir com tamanha formosura.
essa amiga te ama.Nunca se esqueça.

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 17/8/2008 11:14
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
luz de sempre
 

Olá meu caro amigo,
Notei uma similaridade nas palavras da tua linda obra...com a minha útlima poesia...estamos em sintonia..beijos.

luz de sempre · Maceió, AL 17/8/2008 12:52
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
ysabella
 

Olá Poeta! vim conhecer um pouco mais das inspirações que
teu coração guarda. Muito linda a prece poema. Bom domingo

ysabella · Rio de Janeiro, RJ 17/8/2008 13:04
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Olá Cris, compreendo a atua prece, posso até sentir as chagas.
Mas sei que o tempo que gira e passa, trará lampejos de luz, novas perspecitivas e outras orações...
Mas o presente nos faz viver e reviver os dias difíceis, sem explicações convinventes, quais as "tragédias gregas" dos tempos remotos.
beijos

Branca Pires · Aracaju, SE 17/8/2008 13:08
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
celina vasques
 

Lindissimo teu poetar!
Deixe o tempo passar, ele é um inexorável senhor que tudo apaga e destrói!
Viva um dia de cada vez...e alcançarás as montanhas!

beijo no coração e na alma poética

celina vasques · Manaus, AM 17/8/2008 14:44
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
new
 

denso,profundo,rascante.é assustador como esse escrito traduz os sentimentos e situações que me cercaram nas últimas semanas.
abraços.

new · Feira de Santana, BA 17/8/2008 15:27
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

Querido Cristiano, linda sua prece! acrescento uma oração ao tempo, do Caetano. Hoje é domingo, permite? É longa, mas não estragará sua página. Afinal, nunca escrevo poemas nos comentários. Hoje resolvi reproduzir pra você!

Oração ao Tempo
(Caetano Veloso)
És um senhor tão bonito quanto a cara do meu filho
Tempo Tempo Tempo Tempo, vou te fazer um pedido
Tempo Tempo Tempo Tempo
Compositor de destinos, tambor de todos os ritmos
Tempo Tempo Tempo Tempo entro num acordo contigo
Tempo Tempo Tempo Tempo
Por seres tão inventivo e pareceres contínuo
Tempo Tempo Tempo Tempo és um dos deuses mais lindos
Tempo Tempo Tempo Tempo
Que sejas ainda mais vivo no som do meu estribilho
Tempo Tempo Tempo Tempo ouve bem o que te digo
Tempo Tempo Tempo Tempo
Peço-te o prazer legítimo e o movimento preciso
Tempo Tempo Tempo Tempo quando o tempo for propício
Tempo Tempo Tempo Tempo
De modo que o meu espírito ganhe um brilho definido
Tempo Tempo Tempo Tempo e eu espalhe benefícios
Tempo Tempo Tempo Tempo
O que usaremos pra isso fica guardado em sigilo
Tempo Tempo Tempo Tempo apenas contigo e migo
Tempo Tempo Tempo Tempo
E quando eu tiver saído para fora do círculo
Tempo Tempo Tempo Tempo não serei nem terás sido
Tempo Tempo Tempo Tempo
Ainda assim acredito ser possível reunirmo-nos
Tempo Tempo Tempo Tempo num outro nível de vínculo
Tempo Tempo Tempo Tempo
Portanto peço-te aquilo e te ofereço elogios
Tempo Tempo Tempo Tempo nas rimas do meu estilo
Tempo Tempo Tempo Tempo

Compulsão Diária · São Paulo, SP 17/8/2008 15:32
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

Aí, esta! Faça acordos com o tempo, ganhe brilho, defina vívulos, saia do c´riculo de fogo do sofriemento com esse deus- tempo. Espalhe os benefícios.
Cristinao, hoje estou Over! Perdoa?! rs

Compulsão Diária · São Paulo, SP 17/8/2008 15:36
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

Aí, está! Faça acordos com o tempo, ganhe brilho, defina víncuulos, saia do círculo de fogo do sofrimento com esse deus- tempo. Espalhe os benefícios.
Cristiano, hoje estou Over! Perdoa?! rs

Compulsão Diária · São Paulo, SP 17/8/2008 15:51
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Angélica T. Almstadter
 

É dificil explodir sentimentos quando o peito está disparado e os olhos molhados, não é? Eu sei como é essa sensação do seu poema, já me senti assim na cadeira cheia de pregos. Beijo

Angélica T. Almstadter · Campinas, SP 17/8/2008 16:03
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Cristiano. Precisamos dar tempo ao sofrimento, pisá-lo
logo, para conseguir dar um passo novo...Parabens,

Cintia Thome · São Paulo, SP 17/8/2008 19:49
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Carlos Mota
 

bom! muito bom!
parece-me que o mal
não é infinito
....ao começo depois...
valeu poeta

Carlos Mota · Goiânia, GO 17/8/2008 19:56
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
EdimoGinot
 

Bom...
Voce envereda pelos caminhos tortuosos
quase numa reta.
Um abraço

EdimoGinot · Curitiba, PR 18/8/2008 08:43
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Regina, você sabe? rs
Obrigado pela leitura e comentário, conterrânea.
bjo

Cristiano Melo · Brasília, DF 18/8/2008 12:40
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Natália,
que o desabafo poético possa sempre aliviar e inspirar a paz...
Muito obrigado
beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 18/8/2008 12:41
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Caro Nic,
Muito obrigado pela leitura e aprovação.
abraços

Cristiano Melo · Brasília, DF 18/8/2008 12:41
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Clara,
que comentário suave, muito obrigado querida
beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 18/8/2008 12:43
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Lud,
estamos em sintonia....eita.
Parece que sempre quando escrevemos sobre algo parece com o do outro também....hehehe
sintonia mesmo
beijos e obrigado

Cristiano Melo · Brasília, DF 18/8/2008 12:44
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Ysa,
Muito obrigado querida, seja bem-vinda. Alegra-me que tenha gostado deste poema.
Obrigado e beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 18/8/2008 12:45
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Branca,
minha querida amiga-irmã-virtual-mas-real,
O Sr. Tempo é soberano em alguns casos né?! Há de se poder apenas inspirar, expirar e esperar...
Ativamente o que pode ser feito é deixar abrir a esperança no peito adoentado.
Obrigado, beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 18/8/2008 12:47
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Celina,
minha querida poeta-do-amor,
como escrevi à Branca, isso mesmo que o Tempo possa agir...
Obrigado sempre
beijos beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 18/8/2008 12:48
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

New,
Quanto tempo...
Bom ver-te por aqui novamente!
Agradeço a leitura e comentário e desejo que a esperança possa vir aos corações em prece.
abraços

Cristiano Melo · Brasília, DF 18/8/2008 12:50
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

CD,
over você???? Never!
Ever? ver!
Antever...hehehehehe
Agradeço muito o mais que pertinente trabalho do Caetano, acho que se colocarmos também o do Pato Fu:
"tempo, tempo, mano velho,
tempo amigo, seja legal,
conto contigo, pela madrugada..."
Agradeço muito o seu carinho de sempre.
beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 18/8/2008 12:53
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Angélica,
Minha amiga de signo de fogo,
É fogo!!!! cadeira cheia de pregos, é fogo! Mas em sua metáfora me sentei nela, na cadeira, doeu!!!
Rs
Obrigado
beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 18/8/2008 13:56
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Cíntia,
Gostei dessa imagem: pisar no sofrimento!
Muito obrigado pela leitura e comentário,
beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 18/8/2008 13:57
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Nobre Carlos,
isso mesmo nada de eternizar nada, nem o mal, nem o bem...
Muito obrigado pela leitura e comentário.
Forte abraço

Cristiano Melo · Brasília, DF 18/8/2008 14:01
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

EG,
Pois num é? acabei por entrar num túnel reto...cheio de curvas.
Obrigado meu caro amigo
abraços

Cristiano Melo · Brasília, DF 18/8/2008 14:02
sua opinião: subir
Hideraldo Montenegro
 

Que prece! Lembrei do Augusto dos Anjos em algumas imagens, porém, sem o pessimismo. Uma bela construção.
Parabéns!

Hideraldo Montenegro · Recife, PE 18/8/2008 20:36
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Cristiano,
" Deixar vir o prazo da validade"
o tempo cura qualquer ferida
e a prece é um bálsamo.

bjssssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 18/8/2008 20:49
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
graça grauna
 

Cristiano, poetamigo...as vezes quando a tristeza é bem grande, o coração parece querer saltar; aí, penso que a poesia as vezes serve de prece pra que a gente possa outra vez pisar com mais firmeza o chão. Parece contraditório aproximar razão e emoção, mas a prece porque é prece pode rasgar clarões. Gostei mesmo do teu poema. Bjos.

graça grauna · Recife, PE 18/8/2008 22:48
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Hideraldo,
agradeço enormemente seu generoso comentário, Augusto dos Anjos é dos meu diletos.
Muito obrigado
abraços

Cristiano Melo · Brasília, DF 19/8/2008 08:25
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Doroni,
isso mesmo, o tempo e a prece! dupla amalgamada que pode trazer esperança.
Obrigado querida
beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 19/8/2008 08:26
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Graça, minha querida,
sua sensibilidade exuberante, alegra e aquece meu coração. Quando não há solução no momento, é por aí mesmo, tentar aproximar a razão à emoção e a escrita ajuda muito nesse processo.
Obrigado
beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 19/8/2008 08:27
sua opinião: subir
clara arruda
 

Respirar torna-se tarefa inconsciente...
Não há jeito!
Mesmo que se não queira,
O pulmão se expande.

Meu amigo deixo todo o meu carinho.

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 19/8/2008 09:10
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
celina vasques
 

Meus votos e meu carinho querido poeta!

Beijo na alma!

celina vasques · Manaus, AM 19/8/2008 09:25
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Alice Poltronieri
 

Oi Cris...!

Fiquei muito tocada com sua 'PRECE', a vida é feita de momentos diversos para todos nós. Destaco os versos que considerei mais fortes:

Que o processo criativo possa advir,
Afagar com mãos ungidas em amarelo solidário.

Que a tragédia grega possa dar espaço à alegria,
Permitir a sanha do coração leviano

Alice Poltronieri · Porto Velho, RO 19/8/2008 09:39
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Alice Poltronieri
 

bjos....

...muitas alegrias há de povoar o seu viver, sempre.
Alice

Alice Poltronieri · Porto Velho, RO 19/8/2008 09:40
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

kkk. olha que coloco o pato rs:))

Compulsão Diária · São Paulo, SP 19/8/2008 10:13
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Nydia Bonetti
 

Triste, melancólico, tocante... Sem perder a esperança, jamais.
Belíssima, tua prece, Cristiano. Me emocionou.
beijos

Nydia Bonetti · Piracaia, SP 19/8/2008 10:15
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
graça grauna
 

bjos e votos, bjos e votos, bjos e votos...rsrsrs

graça grauna · Recife, PE 19/8/2008 10:26
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Raiblue
 

Cris-Cris..meu lindo amigo e poeta que tanto gosto!!
Demorei,mas sempre chego,viu?rsrsrsss...

Uma prece que parece perecer,mas na verdade sempre há de renascer...afinal,tudo não é cíclico?...o sofrimento vem, mas o
transcender também...;chegamos ao fundo para emergirmos mais plenos...mais seguros...ou não...rsrs...caetanamente falando...rsrs..

Mergulhar na dor é preciso, para depois avistar o 'paraíso'...quiçá...rsrss

Parabéns,meu docinho!
beijinhos blueadocicadosdeafeto...
Blue-Blue

Raiblue · Salvador, BA 19/8/2008 10:42
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Raiblue
 

Votadaço,meu querido Cris-Crissss!
saudadesinfinitas de vc...
Blue-Blueeeee

Raiblue · Salvador, BA 19/8/2008 10:43
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
walnizia santos
 

Oi, Cristiano, lindo o seu poema triste.
Que o renascimento se faça, como por milagre,
"com as mãos ungidas em amarelo solidário".
Abraço carinhoso,

walnizia santos · Brasília, DF 19/8/2008 11:46
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
walnizia santos
 

Esqueci de dizer: meus aplausos e votos.

walnizia santos · Brasília, DF 19/8/2008 11:47
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ailuj
 

Lindo demais
Você é mesmo um docinho,se entrega pra ser devorado sem medo
Está[ou estar?]triste é ruim mas tem seu lado positivo,não se diz que todo poeta pra ser grande tem que sofrer,eis aí a prova
Mas eu prefiro ser sempre pequena,,rs
Xeros meu querido

Ailuj · Niterói, RJ 19/8/2008 12:24
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ailuj
 

Ah,esqueci de avisar que dessa vez fui eu que te mandei pro banco,,rs

Ailuj · Niterói, RJ 19/8/2008 12:31
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Branca Pires
 

Cris, aqui estou para contigo orar...
beijos

Branca Pires · Aracaju, SE 19/8/2008 13:32
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Max Reinert
 

Ai ai....
Estamos todos dependentes desse tal de Tempo!
ooo... curandeiro e algoz!

Max Reinert · Florianópolis, SC 19/8/2008 14:10
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Samuel Luciano Assunção
 

cristiano...

...precisamente a vida caminha...

isso é parte de um verso meu lá em ganesh...
parece que é assim...de forma precisa o tempo controla o nosso tempo que só está nas mãos dele mesmo...

será que deu para entender?

um abraço.

Samuel Luciano Assunção · Angra dos Reis, RJ 19/8/2008 16:24
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Juscelino Mendes
 

"Melancolia de um afeto interrompido...". Emblemático!
Abraços.

Juscelino Mendes · Campinas, SP 19/8/2008 20:34
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Vinícius Motta
 

Muito bom, grandes versos Cristiano.
Parabéns!

Vinícius Motta · Rio de Janeiro, RJ 20/8/2008 11:15
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Cristiano
bjsssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 20/8/2008 15:27
sua opinião: subir
Sigrid Spolzino
 

...é Cristiano, qto mais lamento é desabafado mais poesia a alma expressa para deleite dos seus leitores!
Deixei mensagem pra vc... e aguardo resposta...
Baci!

Sigrid Spolzino · Brasília, DF 20/8/2008 22:10
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados